/* Excluido depois do Upgrade do Google em 25 de Outubro de 2009 Fim da exclusao */

sexta-feira, julho 29, 2011

BLOGTUR INDICA NOVOS DESTINOS:

ROTA DAS EMOÇÕES O passeio pelo delta do Rio Parnaíba, Jericoacoara e Lençóis Maranhenses já foi escolhido como o melhor roteiro turístico do Brasil. A Rota das Emoções, envolve três estados brasileiros e traz em seu roteiro belezas naturaisuma parte intocável pelo homem, além de muita emoção, é claro. Brogtur mostra hoje a rota que ganhou prêmio do Ministério do Turismo como melhor roteiro do turístico do Brasil em 2009, incluindo três estados: Jericoacoara (Ceará), Delta do Parnaíba (Piauí) e os Lençóis Maranhenses (Maranhão). (respectivamente, nas fotos: 1, 2 e 3)
O Delta do Rio Parnaíba, é com certeza um dos principais pontos deste Roteiro das Emoções
O delta está situado entre os estados do Piauí e do Maranhão e é o único das Américas e um dos únicos do mundo em mar aberto. Formado pelo Rio Parnaíba, com 1,4 km de extensão, o delta abre-se em cinco braços, formando 73 ilhas fluviais. Sua paisagem exuberante, cheia de dunas e mangues, garante um cenário paradisíaco na região. Neste pedaço do paraíso de beleza e raridade mundial você poderá acompanhar a cata do caranguejo no mangue, além do vôo do pássaro guará, que ao entardecer traza cor vermelha para o céu do delta.

sábado, julho 23, 2011

---FS---ARQUIVOS DE UM REPÓRTER

OS AEROPORTOS MAIS BIZARROS DO MUNDO !Alguns ingredientes transformam determinados aeroportos em verdadeiras armadilhas para os aeronautas: obstáculos ao redor da pista, ventos cruzados, pistas curtas, inclinação, nevoeiro, gelo e neve, etc. Pelo fato das listas que circulam na Internet normalmente incluírem aeroportos desativados recentemente, tomei o cuidado de expurgá-los para deixar somente os que estão efetivamente operando. Caso você tenha uma viagem marcada para algum deles, reze antecipadamente para que no dia da sua chegada os Deuses dos ventos tenham clemência para com a sua alma!1- Gibraltar - uma avenida atravessa a pista.A cidade de Gibraltar tem o único aeroporto internacional do mundo onde você, depois de aterrissar, pode ir caminhando até o centro da cidade, distante cerca de 500 metros. Mas as comodidades param por aí, porque a turbulência provocada pela formação rochosa a 400 metros da pista provocam sérias sacudidas nos aviões. A bizarrice deste aeroporto fica por conta da pista curta em uma cidade espremida entre montanhas, o que tornou imperativo que uma avenida atravessasse-a, por onde trafegam os veículos normais da cidade nos intervalos entre pousos e decolagens.2- Funchal, Ilha da Madeira - pista suspensa com área de escape zero.Com a pista ladeada de um lado pelo mar e pelo outro a montanha, a curta pista do aeroporto de Funchal foi encompridada por uma espécie de ponte para atingir o comprimento de 2.700 metros. Tal ponte, que ganhou a menção de uma das obras de engenharia mais notáveis do século XX, tem 180 colunas e 70 metros de altura.3- Barra, Escócia - Este o aeroporto, que não tem pista, certamente é o mais bizarro do mundo!(Uma placa avisa textualmente: Aeroporto Barra – Fique fora da faixa de areia quando a biruta estiver funcionando, pois o aeroporto está ativo) A grande bizarrice deste aeroporto é que ele não tem pista. 4- Ilha Fraser - O outro aeroporto no mundo que tem condições semelhantes está localizado na Ilha Fraser, Austrália. Em virtude da ausência de asfalto e lâmpadas sinalizadoras na pista-praia, quando as condições climáticas pioram, os moradores deixam os faróis acesos ao longo da praia para orientar os pilotos. Uma luz na torre de controle avisa aos transeuntes quando um avião está prestes a chegar para que eles fiquem atentos à biruta e liberem o trecho de praia a ser percorrido pelo avião.5- Lukla, Nepal - pista inclinada encravada na montanha. O famoso aeroporto de Katmandu localiza-se a 2.700 metros acima do nível do mar. Como é normal nas regiões montanhosas, ele tem uma pista curta de 527 metros de comprimento por 20 metros de largura e uma inclinação de 11º. Em uma das cabeceiras se eleva um pico de 900 metros, enquanto à outra termina num despenhadeiro. Apesar das condições, o aeroporto é extremamente movimentado nas estações de subida ao Monte Everest. 6- Courchevel, França - a pista de pouso com a topografia mais bizarra do mundo!
Esta pista merece este título. Além de inclinada em 18,5º, ela é sinuosa. Suas operações se limitam a vôos privados durante a temporada de esqui.

sexta-feira, julho 22, 2011

MARAVILHAS DA NATUREZA (Havaí)

HAVAI: DIRETO DOS CARTÕES POSTAIS Conhecido pelas águas cristalinas, vulcões e belos contornos, o Havai é um eterno sonho!

OHAU, abriga esta que é uma das mais lendárias praias do mundo, a eterna Waikiki, sonho de areias de açucar. Ela é a grande atração está na capital Honolulu, onde vive 80% da população composta de ecléticos e residentes. Na Costa Norte, pode se praticar o melhor surfe do planeta.
O que fazer? Desbravar a Costa Waikiki, ou optar por outras belezas, como
Ananaum, Bay Nature Preseve, um dos melhores lugares para mergulhar de snorkel e observar as exóticas e dóceis espécies marinhas do Havaí. Seguindo a mesma estrada, você chegar a mais duas praias fantásticas: Sandy e Makapuu. Depois disso, as praias de LaniKai e Kailua se descortinam na imensidão paradisíaca. Tomar lições de surfe na Fire Surf School. Existe algo melhor do que bombeiros-surfistas havaianos fora de serviço? Homens, mulheres e crianças adoram estes caras, a maioria vive na ilha, e ama o surfe.
As aulas são levadas para um canto remoto da costa Leste de Ohau (foto) onde ninguém poderá assistir aos primeiros caldos da prancha. Refrescar a mente em criativas galerias de arte. A central Honolulu Academy of Arts abriga atrações para adultos e crianças. Sedia também o ART after DARK, evento com jazz, música cubana e latina. O Museu Contemporâneo está escondido no subúrbio de Makiki, e abriga uma coleção impressionante de artistas pós-1940. Arts at Marks Garage é o moderno ponto de encontro de Honolulu, que agrega drama, poesia, leituras, música, cabaré, comédia improvisada, dança e filme.

O Havai é um dos 50 estados dos EUA.

quinta-feira, julho 21, 2011

FRAGMENTOS DA HISTÓRIA

História da queda do muro de Berlim Quando a Segunda Guerra Mundial terminou, a capital alemã, Berlim, foi dividida em quatro áreas. Estados Unidos, Grã-Bretanha, França e União Soviética passaram a comandar e administrar cada uma destas regiões. No ano de 1949, os países capitalistas (Estados Unidos, França e Grã-Bretanha) fizeram um acordo para integrar suas áreas à República Federal da Alemanha (Alemanha Oriental). O setor soviético, Berlim Oriental, passou a ser integrado a República Democrática da Alemanha (Alemanha Ocidental), seguindo o sistema socialista, pró-soviético. Até o ano de 1961, os cidadãos berlinenses podiam passar livremente de um lado para o outro da cidade. Porém, em agosto de 1961, com o acirramento da Guerra Fria e com a grande migração de berlinenses do lado oriental para o ocidental, o governo da Alemanha Oriental resolveu construir um muro dividindo os dois setores. Decretou também leis proibindo a passagem das pessoas para o setor ocidental da cidade.

O muro, que começou a ser construído em 13 de agosto de 1961, não respeitou casas, prédios ou ruas. Policiais e soldados da Alemanha Oriental impediam e até mesmo matavam quem tentasse ultrapassar o muro. Muitas famílias foram separadas da noite para o dia. O muro chegou a ser reforçado por quatro vezes. Possuía cercas elétricas e valas para dificultar a passagem. Havia cerca de 300 torres de vigilância com soldados preparados para atirar. Em 9 de novembro de 1989, com a crise do sistema socialista no leste da Europa e o fim deste sistema na Alemanha Oriental, ocorreu a queda do muro (mostrada na histórica foto). Cidadãos da Alemanha foram para as ruas comemorar o momento histórico e ajudaram a derrubar o muro. O ato simbólico representou também o fim da Guerra Fria e o primeiro passo na reintegração da Alemanha.

terça-feira, julho 19, 2011

POR QUE O CARRO É MAIS BARATO...

...na Argentina, no Chile e em outros países? (Este Gol 1-Motion com airbags fabricado no Brasil, custa aqui em torno de 45 mil, no Chile 29 mil)
A (N.A.D.A) distribuidora com sede nos EUA, realizou recentemente um encontro para avaliar a diferença de valores comparativos de veículos vendidos em alguns países, que foi acompanhado pelos nossos colaboradores nos EUA. O Corolla por exemplo: Custa no Brasil U$ 37,5 mil; na Argentina U$ 21,6 e nos EUA U$ 14,5 mil. Outro exemplo revoltante é a diferença do Jetta: No México seu preço é de R$ 32,5 e no Brasil R$ 65,7 mil; O Gol-Motion com airbags fabricado no Brasil: No Chile custa R$ 29 mil, No Brasil em torno de R$ 45 mil; o Kia Soul fabricado na Coréia do Sul: No Paraguai custa U$ 18 mil e no Brasil U$ 65,7 mil.
Para nós consumidores, a principal razão de tanta diferença d
e preço, do mesmo carro no Chile é entendida pela diferença tributária e tarifária praticada em cada país. Nos baseamos baseamos no apetite voraz da nossa Receita Fiscal, cujos tributos estão entre os mais altos do mundo. Nossos colaboradores procuraram saber se há outros fatores além destes. Procuraram alguns dirigentes que pudessem esclarecer o “fenômeno”, alguns explicaram, mas não justificaram. Outros como o presidente mundial da Honda, Takanobu Ito, afirmou que câmbio pesa na composição do preço, mas acha que se o Brasil eliminasse os impostos o preço do carro para nós ainda continuaria mais caro do que em outros países, porque aqui se pratica o preço mais próximo da nossa realidade. “ Lá fora é mais difícil vender automóveis”, e citou que o nosso custo de vida é que é muito alto, e citou os sanduíches da Mcdonalds, os do Brasil são os mais caros do mundo”. Em seguida ouviram depoimentos de dois empresários que talvez conseguiram resumir o quadro, com estes depoimentos: Para Sérgio Habib, ex-presidente da Citroën, tem muita coisa errada no Brasil, além dos preços do carro. “Um galpão na China custa R$ 400 mil o metro quadrado, no Brasil custa R$ 1,2 mil”. “O frete Xangai e Pequim custa U$ 160,00 e de São Paulo a Salvador R$ 1,8 mil”.
Para Carlos Gomes, presidente da Peugeot Citroën, há no Brasil outro fator que pesa muito no custo final dos veículos. “As montadoras que se estabeleceram depois no Brasil, vieram para competir no mercado vendendo carros a preços mais baixos, mas são obrigadas a seguir o patamar determinado pelas líderes Fiat e Volkswagen, donas dos maiores volumes de venda e referência do mercado”.

segunda-feira, julho 18, 2011

Vulcão chileno está aparentemente calmo

Cinzas do Puyehue caíram em Bariloche e até em estados brasileiros.Nuvem de cinzas do vulcão Puyehue, no sul do Chile em (05/06). Na (2a.foto) relâmpagos foram vistos a mais de 500 quilômetros ao sul de Santiago, no Chile.O vulcão Puyehue (Chile), que entrou em erupção no início do mês de junho, no momento praticamente suas cinzas deixaram de cair, mas ainda há muita apreensão, especialmente na cidade argentina de Bariloche e de outras localidades próximas. O vulcão chileno fica a 100 km de Bariloche e, também afetou outras localidades próximas, como a Villa La Angostura, que faz fronteira com o Chile. Bariloche, tem uma população fixa de 50.000 habitantes, mas recebe anualmente milhares de turistas estrangeiros atraídos pelos seus lagos, paisagens montanhosas e principalmente pelas suas pistas de esqui. As autoridades chilenas mantém alerta vermelho na região do vulcão, na localidade de Osorno, no sul do Chile, em frente a Bariloche. Na véspera da erupção, cerca de 3,5 mil pessoas foram retiradas da região onde fica o vulcão. A erupção, de acordo com as autoridades chilenas, foi acompanhada por "dezenas de tremores de terra". Segundo o ministro de Mineração do Chile, Laurence Golborne, "no período mais crítico a fumaça de gases vulcânicos chegaram a uma altura de dez quilômetros e uma largura de cinco quilômetros". O Puyehue tem 2.240 metros de altura e fica na Cordilheira dos Andes. Sua última erupção ocorreu em 1960, ano em que aconteceu na região um terremoto de 9,5 graus Richter, o de maior nível da história, quase cancelando o Mundial do Chile em 1962. <Foto da varanda de hotel em Bariloche, a 100 km do vulcão, casal assiste a uma cena rara produzida por uma chuva de cinzas

sexta-feira, julho 15, 2011

BOGTUR INDICA>>>

UM MUSEU ARQUEOLÓGICO A CÉU ABERTO O Parque Nacional Serra da Capivara está localizado no sudeste do Estado do Piauí, ocupando áreas dos municípios de São Raimundo Nonato, João Costa, Brejo do Piauí e Coronel José Dias. A superfície do Parque é de 129.140 ha e seu perímetro é de 214 Km. A cidade mais próxima do Parque Nacional é Cel. José Dias, sendo a cidade de São Raimundo Nonato o maior centro urbano. A distância que o separa da capital do Estado, Teresina, é de 530 Km.

A criação do Parque Nacional Serra Capivara teve múltiplas motivações ligadas à preservação de um meio ambiente específico e de um dos mais importantes patrimônios culturais pré-históricos. As características que mais pesaram na decisão da criação do Parque Nacional são de natureza diversa: - culturais - na unidade acha-se uma densa concentração de sítios arqueológicos, a maioria com pinturas e gravuras rupestres, nos quais se encontram vestígios extremamente antigos da presença do homem (100.000 anos antes do presente). Atualmente estão cadastrados 912 sítios, entre os quais, 657 apresentam pinturas rupestres (nas fotos), sendo os outros sítios ao ar livre (acampamentos ou aldeias) de caçadores-coletores, são aldeias de ceramistaagricultores, são ocupações em grutas ou abrigos, sítios funerários e, sítios arqueo-paleontológicos; - ambientais - área semi-árida, fronteiriça entre duas grandes formações geológicas - a bacia sedimentar Maranhão-Piauí e a depressão periférica do rio São Francisco - com paisagens variadas nas serras, vales e planície, com vegetação de caatinga ( o Parque Nacional Serra da Capivara é o único Parque Nacional situado no domínio morfoclimático das caatingas), a unidade abriga fauna e flora específicas e pouco estudadas. Trata-se, pois, de uma das últimas áreas do semi-árido possuidoras de importante diversidade biológica; - turísticas - com paisagens de uma beleza natural surpreendente, com pontos de observação privilegiados. Esta área possui importante potencial para o desenvolvimento de um turismo cultural e ecológico, constituindo uma alternativa de desenvolvimento para a região. Fotos: (1) Pedra Furada; (2) Uma formação de rara beleza; (3) As paredes de arenito, caracterisam o Parque. Fotos foram cedidas pelo blog: "Imagens do Piauí" Em 1991 a UNESCO, pelo seu valor cultural, inscreveu o Parque Nacional na lista do Patrimônio Cultural da Humanidade. Em 2002, foi declarado Patrimônio Natural da Humanidade.

quinta-feira, julho 14, 2011

DOCUMENTÁRIO CULTURAL

NOS CONFINS DO BRASIL Fotos: (1) -Dunas móveis a cerca de 1,5km da costa atlântica, na altura do Farol de Albardão, município de Santa Vitória do Palmar (RS); (2) Arroios cortam dunas e praia, drenando a água doce dos banhados próximos.

Um documentário cultural está revelando ao público uma parte do litoral sul do país ignorada pela maioria dos brasileiros Belas imagens de um litoral solitário com paisagens naturais de rara beleza. Para o telespectador desavisado, pode parecer mais um daqueles clássicos filmes da National Geographic ou Discovery Chanel. Trata-se, no entanto, do primeiro documentário sobre o extremo sul da costa brasileira, dirigido pelo oceanógrafo Ulrich Seeliger, da Fundação Universidade Federal do Rio Grande do Sul e a Furg. Lançado em DVD, Litoral selvagem pretende vencer as fronteiras do universo acadêmico e cumprir uma importante função social: popularizar o conhecimento científico na área de oceanografia. Dunas móveis a cerca de 1,5 km da costa atlântica, na altura do Farol de Albardão, município de Santa Vitória do Palmar (RS).
Praias desertas, areias ao vento e dunas movediças compõem o cenário de uma história literalmente bonita por natureza, que se desenrola entre Rio Grande, a 312 km de Porto Alegre, e a barra do Chuí, a mais meridional cidade brasileira, n
a fronteira com o Uruguai. Espécies raras de animais e plantas, algumas ameaçadas de extinção, integram o elenco. A ação dos séculos sobre esse litoral singular é o agente da trama; o tempo é o protagonista. Todos esses elementos se harmonizam, dividindo espaço na tela e proporcionando uma peculiar experiência audiovisual. São 25 minutos de ciência, e de entretenimento também. Pode parecer pouco tempo, mas para que esses breves instantes se concretizassem foram necessários cinco anos de grande dedicação. O trabalho, finalizado em 2007, já circula principalmente no meio acadêmico e tem recebido muitos elogios. Seeliger conta que a realização do documentário foi um desafio. Isso porque, segundo ele, não basta ter disponíveis centenas de publicações acadêmicas sobre o tema. “Isso é inútil se não houver um bom resumo do assunto.” Foi justamente isso que ele fez: sintetizou décadas de estudos científicos em 78 frases utilizadas na narração do filme. O texto é de fácil entendimento por qualquer leigo. O projeto sugere um novo horizonte para filmes de divulgação científica no Brasil, ao transferir conhecimento acadêmico para meios populares. “Não há hoje nenhum mecanismo hábil para essa transferência”, sustenta Seeliger. “Até pouco tempo, nem se pensava nisso. Mas hoje o próprio CNPq reconhece oficialmente a importância dessa prática”, tanto que desembolsou boa parte dos R$ 300 mil necessários à sua realização. A Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio Grande do Sul e a Furg também contribuíram.

quarta-feira, julho 13, 2011

ARQUIVO ESPECIAL...

AS PRIMEIRAS FOTOS


A primeira fotografia permanente do mundo feita por Joseph Nicéphore Niépce em 1826.

A fotografia não é a obra final de um único criador.Ao longo da história, diversas pessoas foram agregando conceitos e processos que deram origem à fotografia como a conhecemos. O mais antigo destes conceitos foi o da câmara escura, descrita pelo napolitano Giovanni Baptista Della Porta. Mas a primeira fotografia reconhecida (foto), é uma imagem produzida em 1826 pelo francês Joseph Nicéphore Niépce, numa placa de estanho coberta com um derivado de petróleo fotossensível chamado Betume da Judéia. A imagem foi produzida com uma câmera, sendo exigidas cerca de oito horas de exposição à luz solar. Nièpce chamou o processo de "heliografia", gravura com a luz do Sol. Paralelamente, outro francês, Daguerre, produzia com uma câmera escura efeitos visuais em um espetáculo denominado "Diorama". Daguerre e Niépce trocaram correspondência durante alguns anos, vindo finalmente a firmarem sociedade.
A primeira fotografia colorida, tirada por James Clark Maxwell em 1861.

Os experimentos iniciais em cores não puderam fixar a fotografia nem prevenir a cor de enfraquecimento. A primeira fotografia colorida permanente foi tirada em 1861 (foto), pelo físico James Clerk Maxwell. O primeiro filme colorido, o Autocromo, não chegou ao mercado antes de 1907 e era baseado em pontos tingidos de extrato de batata. O primeiro filme colorido moderno, o Kodachrome, foi introduzido em 1935 baseado em três emulsões coloridas. A maioria dos filmes coloridos modernos, exceto o Kodachrome, são baseados na tecnologia desenvolvida pela Agfacolor em 1936. O filme colorido instantâneo foi introduzido pela Polaroid em 1963.

terça-feira, julho 12, 2011

FRAGMENTOS DA HISTÓRIA

A traumática passagem da faixa presidencial
Ao se aproximar à transmissão de faixa de Fernando Henrique a Lula, vieram à tona os dias de tensão que precederam a passagem da faixa presidencial de Juscelino a Jânio Quadros. Foi criado em torno desse ato um verdadeiro clima de terror psicológico que poderia chegar à agressão física. Mauro Chaves (falecido recentemente), foi um experiente e bem relacionado jornalista, que publicou com detalhes, no Estado de S.Paulo, a tensão que essa transmissão produziu em em Brasília, em (31/01/1961).

JK PASSA A FAIXA A JQ
Preparava-se a posse de Jânio Quadros, após retumbante vitória, apesar do prestígio popular que desfrutava o construtor de Brasília, JK ouvira dizer o que Jânio pretendia fazer na hora da transmissão da faixa presidencial: Um discurso mostrando o estado em que se encontrava a Administração pública do País, com inflação descontrolada, corrupção, desorganização generalizada, e muito mais. Juscelino ficou acabrunhado ante a perspectiva de ser inteiramente desmoralizado, diante de uma quantidade imensa de jornalistas, do Brasil e do mundo inteiro. Pensou em não comparecer à transmissão da faixa ao seu destemperado sucessor. Mas logo desistiu da idéia, pois não era homem de fugir de situações e, durante toda a sua vida pública, fez ecoar a frase que se tornara antológica: “Deus poupou-me do sentimento do medo”. Então, ele teria de encontrar uma outra solução, mas qual? Que argumentos um recém-eleito presidente da República, em estado de graça e glória, com discursos que faziam o povo vibrar, chorar e tremer de emoção haveria de aceitar para não deixar seu adversário antecessor em situação de irremediável constrangimento? Juscelino pensou, pensou, passou a noite sem dormir, refletindo, mas não consultou ninguém, pois sabia que qualquer opinião poderia mais atrapalhar do que ajudar Até que chegou ao seguinte raciocínio: perante o País e o mundo, seria muito pior – e teria maior repercussão –, a desmoralização de um presidente que vai governar do que a de um que já governara. Então decidiu: se Jânio Quadros o “esculhambasse” à queima-roupa, na passagem da faixa simplesmente lhe desferiria um soco no rosto. Certamente, o escândalo seria estampado em todos os jornais do mundo – e dificilmente Jânio escaparia do epíteto “o presidente que apanhou na posse”. Tomada à decisão, Juscelino fez vazar para Jânio suas intenções, e o resultado foi que os dois discursos, acabaram sendo eleborados a quatro mãos (e negociados, linha a linha, pelos seus assessores. Sem tocar em inflação, corrupção ou desorganização, ao receber a faixa, Jânio homenageou o grande espírito democrático de seu antecessor. M.C.

sexta-feira, julho 08, 2011

FATO INÉDITO NO FUTEBOL

Portuguesa Santista um time contra o Apartheid --- A Associação Atlética Portuguesa, de Santos, mais conhecida como Portuguesa Santista, foi fundada em 1917. Foi uma das fundadoras da Federação Paulista de Futebol–FPF. Durante anos disputou com regularidade o Campeonato Paulista. Rebaixada para a 2ª. divisão, retornou a divisão principal como campeã em 1964. Atualmente, está no ostracismo disputando o Campeonato da 2a. Divisão. Depois de uma trajetória vitoriosa nos campeonatos das décadas de 1920 e 1930 (foi inovadora na construção do seu estádio, o Ulrico Mursa, nos anos 20: o primeiro a ter arquibancada de concreto e coberta na América Latina), seria no ano de 1950 que a Portuguesa Santista faria sua primeira excursão ao exterior, justamente em terras lusitanas, onde alcançaria uma campanha com cinco vitórias em sete jogos, marcando 17 gols e tomando apenas 7. Havia disputado partidas contra o Sporting de Braga, FC Tirsense, FC Porto, Vitória de Guimarães, Acadêmica de Coimbra, Sporting de Lisboa e EC Marítimo, na Ilha da Madeira.---A Portuguesa é um dos quatro clubes brasileiros FITA AZUL, titulo honorário concedido pela CBF, (conferido aos clubes que excursionam ao exterior sem sofrer derrota). Essa título foi conquistada na sua 2a. excursão no ano de 1959, quando a Santista, obteve 15 vitórias em 15 jogos, marcado 75 gols e sofrendo 10.
FATO INÉDITO NA HISTÓRIA DO FUTEBOL
Na verdade este clube foi o único a dar um pontapé no apartheid na Àfrica do Sul contra o racismo no esporte. Esses jogadores (foto) e outros que completavam a delegação, se uniram e não entraram em campo. Por causa desse ato a África do Sul foi banida de todos os tipos de modalidades esportivas pela FIFA. Além dessa medida, as relações diplomáticas entre Brasil e África do Sul ficaram estremecidas durante anos. Este fato ocorreu num amistoso contra um time da Cidade do Cabo, na África do Sul. Os jogadores estavam no hotel quando um dirigente local trouxe o recado: “Nossa política não permite jogadores negros na partida. Entrem apenas com os brancos”. A notícia chegou aos ouvidos de Dennis Brutus, presidente da Associação Esportiva da África do Sul, um branco que marcou a vida na luta contra o apartheid. Dennis havia criado a associação três meses antes, com a participação de Nelson Mandela, para combater o racismo no esporte. De imediato, o ativista enviou um telegrama para o presidente do Brasil, Juscelino Kubistchek: “Soubemos que um time brasileiro, na Cidade do Cabo, está sendo impedido de contar com os seus jogadores negros para um amistoso contra um time local. Pedimos que o Brasil se levante contra o racismo. Queremos que o povo brasileiro mostre que não aceita o racismo”. JK entrou em contato com os dirigentes da Portuguesa, demonstrando apoio à equipe. Foi a primeira vez que o governo brasileiro se posicionou contra o apartheid sul-africano. O jogo foi cancelado. Em entrevista recente à tevê, Brutus, que morreu no fim de 2009, deixou um recado aos brasileiros envolvidos no episódio: “Muito obrigado por ter nos ajudado na nossa luta por Humanidade”.
Na foto1: A delegação da Portuguesa desembarcando em Santos, do navio holandês “Ruys”, em 11/06/1959. O time campeão foi recepcionado calorosamente por uma multidão na cidade. Os jogadores
desfilariam em carro de bombeiro pelas ruas de Santos, e aclamados como heróis.

quinta-feira, julho 07, 2011

MARAVILHAS DA NATUREZA...

CATARATAS DO IGUAÇU As Cataratas do Iguaçu (espanhol: Cataratas del Iguazú) são uma reunião de quedas no Rio Iguaçu (Bacia do Paraná), localizam-se dentro do Parque Nacional do Iguaçu no Brasil e no Parque Nacional Iguazú na Argentina que, somados, correspondem a 250 mil hectares de floresta protegida. O Parque do lado argentino foi criado em 1934; e o brasileiro, em 1939, com o propósito de administrar e proteger o manancial de água que representa essa catarata e o conjunto do meio ambiente ao seu redor. Os parques brasileiro e argentino passaram a ser considerados Patrimônio da Humanidade em 1984 e 1986. Historicamente, as Cataratas do Iguaçu foram descobertas em 1542 por Dom Álvar Núñez Cabeza de Vaca. INFORMAÇÕES: Do lado esquerdo, o Brasil; do direito, a Argentina e, no centro, A Garganta do Diabo. As cataratas têm cerca de 300 quedas, com altura superior a 70 metros ao longo de 2,7 km do Rio Iguaçu, que nasce no Brasil. A Garganta do Diabo, em forma de "U" (fotpo) tem 150 metros de largura e 70 metros de altura, e é a maior de todas e marca os limites de Brasil e Argentina. A maioria das cataratas fica em território argentino, mas é do lado brasileiro que se tem a melhor vista. O nome Iguaçu vem das palavras da língua guarani "y" (água) e "guaçu" (grande). A famosa frase "Pobre Niágara" foi exclamada pela primeira-dama dos EUA, Eleanor Roosevelt, ao contemplar as Cataratas do Iguaçu fazendo uma comparação com as Cataratas do Niágara, em sua visita ao Brasil.

quarta-feira, julho 06, 2011

DOS VELHOS ARQUIVOS

Enola Gay: O avião que lançou a bomba atômica no Japão

Enola Gay foi o nome dado a este bombardeiro Boeing B-29 americano, que lançou uma bomba atômica em Hiroshima, na manhã de 6 de agosto de 1945, precipitando o final da Segunda Guerra Mundial.O avião foi batizado Enola Gay, na véspera do ataque atômico, em homenagem á mãe do Coronel Tibbets, Enola Gay Tibbets, para desgosto do Capitão Lewis, que considerava a aeronave como "seu avião". A missão em Hiroshima foi bem sucedida, mas para a nossa surpresa em a aeronave nem o piloto lançaram a segunda bomba, em Nagasaki, missão que ficou a cargo do Capitão Charles Sweeney e do B-29 batizado de Bock's Car. O Enola Gay voou nessa missão como observador meteorológico, sobre a cidade de Kokura. Após o fim da guerra, a aeronave voltou aos Estados Unidos em 6 de novembro de 1945 para a nova base do 509º, em Roswell, New Mexico. Participou, embora sem lançar nenhum artefato atômico, da Operação Crossroads, em Bikini, Ilhas Marshall, na qual os americanos fizeram dois testes nucleares em 1946.
Atualmente, a aeronave está totalmente restaurada e em exibição pública no Steven F. Udvar-Hazy Center, próximo ao Aeroporto Internacional Dulles, de Washington, EUA, sendo severamente vigiada para evitar atentados. devido à sua história.

terça-feira, julho 05, 2011

MAR PEDE ÁGUA...

MAR MORTO PEDE ÁGUA PRA NÃO MORRER
Desde o fim do século XX se imagina um canal até o Mar Morto para gerareletricidade. Agora, com a possibilidade de também salvar o Mar Morto, oprojeto se torna duplamente atrativo. Uma alternativa possível seria a construção de um canal entre o Mediterrâneo e o Mar Morto, projeto que já existe desde o o fim dos anos 70. No ano passado, porém, ficou claro que a solução do Mar Vermelho é a que as provavelmente vai vingar. Os governos de Israel, da Jordânia e a autoridade Palestina fecharam uma parceria para o sesenvolvimento de um estudo de viabilidade do canal que seria patrocinado pelo Banco Mundial a um custo estimado em 10 bilhões de euros. O projeto naturalmente preocupa os ambientalistas. Um temor é que a mistura com as águas do Mar Vermelho provoque no Mar Morto uma proliferação de algas que poderia se tornar incontrolável. O Mar Morto tem esse nome porque nenhuma espécie aquática consegue viver em suas águas, extremamente salgadas (na foto acima). Em contrapartida, ele serve de abrigo para dezenas de microrganismos encontado pelos cientistas, que o consideram um laboratório para o estudo da evolução. O declínio das águas do Mar Morto não impede que o turismo em muitos trechos de seu litoral. Nos últimos anos, os hotéis têm se multiplicado. O mesmo ocorre com os spas, que oferecem como grande atração os banhos de lama medicinal. Banhar-se nas praias do Mar Morto é também uma atração à parte- devido a sua alta sanilidade, a água é mais densa, o que possibilita aos banhistas boiar com muito mais facilidade do que em outras praias. As próprias crateras formadas pelo recuo constante das águas se tonaram uma uma nova atração turística. Os buracos nas margens do Mar Morto já somam 3 mil, e a curiosidade em torno deles atrai cada vez mais turistas.

sexta-feira, julho 01, 2011

BLOGTUR, INDICA>>>

O MARAVILHOSO PRINCIPADO DE MÔNACO
Mônaco é um pequeno principado situado ao sul da França. O território monegasco, ampliado em mais de 30 hectares entre 1969 e 1972, com terrenos ganhos no mar, estende-se por quase 3 km, ao longo da costa ligúrica-provençal. O principado encontra-se protegido pelos contrafortes dos Alpes Marítimos (Tête de Chien, 573 m; monte Agel, 1.100 m). Goza de um clima mediterrânico muito suave no inverno e apresenta uma vegetação exuberante, o que explica que, em meados do século XIX, se tenha convertido em estância balneária e se tornado um centro turístico de fama mundial.
Mônaco é o segundo menor país do mundo ficando apenas atrás da Cidade do Vaticano. Fica localizado no Sul da França (Costa Azul) a dezoito quilómetros de Nice, na fronteira com a Itália.
O Principiado possui um clima mediterrânico quente com verões suaves e invernos amenos. Além das finanças, a economia monegasca é movimentada em grande parte pelo setor imobiliário: as duzentas empresas de construção civil são a força motriz da economia. O turismo é uma das mais importantes fontes de renda do país. O setor hoteleiro é dinâmico, com cerca de 3 mil quartos que recebem, ao ano, em torno de 300 mil visitantes. O maior atrativo de Mônaco é seu "paraíso fiscal" do principado: lá, os investidores não estão sujeitos a impostos sobre renda.Algumas curiosidades sobre o Principado:
(1)--
Grace Kelly, renomada e bela atriz de cinema, nasceu nos Estados Unidos, tornou-se monegasca, pelo casamento com Rainier III de Mônaco; (2)-- Apenas 16% dos habitantes são monegascos. Os demais habitantes são franceses (47%), italianos (16%); (3)-- O idioma oficial é o francês, mas falam-se várias outras línguas devido às variadas origens de seus habitantes. Dentre estas, as principais são o monegasco, o inglês e o italiano. (4)-- Mônaco é também sede de um GP de Fórmula 1, o qual foi vencido em 87, 89, 90, 91, 92 e 93 pelo saudoso piloto brasileiro Ayrton Senna, conhecido por "rei de Mônaco", que diversas vezes deu banho de champagne na família real, quebrando o protocolo; (5)-- O seu do importante Instituto Oceanográfico, já foi dirigido por Jacques Cousteau.
/* Atualizacao do Google Analytics em 25 de Outubro 2009 */