/* Excluido depois do Upgrade do Google em 25 de Outubro de 2009 Fim da exclusao */

terça-feira, novembro 24, 2009

TEORIA DA EVOLUÇÃO EM XEQUE
A Teoria da Evolução, apresentada por Charles Darwin, no século 19, segundo a qual a espécie humana teria evoluído dos macacos, corre o risco de cair por terra. Foi identificada recentemente uma evolução paralela entre homens e primatas. O estudo foi apresentado por pesquisadores coordenados pelo cientista norte-americano Tim White, do Centro de Pesquisa Sobre Evolução Humana da Universidade da Califórnia, em Berkeley, nos Estados Unidos, e publicado na edição de 2 de outubro último, da revista “Science”. Segundo informações divulgadas pelas agências de notícias internacionais “AP” e “AFP”, ao estudar o fóssil de uma fêmea da espécie Ardipithecus ramidus, de 4,4 milhões de anos, batizada pelos cientistas de “Ardi”, a equipe de White identificou características que não correspondem nem a humanos nem a macacos. Ele esclareceu que “a mão de
Ardi, inclusive, é mais primitiva que a de um chimpanzé”.
Cientistas concluem, em recente estudo, que homens e macacos podem ter evoluido paralelamente
O fóssil foi encontrado na Etiópia, no início dos anos 90. Durante cerca de 15 anos, os pesquisadores analisaram crânio, dentes, pélvis, mãos, pés e outros ossos. Darwin acreditava que ao ser encontrada uma espécie que fosse o elo perdido entre primatas e humanos, sua tese evolucionista seria comprovada. Desde então, cientistas buscam avidamente encontrar qualquer vestígio arqueológico que possa comprovar a teoria dele. A revelação deste estudo não chega a comprovar que Darwin estava errado, mas pode demonstrar que é pouco provável que ele estivesse certo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

/* Atualizacao do Google Analytics em 25 de Outubro 2009 */