/* Excluido depois do Upgrade do Google em 25 de Outubro de 2009 Fim da exclusao */

sexta-feira, outubro 30, 2015

AR-DIÁRIO - "Congonhas um aeroporto ou um criminoso a solta?"

INTERESSES POLÍTICOS VALEM MAIS QUE NOSSAS VIDAS (Veja dois exemplos)
É lamentável que interesses políticos, se sobreponham aos nosso interesses que elegemos  essa corja.  Uma vez empossados, só pensam em seus próprios interesses. Até quando vamos suportar tanto desprezo por vidas preciosas? Sabemos que em todo mundo há centenas de aeroportos sem  condições de segurança (temos mostrado sempre). Hoje escolhemos dois aeroportos: O de Lesoto, na África do Sul e o nosso velho e trágico aeroporto de Congonhas, em São Paulo. (veja as comparações)
O INIMAGINÁVEL AEROPORTO DE LESOTO 
 (olhe bem para a foto). Lesoto é  um  minúsculo país  no meio da África do Sul. Se ela estiver no seu roteiro de viagem e tiver de fretar um pequeno avião,  tente sair de lá de carro, ônibus, bicicleta ou qualquer outro veículo terrestre, ou então prepare-se para viver uma grande aventura. Afinal, o que é mais excitante do que uma pista curta seguida por uma queda mortal? Praticamente nada. Esta linha aí na foto,  na verdade é a pista do aeroporto "Maketane Air Strip" Ela tem menos de 500 metros. Para fazer uma decolagem, o piloto têm que fazer a aeronave correr em direção ao penhasco e, em seguida, voar!. Mas se esse desafio ainda for pouco, e se   aeronave não ganhar força suficiente, só restam duas alternativas: Restam? 1- cair num profundo penhasco, ou 2- enfrentar a  outra opção, (que está ai bem a sua frente), entrar de cara  nessas montanhas. Não custa saber também que a queda no desfiladeiro com 600m de profundidade logo após acabar a "pista" de 400m do Maketane Air Strip. Pelo menos, as autoridades locais  o excluíram da lista  de aeroporto comercial. Há  porém, algumas ressalvas: Médicos,  instituições de caridade que o utilizam  para chegar nas vilas próximas. Haja bondade.
CONGONHAS UM AEROPORTO OU UM CRIMINOSO A SOLTA?
Já tivemos o desprazer de pousar a noite nesse porta-aviões, chamado de Congonhas. É incrível voar sobre o teto dos edifícios  que ficam bem abaixo da rota ou mira para o pouso. Mas o que é estranho mesmo? É termos um movimentado aeroporto a apenas oito quilômetros do centro de uma das maiores cidades do mundo. O aeroporto de Congonhas, pode ser considerado um criminoso à solta, porque já cometeu crimes num total de 298 mortos, 283  nas aeronaves e 15 pessoas em terra.  Entre as vítimas, de Congonhas foram protagonizadas por dois aviões da TAM: O Fokker- 100 que matou todos seus 96 ocupantes e mais três, numa das oito casas atingidas, em 31/outubro/1996.
Congonhas ainda tem a "honra" de ter sido palco do maior acidente aéreo da história da nossa aviação. Em 17 de julho de 2007, o voo TAM-3054, que fazia o trajeto Porto Alegre –São Paulo, ultrapassou o final da pista do aeroporto (sem condições), chocando-se com um depósito de cargas da própria TAM. As 187 pessoas que estavam a bordo faleceram. mais outras 12 pessoas que estavam em terra. No trajeto entre o fim da pista e o depósito, o avião sobrevoou a Avenida Washington Luis, ao lado do aeroporto, e chegou a atingir a parte de cima de alguns carros e o teto de um posto de gasolina. Nenhuma das hipóteses levantadas pelas autoridades, entre elas a do prefeito Kassab, que prometeu alongar as pistas. Como? mas nenhuma apontava o fato do aeroporto estar no meio da cidade, mas isso com certeza aumenta bastante a possibilidade de uma falha qualquer, se transformar  em outra tragédia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

/* Atualizacao do Google Analytics em 25 de Outubro 2009 */