/* Excluido depois do Upgrade do Google em 25 de Outubro de 2009 Fim da exclusao */

sábado, setembro 25, 2010

---FIM DE SEMANA---"Arquivos de um Repórter"

 
O Sears Tower (Chicago) ou Willis Tower como agora é chamado, o arranha-céu mais alto nos Estados Unidos, com 443m e construído em 1973, inaugurou em Julho quatro mirantes de vidro (skydecks).
Esses balcões estão suspensos a 412 metros do chão, no 103º andar. Eles tem 3m de altura e 3m de largura e suportam 5 toneladas com os seus vidros de 1.5 polegadas de espessura. Para dar a sensação que você está flutuando sobre a cidade, os tirantes de aço que sustentam o balcão (nas fotos), foram devidamente escondidos.

sexta-feira, setembro 24, 2010

Saúde

 NOVO MÉTODO PODE PREVER INFARTOS
O cardiologista israelense Michael Schechter, do Instituto do Coração do Sheba Medical Center, desenvolveu uma técnica não invasiva capaz de prever o que acontecerá ao coração dos pacientes nos próximos três ou quatro anos. Um aparelho semelhante ao medidor de pressão sanguínia  ligado a um monitor que permite elaborar um prognóstico apurado da saúde cardíaca do paciente.
Para saber o que ocorre dentro das artérias que irrigam o coração, o teste mede a elasticidade do endotélio -- revestimento celular interno das veias do braço. "Se verificarmos 50% de redução dessa função no braço, podemos prescrever um tratamento agressivo para evitar um enfarto", diz Shechter.
"Esse é o melhor método para todos os tipos de pacientes. Não se usa material radioativo, o exame exige pouco tempo e nã há necessidade  de exercício antes ou durante o teste", completa.  
Nota: Essa notícia foi divulgada  há mais de um ano e até agora não temos mais informações se esse método já está  sido aplicado e  salvado vidas preciosas.

sábado, setembro 18, 2010

---FIM DE SEMANA---"Arquivos de um Repórter"

 Você já foi a Bahia?...  Abrimos esta matéria com este titulo, em homenagem ao grande compositor baiano Dorival Caimmy, que melhor retrata a sua Bahia em verso e prosa, inspirado nas belezas da boa terra, em especial a cidade de Salvador, primeira capital do Brasil Colônia (de 1549 a 1763), quando perdeu o posto para o Rio de Janeiro. Até hoje as duas metrópoles competem para atrair turistas nacionais e estrangeiros. Em Salvador as conexões com a África são explícitas, o que a torna especial entre as cidades brasileiras. A
cultura afro-brasileira se deixa literalmente tocar pelos turistas que escolhem Salvador. As cores e os sons do continente que forneceu seus homens mais robustos e capazes como escravos (os frágeis não resistiam sequer à viagem de navio) se renovam diariamente no sincretismo da religião, em terrei
ros ou igrejas; no berimbau que chama a capoeira a qualquer hora do dia; nas formas redondas das baianas servindo quitutes com óleo de dendê e leite de coco. Os casarões do Pelourinho, cartão-postal e patrimônio da humanidade, foram restaurados nos anos 90 do século 20 e desde então a área é sinônimo de boas-vindas, confraternização, conforto em hotéis e pousadas. Quem se instala ali está longe da praia e a poucos passos dos ensaios do Olodum, da explosão barroca do Convento de São Francisco e da Missa Negra (catolicismo com atabaques) na igreja de Nossa Senhor a do Rosário dos Pretos.Praias e trios elétricosSalvador se desenvolveu como pólo urbano de grandes distâncias entre uma atração turística e outra. A cantada praia de Itapuã, por exemplo, fica a 27 km do centro - A praia de Ondina tem a vantagem de receber os trios elétricos no Carnaval e Rio Vermelho é concorrida pela vida noturna e pelas famosas baianas do acarajé. E o circuito Barra-Ondina tem o refresco permanente do mar, chacoalhando os ossos pela avenida Oceânica, do bonito Farol da Barra até Ondina. Os abadás são vendidos por dia ou com desconto para todos os dias (neste caso, atrás de um bloco só), o que permite ao folião variar de paisagem, das ladeiras do centro às avenidas da orla, e também do tipo de música.Cidade Alta, Cidade BaixaO Elevador Lacerda e o Plano Inclinado do Pilar ligam a Cidade Alta à Cidade Baixa. Muito antes da existência de ambos, a divisão arquitetônica que reflete uma sociedade de duras hierarquias foi transposta das cidades de Portugal para a colônia no Novo Mundo. Na parte superior se instalavam o poder do rei, da justiça e da igreja. Na parte baixa espalhavam-se atividades como as do comércio e transportes, com a obrigação de defender a fina flor da sociedade em caso de ataque.  
Enntre os "1.000 Lugares para Conhecer antes de Morrer" do best-seller de Patricia Schultz, 46 itens estão no Brasil (mais o roteiro gastronômico em São Paulo) e, destes, 12 atrações ficam no Rio de Janeiro e seis na da Bahia. Sobre a capital soteropolitana, o guia recomenda não cometer a indelicadeza de se despedir da visita antes de visitar o Pelô, brincar nas festas e comer o acarajé.

sexta-feira, setembro 17, 2010

QUIZ...

                                                                                                        Física
                     QUAL É A VELOCIDADE DO SOM ? Avião ultrapassando a velocidade do som, que é de 340 metros por segundo. As ondas sonoras não se propagam de forma instantânea. É possível comprovar tal afirmação no caso do trovão e do relâmpago: ambos se produzem ao mesmo tempo, mas o relâmpago é visto com antecedência e só depois se ouve o barulho do trovão. Isso acontece porque a luz é mais veloz do que o som. Por isso, em uma altura maior, o ar fica menos denso, e a velocidade de propagação do som diminui. Na água, o som adquire uma velocidade de 1.500 metros por segundo. Através de metais, como o ferro, o som se propaga a 5.127 metros por segundo e, em alguns tipos de aço, a 6.080 metros por segundo. QUIZ: 1 - O que é a barreira do som? 2- Qual é o meio em que se propaga a velocidade do som? Informação: Como o som se propaga através de ondas, necessita de um meio elástico, que vibre, como a água do planeta, o ar da atmosfera ou o solo. Portanto, o som não se propaga no vazio. Respostas do Quiz: (1)- É a barreira que forma o corpo quando a velocidade deste se aproxima da velocidade adquirida pelo som nesse mesmo meio. (2)- A velocidade do som se propaga através do ar, a 340 metros por segundo.
Parabéns! 

quinta-feira, setembro 16, 2010

GRANDES OBRAS DE ENGENHARIA

 O TÚNEL QUE LIGA DOIS PAÍSES É sempre bom conhecer mais detalhes sobre a evolução da engenharia. Embora já tenha mais de  15 anos , o Eurotúnel, Túnel da Mancha, é um túnel ferroviário  que agilizou um sério e dispendioso para duois importantes  países. Desde 1994, o que era feito sobre o mar, desde então a situação se inverteu. França e Inglaterra estão ligados por baixo d'água. A sua construção foi bastante demorada e o início das obras sofreu alguns adiamentos até a sua efetiva inauguração em 1994. É o segundo mais longo túnel ferroviário do mundo, apenas ultrapassado pelo ‘’Túnel de Seikan’’ no Japão.
Construção
A escavação do tunel demorou sete anos e empregou 15000 trabalhadores, sendo as operações conduzidas simultaneamente dos dois lados. O empreiteiro principal foi a TransManche Link, um consórcio que englobava 10 empresas e 5 bancos de ambos os países. Foram usadas grandes máquinas, tunnel boring machine (TBM). Estas máquinas eram autênticas fábricas móveis que abriam o túnel, retiravam a terra e escoravam as paredes com
concreto. Quando as TBMs se encontraram, sensivelmente a meio do túnel, a máquina francesa foi desmantelada, enquanto que a inglesa foi derivada para as rochas e aí, abandonada. Quase 4 milhões de metros cúbicos de cal foram escavados só do lado inglês; a maior parte foi deitada ao mar em Shakespeare Cliff, perto de Folkestone tendo com isso, roubado ao mar cerca de 360 000 m².
O Túnel da Mancha é constituído por 3 túneis paralelos, dois principais ferroviários e um menor, de acesso. Este túnel de acesso, que é servido por veículos pequenos, é ligado ao outros através de passagens transversais em intervalos regulares para permitir que os trabalhadores da manutenção tenham acesso aos túneis principais e para fornecer uma saída de emergência em caso de acidente. Detalhes Finais
O encontro dos dois túneis 40 metros abaixo do solo do Canal da Mancha em
1 de dezembro de 1990, num crossover (passagens que permitem trens passar de um túnel a outro), tornou possível caminhar em terra seca da Inglaterra à Europa pela primeira vez desde o fim da última glaciação, mais de 13 mil anos atrás. Os britânicos e franceses, usando métodos de cálculo e pesquisa a laser, encontraram-se com menos de 2 cm de erro.O túnel foi oficialmente inaugurado pela Rainha britânica Elisabeth II e pelo presidente francês François Mitterrand, em 6 de maio de 1994.
Estatísticas
O túnel possui 50 km de comprimento, sendo que 39 deles estão debaixo do mar. A profundidade média é 40 metros abaixo do solo do mar. Foi aberto para uso comercial ainda em 1994, e os trens carregam veículos e passageiros. Quase 7 milhões de passageiros fazem a travessia de 35 minutos todo ano.
A Sociedade Americana de Engenheiros Civis declarou o túnel uma das sete maravilhas do mundo moderno.

terça-feira, setembro 14, 2010

Monument Valley

 NOS TEMPOS DA DELIGÊNCIA
Apesar de poucos terem chegado até lá,a grande maioria, porém, já conheces estas paisagens muito familiares no mundo todo. A natureza montou o cenário, e Hollywood, realizou ao longo do tempo inúmeros filmes de faroeste que mostram toda a natureza do velho oeste, com filmes e artistas que marcaram época com filmes como este que da título a esta matéria. Vamos saber um pouco mais deste local exótico chamado de Monumental Vale localizado no estado americano de Nevada.
Por estar situado dentro de uma reservas indígena, Monument Valley não pode ser visitado por conta própria. Os próprios Navajos organizam e exploram a visitação turística do local. As melhores excursões tem como ponto de partida o hotel Goulding's Lodge, situado praticamente de frente para a entrada de Monument Valley. Mas de manhã bem cedo percorremos os 30 km até Goulding's Lodge e nos inscrevemos numa das excursões diárias que percorrem a reserva indígena. Existem excursões completas, de dia inteiro e excursões de meio dia, de forma a oferecer opções para todos os visitantes.
Para não dizer que não há cidade alguma nesta região existe Kayentap, uma equena localidade de 5 mil habitantes que faz parte da Nação Navajo, uma grande reserva indígena que ocupa uma boa fatia do estado do Arizona e abriga os descendentes da tribo que, antes da chegada do homem branco, era a dona  absoluta destas terras. E assim, organizamos um roteiro que se inicia em Flagstaff, Arizona ,e pela estrada 163, segisssemos em frente, mas como ninguém é de aço, pernoitaríamos em Kayenta, e que serviria como ponto de partida para nossa visita ao Monument Valley, e de onde seguiríamos em frente até Salt Lake City. Kayenta está situada cerca de 30 km ao sul do vale, tem poucos hotéis, restaurantes e mercados, mesmo assim é um verdadeiro oásis em meio a estas terras desérticas, fornecendo quase todos os serviços essenciais aos turistas.
O Monument Valley conserva a mais duradoura e definitiva imagem do Oeste americano. As figuras ficam isoladas predominando o vermelho cercado por morros vazios e um grande deserto arenoso que ter sido filmado e fotografado inúmeras vezes ao longo dos anos, tanto para longa-metragens como para filmes, anúncios e folhetos de férias. Devido a isso, a área émuito familiar, mesmo em uma primeira visita, mas logo é evidente que as cores naturais são realmente tão brilhantes e profundas como as de todas as imagens. O vale não é um vale no sentido convencional, mas sim um amplo espaço que oferece as vezes uma paisagem desolada, mas logo  interrompida por formações de desintegração subindo centenas de metros no ar, os últimos remanescentes das camadas de arenito que cobre toda a região. 
Mesmo ainda distante por  esta estrada de acesso, já se pode ver os monumentos construidos pela ação do tempo. Neste mapa dos EUA, a localização do estado do Arizona, que abriga o Monument Valley
Map of USA AZ.svg

segunda-feira, setembro 13, 2010

o fantástico projeto alma

                                                      O PROJETO ALMA

O projeto ALMA é um ambicioso projeto científico de construção de um rádio-telescópio que irá englobar cerca de 64 antenas transportáveis, sub-milimétricas, de 12 metros de diametro cada uma, com uma linha de base se extendendo por até 14 quilômetros. Seus receptores cobrirão o intervalo de 70 a 900 GHz. Apontando as antenas em uníssono para um único objeto astronômico, e combinando os sinais detectados por todas as antenas com um processador de sinal digital super rápido, este gigantesco rádio-telescópio obtém um detalhamento de imagem 10 vezes melhor do que o apresentado pelo Hubble Space Telescope (HST). A área combinada de todas as 64 antenas usadas para coletar sinais provenientes de corpos celestes é mais do que 40 vezes maior do que aquela disponível atualmente para os astronomosque usam os telescópios submilimétricos existentes. 
COMO SURGIU ESTE POJETO?
O custo deste projeto foi estimado em 400 milhões de dólares (em 1997).   Como surgiu este projeto?O ALMA é o resultado de uma fusão de 3 grandes projetos de rádio-astronomia. O Millimeter Array (MMA) dos Estados Unidos, o Large Southern Array (LSA) de vários países europeus e o Large Millimeter and Submillimeter Array (LMSA) do Japão. Cada um destes projetos havia sido considerado como alta prioridade pelas suas respectivas comunidades científicas. O projeto europeu e o norte-americano se fundiram no ALMA em 1999 e o desenvolvimento e desenho do projeto começou naquele mesmo ano. O Canadá começou a participar logo depois. Mais tarde, o Japão se uniu ao projeto ALMA. No dia 6 de abril de 2001, representantes da Europa, Japão, América do Norte e Chile, assinaram, em Tóquio, uma resolução afirmando a sua mútua intenção de construir e operar este gigantesco rádio-telescópio a ser instalado no Chile.ALM
ONDE VAI SER INSTALADO O ALMA?
As antenas ficarão localizadas a uma altitude de 5000 metros, na Zona de Chajnantor, a leste da vila de San Pedro de Atacama, no Chile (foto abaixo). Este é um local excepcional para astronomia (sub)milimétrica, possivelmente

sexta-feira, setembro 10, 2010

A DOR DA AUSÊNCIA

                      QUANDO O PAI NÃO EXISTE
No Brasil, é grande o número de brasileiros que não convivem, nunca conheceram e nem mesmo levam o nome do pai. Como consequência, 30,6% das famílias são chefiadas por mulheres (a maioria mães solteiras). Os dados são do IBGE.
É tão comum que ninguém se surpreende mais. No Brasil, boa parte das pessoas pouco ou nada sabe sobre os pais biológicos. Alguns foram criados só pela mãe porque o pai desapareceu. Outros até conhecem e se lembram dos pais, mas passam anos sem vê-los ou só falam com eles em datas especiais, como aniversários. Há ainda os que sequer têm o sobrenome do pai no registro de nascimento. Só em São Paulo, de 5% a 7% das crianças em idade escolar têm só o nome da mãe no documento, segundo levantamento da Secretaria Estadual de Educação. A socióloga Ana Liési Thurler analisou 180 mil certidões e constatou: em 30% das certidões de nascimento no Brasil, só consta o nome da mãe. O estudo mostrou ainda que as crianças registradas com “pai desconhecido” tendem a continuar nesta condição para sempre. Só um terço dos que resolvem procurar o pai e pressioná-lo, conseguem o reconhecimento. Ainda mais corriqueiros no Brasil são os casos de pais que até registram a criança, mas depois desaparecem. Lucimara de Sá Telles, de 13 anos, tem sobrenome do pai na certidão, mas nem se lembra da voz dele. Não recebe um telefonema há mais de 10 anos. Quando os pais se separaram, Lucimara tinha 3 anos e ficou com a mãe, Maria Camila de Sá. O pai foi para outro estado, que ela não sabe dizer qual. “Minha mãe é guerreira, mas se eu pudesse contar com meu pai seria muito melhor. Afinal, teria o dobro de amor”, avalia a menina. Para evitar constrangimentos, algumas escolas chamam o Dia dos Pais de “Dia do Amigo Especial”. É o caso do colégio Paulo Avelar, em São Paulo, onde quase 90% dos alunos não tinham em casa o modelo de família tradicional, com pai, mãe e filhos. E, na maioria dos lares, quem falta é o pai. Então, a homenagem vai para o tio, o padrasto ou o avô. Histórias como a de Lucimara são contadas no documentário “Nada sobre meu pai”, da cineasta Susanna Lira, também filha de pai desconhecido. “Pelos depoimentos que registrei, compreendi como o desconhecimento do pai causa feridas profundas. Encontrei crianças e adultos em frangalhos com essa ausência. Eles buscam o pai a vida inteira”, conta.

terça-feira, setembro 07, 2010

A PROCLAMAÇÃO DA INDEPENDÊNCIA DO BRASIL
Adicionar legenda
O Museu do Ipiranga (foto), é o mais importante museu da Universidade de São Paulo e um dos mais visitados da cidade de São Paulo. É responsável por um grande acervo de objetos, mobiliário e obras de arte com relevância histórica, especialmente aquelas que possuem alguma relação com a Independência do Brasil e o período histórico correspondente. Uma das obras mais conhecidas de seu acervo é o quadro de 1888 do artista Pedro Américo, "Independência ou Morte". O arquiteto e engenheiro italiano Tommaso Gaudenzio Bezzi foi contratado em 1884 para realizar o projeto de um monumento-edifício no local onde aconteceu o evento histórico da Independência do Brasil, embora já existisse esta idéia de se contruir o museu.  O Quadro "O Grito do Ipiranga" é uma tela pintada por Pedro Américo, em 1888
O Museu Paulista tem em seu acervo de mais de 125 mil artigos, entre objetos (esculturas, quadros, jóias, moedas, medalhas, móveis, documentos e utensílios de bandeirantes e índios), iconografiae documentação arquivística, do século XVI até meados do século XX, que servem para a compreensão da sociedade brasileira, com especial concentração na história de São Paulo. Os acervos têm sido mobilizados para as três linhas de pesquisa as quais o museu se dedica:Cotidiano e Sociedade, Universo do Trabalho e História do Imaginário.
Aproveite o feriado e leve a sua familia conhecer o local da nossa indendependência !

segunda-feira, setembro 06, 2010

O MAIOR DESERTO DO PLANETA(O Deserto do Saara e a Cordilheira do Atlas)
O Deserto do Saara é o maior do mundo dentro das suas características. Na na verdade perde em área apenas para a Antártica. O Saara localiza-se ao Norte de África, com uma área total de 9.065.000 km2, sendo apenas um pouco menor que a Europa com (10.400.000 km2). O nome Saara é uma transliteração do árabe, que por sua vez é a tradução da palavra tuaregue tenere (deserto). Vivem cerca de 2,5 milhões na área do Saara, distribuídas pela Mauritânia, Marrocos, Líbia, Egito, Mali, Níger, Argélia, Tunísia, Sudão e Chade. As fronteiras do Saara são: o Oceano Atlântico a oeste, a Cordilheira do Atlas e o Mar Mediterrâneo a norte, o Mar Vermelho a leste e o vale do Rio Níger a sul. O Saara divide o continente africano em duas partes, a África do Norte e a Sub-Saariana . A fronteira saariana ao sul é marcada por uma faixa semi-árida de savana chamada Sahel, e ao sul de Sahel encontra-se o Sudão. Os humanos viveram na extremidade do deserto quase 500 mil anos. Durante a última glaciação, o deserto do Saara já foi mais úmido (como o Leste africano) do que é agora. Fósseis de dinossauros foram encontrados ali. O Saara moderno, geralmente, é isento de vegetação excepto no vale do Nilo, poucos oásis e algumas montanhas dispersas. A Cordilheira do Atlas é uma cadeia de montanhas no noroeste da África que se estende por 2.400 km através do Marrocos, da Argélia e da Tunísia, e ainda inclui Gibraltar. O pico mais alto é o Jbel Toubkal, com 4.167 m, localizado no sul do Marrocos. As montanhas do Atlas separam as margens do mar Mediterrâneo e do oceano Atlântico do deserto do Saara. A população dessas montanhas é constituída principalmente de Berberes no Marrocos e de Árabes na Argélia. Como a América do Norte, a Europa e a África formavam um super-continente há milhões de anos. Acredita-se que a Cordilheira do Atlas se tenha formado como parte de orogénese Allegheniana (orogénese é um processo de movimentação horizontal das placas tectónicas e o principal agente formador do relevo terrestre). Essas montanhas formaram-se quando a África e a América colidiram, e foram uma cordilheira muito mais alta do que o Himalaia de hoje. Atualmente, os resquícios desta cadeia podem ser vistos na Fall line, no leste dos Estados Unidos da América. Algumas reminiscências ainda podem ser encontradas nos Apalaches, formados mais tarde, na América do Norte. As montanhas da Sierra Nevada, na Espanha, também foram formadas nessa colisão continental. As montanhas estão divididas entre o Grande Atlas do Marrocos, o Tell Atlas, mais baixo, que se estende ao longo da costa e o Largo Atlas Saarense, que se estende para o sul.






 Fotos: (1) - Cameleiro às portas do deserto, próximo de Ghadames, no sul do Líbano; (2) -O oásias do Lago Gabr-Aun, no interior das dunas de Ubari, no deserto do Saara.

sábado, setembro 04, 2010

---FIM DE SEMANA---"Arquivos de um Repórter"

Tical, o coração do império maia
Em plena selva, a cerca de 500 km da cidade de Guatemala, está Tikal, uma das principais heranças da civilização maia. Esse império, cujo centro estava na Guatemala, se estendeu para o México e Honduras e teve o seu apogeu entre os séculos 3 e 9.Em apenas 17 km2, Tikal abriga mais de três mil templos, pirâmides e monolitos.
Ai estão os mais altos templos das Américas, que chegam a 70 m. Suas cúpulas emergem acima das copas das gigantescas árvores da floresta tropical da Guatemala. Os edifícios sagrados foram projetados segundo sofisticados cálculos astronômicos, levando em conta as posições do Sol e da Lua.
Caminhando pelas trilhas da florestapode-se admirar macacos-aranha e mais de 300 espécies de pássaros, como diversos tipos de colibris e, com um pouquinho de sorte, o Quetzal, pássaro sagrado dos maias cujas plumas enfeitava os penteados da realeza.
                           Templo Acrópolis Norte e a localização de Tikal no mapa da Guatemala

sexta-feira, setembro 03, 2010


 Carro-avião é aprovado nos EUA
Pode ser maluca a idéia, mas a FAA [Administração Federal de Aviação, nos EUA] aprovou a produção em série de um pequeno avião que está preparado para pousar e continuar a viagem no solo. A engenhoca que custa RS$ 360 mil reais, já tem 70 clientes que pagaram por ela.
O pequeno carro não tem espaço suficiente para todos os equipamentos de segurança necessários para dirigir no solo, por isso a empresa responsável pelo protótipo conseguiu uma exceção da FAA para aprovar o monomotor. Segundo a empresa responsável, Terrafugia, são necessários apenas 30 segundos para transformar o carro em avião e vice-versa. O modelo tem autonomia de até 700 Km voando a 185 Km/h carregando duas pessoas. O motor funciona com gasolina comum e a tração é dianteira, com as asas dobradas ele fica pequeno o suficiente para caber em uma garagem qualquer.
Carro-avião (à esq.) na estrada, numa de suas versões.

quinta-feira, setembro 02, 2010

OS MARAVILHOSOS PARQUES DE UTAH
          Fotos: 1- O Bryce Canion; 2- Monument Valley (fronteira Utah/Arizona e 3- Grand Tation
Muitos Parques Nacionais dos EUA, estão localizados no sudoeste do estado Utah. Apesar do nome, Bryce Canyon ele não é realmente um canyon, mas um grande anfiteatro naturalmente formado pela erosão ao longo do tempo.. Bryce observou por sua única estruturas geológicas , chamado Hoodoos (chaminé de  fada), Formado pela erosão causada pelo vento, água e gelo. O jogo de cores das rochas vermelho, laranja e branco vistas espectaculares para os visitantes. Bryce está em uma elevação maior do que nas proximidades Zion National Park e o Grande Canyon. A altitude média é referência entre 2400 e 2700 m. No entanto, na parte sul está localizado a 2100 metros. Devido a essa variedade de níveis , a ecologia e  o  clima variam muito de uma região para outra, oferecendo um contraste espetacular
                                                     OUTROS PARQUES DE UTAH:
Os Mormons foram os primeiros brancos a se estabelecer na área por volta de 1850 nomeando-o em honra de Ebenezer Bryce, Quem homesteaded área. A área tornou-se um monumento nacional em 1924 , tornando-se um parque nacional quatro anos mais tarde . Ocupa uma área de 145 km ². Dos três parques nacionais Utah. Este é o menos visitado em grande parte devido à sua localização remota. Kanab é uma cidade localizada em um ponto intermediário entre os três parques , Bryce Canyon, Zion Nacional Parque e Grand Canyon. O nome do parque também foi usado para se referir a um programa de computador para simular em  tridimensional a paisagem geográfica.
/* Atualizacao do Google Analytics em 25 de Outubro 2009 */