/* Excluido depois do Upgrade do Google em 25 de Outubro de 2009 Fim da exclusao */

terça-feira, janeiro 15, 2008

TURISMO CULTURAL

Nice, no Mediterrâneo serviu de inspiração para Renoir e Picasso
Rodeada por um mar azul anil, a cidade francesa transpira cultura e ainda têm belas praias

Imagine uma bela cidade no Mediterrâneo que serviu de inspiração para artistas como Matisse, Renoir e Picasso. Agora junte a isso o sul da França e influências italianas e russas. Essa é Nice, uma das cidades que mais respira cultura nas terras francesas. Rodeada por um mar que parece ter sido tingido de azul anil, Nice, ou Nizza, como chamam os italianos, sempre atraiu artistas em busca de inspiração. Hoje a quinta maior cidade francesa recebe cerca de quatro milhões de visitantes por ano.

São mais de sete quilômetros de praias. Quando o sol esquenta, as areias - que possuem muitas pedras - ficam lotadas de gente. Mas não pense que todos se aventuram nas águas. São poucos os que arriscam se refrescar. Além das belezas naturais, uma das principais cidades da Riviera francesa - distante apenas 30 quilômetros da Itália - tem 19 museus e galerias de arte.







Além do festival de jazz que acontece na cidade, o Carnaval também é um evento imperdível. A folia começa em meados de fevereiro e se estende até março, alegrando os mais animados por dezoito dias consecutivos.
Muita gente não sabe, mas Nice também tem um pezinho na Rússia. Desde o século 19 a cidade recebeu moradores do país. Hoje dá para reconhecer a arquitetura russa na La Cathédrale Saint-Nicolas, uma igreja inaugurada em 1912, no Lê Musée dês Beaux Arts Jules, um museu com mais de seis mil itens, e na primeira igreja russa fora da própria Rússia, a L'eglise Orthodoxe Russe.
Não deixe de acessar no nosso link a REVISTA-AR

Nenhum comentário:

Postar um comentário

/* Atualizacao do Google Analytics em 25 de Outubro 2009 */