/* Excluido depois do Upgrade do Google em 25 de Outubro de 2009 Fim da exclusao */

quarta-feira, julho 31, 2013

DESPREPARO PARA GRANDES EVENTOS

FRANCISCO, UM PAPA REALISTA E SIMPLES QUE ENCANTOU A TODOS                         Seu carisma cativante, fez parte da  mídia aproveitar-se disso para esconder falhas grotescas e imperdoáveis num evento de tanta magnitude!
O santo papa a bordo do avião que o levou de volta a Roma. (Certamente, seu único momento de segurança). Em razão de uma imprensa predominantemente tendenciosa,  achamos justo apresentar esta carta, insuspeita, escrita  pelo Dr. Pedro Cardoso da Silva, Bacharel em direito - Interlagos -S.P.:
Despreparo para grandes eventos
Propagaram tanto a preparação do Rio de Janeiro para a realização da Jornada Mundial da Juventude que parecia estar muito bem organizado mesmo. Bastou o início das atividades para escancarar que até os grandes eventos são utilizados apenas como marketing político e não como uma oportunidade das autoridades mostrarem ao mundo que o Brasil está preparado para realizar grandes acontecimentos.  Mesmo sabendo que o Papado é o mais alto posto da Igreja Católica e a única autoridade nesse patamar no mundo, ao transportá-lo deixaram o Pontífice à mercê da população que, felizmente, não se aproveitou disso. De qualquer forma, foi constrangedor e arriscada à situação a que ficou exposto o santo Padre. 
Nos transportes, o fiasco foi total. Nada funcionou. O metrô porque faltou energia; as linhas de ônibus não foram ampliadas, nem colocaram outras alternativas; nada foi feito para minimizar os transtornos de quem só tinha o transporte coletivo como meio de locomoção. Esse comportamento escancara que as autoridades brasileiras só arrumam a casa quando há visita de estrangeiros importantes. Ainda assim erraram feio, já que o público da Jornada não tem tanto recursos como os turistas tradicionais.                                                                                                                                         Outra grande falha foi gastar milhões para apresentação em Guaratiba e depois, por conta de uma chuva normal, não realizar a apresentação por conta do lamaçal. Como as atividades foram transferidas para Copacabana, o prefeito pediu desculpa aos moradores do bairro chique e não disse uma palavra para os pobres do subúrbio.                                                                                                  Autoridades brasileiras não perdem a oportunidade de tentar tirar proveito eleitoral dessas ocasiões. Nem as manifestações populares de junho surtiram efeito suficiente para mudarem esse hábito coronelista, ao demonstrar que os cidadãos atualmente já separam bem o papel entre política e religião. Também há exagero e sensacionalismo na cobertura dada pela chamada grande mídia. Os telejornais da Rede Globo dão ênfase semelhante a uma Copa do Mundo de futebol, com repórteres desde a saída até o retorno do Papa. Parece nem existirem mais os problemas nacionais, mesmo quando todos os serviços essenciais ligados ao evento não funcionam. Quando são citados, a ênfase recai num fanático a dizer que isso é irrelevante perante a presença de Sua Santidade. 
No momento não vou aprofundar nas teses defendidas pelo Pontífice. Quanto à sua proposição para o menor se firmar perante a sociedade deveria ter sido mais bem detalhada, já que, como regra, os menores brasileiros há muito já vêm extrapolando os limites da afirmação e estão indo ao ataque.     Resta à imprensa investigar quanto de dinheiro público foi gasto nesta visita, pois o brasileiro já deixou muito claro sua prioridade em educação, saúde e segurança, e não mais em festejos, independentemente da religião, ainda mais porque esse aparato só ocorre em solenidades católicas, numa flagrante discriminação às demais religiões e um desrespeito ao preceito constitucional da laicidade do Estado brasileiro.

terça-feira, julho 30, 2013

Vi o papa no telão...

 UM SÍMBOLO DA FÉ?                                                                                      Menina percorre 650 km no lombo de um cavalo para ver o papa Francisco
Depois de passar 17 dias e mais de 650 km no lombo do cavalo Pirulito, Lorrana Faria, chegou exausta à cidade de Aparecida do Norte (SP). "Foi bem difícil, são muitos dias "cavalgando", diz a garota de apenas 4  anos de idade.
Com o pai, a mãe e outros 22 cavaleiros, Lorrana saiu de Dores do Rio Preto (Espírito Santo) só para ver de pertinho o papa, em Aparecida, onde ele fez uma missa na  quarta-feira (24).
Lorrana cavalgou por 17 dias para chegar em Aparecida (SP)
"Valeu a pena vir, mesmo vendo a missa de longe, pelo telão. O que mais gostei foi o papa-móvel, é lindo", diz Lorrana. 
Assim como a menina, diversas crianças acompanharam a visita do papa, que veio ao Brasil para participar da Jornada Mundial da Juventude. O evento reuniu jovens e peregrinos de várias partes do mundo e se encerrou no último domingo.
As setas vermelhas, mostram o trajeto feito pela garota de 4 anos, seus familiares e amigos, que saíram de Dores do Rio Preto (ES) com destino a Aparecida do Norte (SP), chegando após 17 dias viajem em lombo de cavalo para conhecer de perto o papa Francisco, e só conseguiram vê-lo, como diz Lorrana, através de um telão. Porém, se ninguém teve a sensibilidade de levá-la até a presença do santo padre, é porque, quase sempre os verdadeiros fiéis acabam no ostracismo. Nessas horas há sempre muita gente para roubar a cena e tocar o sino. Mesmo assim, ela que ainda esta retornando para casa, sem ver o papa como desejava, pelo seu esforço e desejo, merece ser proclamada o SÍMBOLO DA FÉ,  levando o encantamento de ter visto de o "lindo papa-móvel", como ela mesma diz mesmo sem a presença de quem ela tanto desejava ver... 









domingo, julho 28, 2013

"Rescaldos do 11 de setembro de 2001"

10 anos após o 11 de setembro, esta imagem da CNN que seria do avião da United Airlines após a queda na Pensilvânia
  
Quase dez anos após os atentados de 11 de setembro de 2001, este vídeo com imagens que seriam do avião da United Airlines, voo 93, que caiu na Pensilvânia, foi divulgado e exibido pela Rede Americana CNN. 
A bordo do avião estavam 33 passageiros, sete tripulantes e  quatro sequestradores. A aeronave seria usada para um quarto ataque, mas caiu antes de completar seu trajeto. As imagens mostram a fumaça subindo do local do acidente com a aeronave.  O vídeo, feito por um morador perto do local do acidente, foi descoberto pela repórter Arlene Johns, do jornal local "Tribuna Democrática", enquanto ela trabalhava em uma matéria sobre os dez anos do atentado.  O autor do vídeo, que teria morrido há alguns anos, diz na narração que as imagens são de "restos de um avião" que "aparentemente" teria sido explodido por um terrorista, pois ele havia visto notícias na TV dos ataques ao World Trade Center e ao Pentágono. 
Dez anos após a tragédia, Familiares e amigos das vítimas se reúnem em frente ao muro do Memorial com todos os nomes dos que morreram no Voo 93. Numa das homenagens, o orador leu "Lembranças de um mundo antigo", de Carlos Drummond de Andrade.

sábado, julho 27, 2013

---FS---Um Campeão Exótico...

   
O melhor hotel do mundo fica na África                            O Mombo Camp, na reserva de Moremi Game, possui safáris de luxo,             privacidade e altíssima hotelaria para atrair turistas de todo o mundo


O Mombo Camp, na reserva de Moremi Game, é um verdadeiro refúgio idílico, que conta com abundância de animais, privacidade, além de ser cercado por belezas naturais únicas que conferem um cenário incomparável ao local. Foi eleito pela publicação 'Travel + Leisure' o melhor hotel do mundo, num ranking de 50.
Os nove bangalôs encontram-se de frente para o Delta do Okavango, o maior delta fluvial do mundo, em Botsuana, na África. Os hóspedes podem descansar em varandas particulares, de onde é possível observar os pássaros exóticos que passeiam pela região. As diárias começam em cerca de 2.000 dólares por pessoa.
Além de uma estrutura de alto de padrão, o Mombo Camp oferece chalés com sala de jantar, de estar e bar, todos com vista para o belíssimo campo, e uma convidativa piscina privativa, ideal para relaxar em dias mais quentes. O melhor hotel do mundo ainda conta com salas particulares para descansos ao longo do dia e uma biblioteca.


.




         









sexta-feira, julho 26, 2013

Menos alimento para nós

 Estudo: Atmosfera do futuro diminuirá produção de alimentos
Em Maio foi atingido o recorde de concentração de dióxido de carbono no ar, 400 partes por milhão - e este patamar deve ser comum nos próximos anos. Mas na prática, o que significa? Redução na produção agrícola de alimentos como o arroz, feijão, soja, milho e trigo, segundo investigadores do Cena (Centro de Energia Nuclear na Agricultura), unidade da USP (Universidade de São Paulo) em Piracicaba, que simularam um ambiente saturado de CO2.
Já a cana-de-açúcar e as pastagens teriam incremento na produção com o aumento da concentração do CO2. Mas antes de ver um "lado bom", Adibe Luiz Abdalla, professor do Cena/USP e orientador do trabalho, faz um alerta: a braquiária, gramínea largamente utilizada para alimentação de gado, apresentou crescimento 20% superior do que as plantas em ambiente normal, porém esse crescimento também tornou o capim menos digestível para o animal.
Com mais gás carbônico, a planta produz 5% menos folhas e tem os talos, que têm fibras indigestas,  aumentados em 8%. Assim, a braquiária perde valor nutricional e aumenta ainda mais a emissão de metano pelos bovinos, cujos gases aumentam o efeito estufa.
Os cientistas criaram uma área controlada onde a concentração do dióxido de carbono na atmosfera seria de 550 ppm (parte por milhão), o que corresponde a estimativa que seria alcançada em 30 anos. Atualmente, temos entre 370 e 390 ppm na atmosfera.
"A elevação de CO2 aumenta a fotossíntese e a produção de biomassa na braquiária", explica Abdalla. Porém, o algodão também sofrerá com uma menor produtividade.
Outra pesquisadora da Embrapa Jaguariúna, local onde foi feito o experimento, está avaliando o impacto no café e a qualidade do grão. Já se sabe que com o ambiente modificado a planta pode crescer e produzir mais, contudo a qualidade do grão e a fragilidade para doenças tendem a aumentar, deixando os  pesquisadores em alerta.
O campo da Embrapa, que fica no município de Jaguariúna/SP, é onde está localizado este experimento. A área possui 12 redondéis, com 10 metros de diâmetro, nos quais seis são equipados com injeções de C02 em seu interior, criando a atmosfera de CO2 elevado. A outra metade possui atmosfera ambiente.

sábado, julho 20, 2013

---ESPECIAL ---Uma Aquarela da Natureza...

O “Parque das tulipas" na Holanda
Próximo a Amsterdã, Keukenhof,  funciona apenas na primavera no Hemisfério Norte, campos floridos que podem ser apreciados a pé, de barco, bicicleta ou avião.
Na primavera no Hemisfério Norte, um dos locais preferidos dos turistas para apreciar os coloridos campos de flores é o Keukenhof, conhecido como “o parque das tulipas”. Situada entre Amsterdã e Haia, a área tem 32 hectares repletos dessa flor típica do país. Além de percorrer os 15 quilômetros de trilhas pelos campos e pavilhões de flores, os visitantes têm a opção de alugar bicicletas, fazer passeios de barco e até sobrevoar a área em um pequeno avião. O local tem ainda restaurantes e playgrounds para crianças.E não são só tulipas que podem ser vistas. Jacintos, narcisos e outras flores de primavera se espalham pela área e pelos pavilhões.O preço da entrada para adultos custa 15 euros e para crianças, 7,50. Recomenda-se levar câmera fotográfica porque a paisagem rende belas imagens .

quinta-feira, julho 18, 2013

Trânsito caótico, por falta de planejamento...

São Paulo ganhou 1,5 milhão de carros em uma década
Em dez anos, o número de carros em São Paulo aumentou quase 1,5 milhão. Passou de 3,4 milhões em abril de 2004 a 4,9 milhões em abril último --um salto de 43%. Isso ocorreu por causa da elevação da renda e da redução de impostos sobre os carros populares desde 2009 (Fonte: Folha de São Paulo)
O aumento do congestionamento tem um custo astronômico, segundo estimativa do engenheiro Eduardo Vasconcellos: consome R$ 8 bilhões por ano, quando se contam os gastos de combustível, depreciação da frota e perda de produtividade das pessoas paradas no trânsito. A maior perda, diz ele, é dos usuários de ônibus, que passam mais tempo no congestionamento.
O aumento do trânsito também tem impacto nas finanças públicas. Um projeto de corredores da Prefeitura de São Paulo para dobrar a velocidade dos ônibus em horários de pico, hoje de 12 km por hora, está orçado em R$ 8 bilhões, segundo a Secretaria Municipal dos Transportes.
"Baratear o transporte privado aumenta o custo do público a médio prazo", diz o engenheiro Carlos Henrique Ribeiro de Carvalho, pesquisador do Ipea. "Menos pessoas usando ônibus significa um custo maior por passageiro".A Associação Nacional de Transportes Públicos estima que o trânsito onera em 25% o preço da passagem de ônibus.
O congestionamento maior eleva o preço porque os ônibus gastam mais diesel e mais tempo num trajeto.Como a passagem em São Paulo custa R$ 3, pelo menos R$ 0,75 são decorrentes de congestionamentos.O aumento do trânsito obriga as empresas a colocar mais ônibus na mesma linha --isso chama-se perda de produtividade em economês. Há 18 anos um ônibus fazia oito viagens por dia. Hoje, faz cinco.
SUBSÍDIOS
A irresponsabilidade dos nossos governantes têm agravado ainda mais o transporte cada vez mais caótico nas nossas grandes cidades, especialmente nesta última década. O resultado é que o transporte individual recebe isenções e subsídios de R$ 16 bilhões ao ano, enquanto os ônibus recebem apenas R$ 2 bilhões.
A proporção das desonerações de carro e ônibus é de oito para um. Enquanto o ônibus ganha R$ 1,00 de incentivo, o carro, a moto e o táxi têm isenções de R$ 8,00.

quinta-feira, julho 11, 2013

A troca de habitat

SERPENTES DO ASFALTO
Desmatamento e mudanças climáticas levam ao aparecimento de cobras em centros urbanos.De uns tempos a esta parte, estão aumentando gradativamente as aparições de répteis em várias cidades brasileiras, já denominadas de serpentes do asfalto. Na primeira foto, a cascavel de porte médio encontrada dentro de um carro em Belo Horizonte (MG); na foto seguinte uma sucuri de quatro metros e meio, capturada no quintal de uma casa, em Porto Velho. Segundo informações da polícia, a cobra já tinha matado três galinhas na região, em seguida na (3a.foto) outro caso raro. A Polícia de Salvador (BA) encontrou uma sucuri de cerca de 3,5 metros, próxima a um importante shopping da capital baiana; e me Vitória (ES) foi achada num quintal, uma cobra de cerca de um metro e meio. Há ainda registro de aparições de animais peçonhentos em várias cidades, inclusive S.Paulo.De acordo com o coordenador de fauna do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), João Moreira, a principal razão é o desmatamento, que destrói o habitat natural desses animais, que partem em busca de alimentos. "Eles preferem áreas vegetais e não arriscam ir para as cidades, mas com o aumento da urbanização, começam a aparecer principalmente nas periferias, que ficam no entorno das matas", avalia o biólogo Fausto Urbano, da Universidade de São Paulo (USP). Na tese de mestrado, Urbano verificou que entre agosto de 2003 e março de 2013, apareceram cerca de 2.700 destes animais em São Paulo.
As mudanças climáticas também fazem as cobras irem para os centros urbanos. Em Belém (PA), desde o início de 2008, foram capturadas 21 sucuris e sete jiboias, em função de chuvas intensas. "Esse fator interfere, principalmente, em cidades próximas de áreas rurais e florestais", indica Isabela Deise, analista ambiental do Instituto Chico Mendes.
 As cobras também podem chegar às cidades em caminhões vindos de regiões rurais, nas ferragens ou em cestas de verduras e frutas. A cascavel (já mencionada), que foi encontrada em Belo Horizonte, por exemplo, entrou no carro de um motorista, alojou-se por dentro do painel e quando o carro já estava na cidade despencou no colo do motorista que assustado quase causou um desastre. Felizmente ele não foi picado. "Ao identificar qualquer cobra, comunique polícia ambiental para que faça o resgate" recomenda Moreira. "Se a pessoa for picada, apenas soro antiofídico, aplicado em hospitais, funciona no tratamento", acrescenta Urbano.

terça-feira, julho 09, 2013

Fragmentoos da Historia...

O SEGREDO DO VOO 2068(Fotos: 1- Avião C-47 da FAB semelhante ao 2068 que caiu na selva. 2- A foto conhecida em todo mundo de Che Guevara e 3- O local do acidente,na a Serra do Cachimbo, no estado do Pará)
40 anos antes da queda do Boeing da Gol, na mesma região, outro desastre aéreo comovia a nação com o drama do resgate dos poucos sobreviventes - todos militares - na selva. Só há´alguns anos se soube é que eles estavam em missão secreta para capturar Guevara.Em junho de 1967, enquanto o Brasil vivia sob a ditadura militar da direita, o guerrilheiro argentino Ernesto "Che" Guevara,fomentava a revolução socialista em algum pedaço ignorado do continente. Naquele mês, a base de apoio à navegação aérea de Cachimbo, Pará, foi invadida por cerca de 100 índios. Os oficiais e os funcionários, assustados, pensaram que aquilo poderia significar um ataque. Na tentativa de explicar a visita inesperada, a Força Aérea criou uma teoria conspiratória que desencadeou equívocos rocambolescos e uma das maiores tragédias da aviação brasileira na ocasião - ocorrida numa área próxima a Cachimbo onde o voo 1907 da Gol ao colidir, matou 154 pessoas. Se a presença dos índios era um ataque, o alvo deveria ser o regime militar. Assim, a mente por trás de tudo estaria a serviço do comunismo - eis porque o Che divide a frase de abertura deste parágrafo com os militares brasileiros.
Após avistar os índios, o comandante de outro avião que sobrevoava a pista deu um rasante, obrigando todos a sair em disparada.
O acidente - Ao ser avisado do problema enfrentado por essa outra aeronave, o quartel-general da 1ª Zona Aérea, em Belém do Pará, convocou uma tropa armada de 23 militares, além de um índio aculturado. O grupo tinha a missão de chegar ao local o mais rápido possível. Embarcou no avião C-47 2068, enviado às pressas, à noite e com um instrumento de orientação quebrado. Apesar do evidente perigo, o comando ordenou que o avião 2068 prosseguisse viagem à noite, no meio do nada e com o sistema de orientação comprometido. A nave acabou se perdendo sobre a floresta e caiu (foto). O saldo da foi a morte de 20 pessoas e cinco sobreviventes.

sábado, julho 06, 2013

---FS---TESTE PARA VIAJANTES...

Adivinhe a que companhia aérea pertence esta aeronave?

Pois é, encontramos esta matéria no blog Putz CRI, sem maiores detalhes, apenas  ressaltando alguns comentários de seus leitores, mas sem nenhum detalhe importante.
 ACREDITE! Na verdade, o avião que você acaba de ver, na realidade é este ônibus. E que ônibus!!! Ele pertence a uma companhia do estado de Santa Catarina, cujo nome é , YOUSSEFTOUR que realiza percursos entre  cidade do estado .                                                                                  Infelizmente, não obtivemos mais detalhes junto a citada empresa.

quinta-feira, julho 04, 2013

Coragem ou esperteza....

Qual é o segredo dos encantadores de serpente?
(Um flautista malandro, ganha a vida, ao "encantar" com sua música uma serpente Naja)
Não se trata de nenhuma magia musical e sim de esperteza. Todas as cobras - inclusive a Naja, a mais usada para esse tipo de apresentação - são praticamente surdas. O som da flauta, portanto, não tem nada a ver com a história. Quando o encantador abre o cesto onde está a serpente, ela se levanta naturalmente, pois faz parte de seu comportamento instintivo manter parte do corpo ereta. O que desperta a curiosidade do animal é o movimento que o encantador faz com a flauta. "Se ele executar o mesmo movimento com a mão ou com o braço, a cobra ficará interessada do mesmo jeito", afirma o biólogo Giuseppe Puorto, do Instituto Butantã de São Paulo. Outro truque pode ajudar no sucesso da apresentação. "Alguns especialistas contam que os encantadores também passam urina de rato na ponta da flauta, o que atiça o faro da naja e ajuda manter sua atenção fixa no instrumento."
Encantadores de serpentes estão em extinção na Índia
Na famosa aldeia de Vadinagar, na Índia, ter um par de serpentes era frequentemente um sinal de talento. Não é mais. Hoje, os homens que em um passado recente tiravam o sustento de encantar as cobras com suas flautas estão tendo que mudar de vida para sobreviver. Uma Lei rígida de Proteção da Vida Selvagem Indiana, os antigos encantadores não podem mais caçar as serpentes para utilizá-las em suas apresentações – o que está levando vários deles a atravessar dificuldades financeiras e a abandonar a profissão. Em respeito a essa tradição milenar, o encantador Karsan Nath, informa que o governo indiano está socorrendo as famílias em dificuldades.
Mesmo sendo uma prática de pura esperteza, há que se fazer justiça a esses homens que passaram a maior parte de suas vidas, ao lado das Naja, a cobra mais venenosas do mundo

quarta-feira, julho 03, 2013

Um patrimônio pouco confiável

Etna se tornou Patrimônio Mundial da Unesco
 O vulcão Etna expele lava durante erupção na Sicília, Itália, recentemente em abril deste ano 
O vulcão italiano Etna foi incluído no mês passado, na lista de Patrimônio Mundial da Unesco e definido como um dos vulcões "mais emblemáticos e ativos no mundo". em sua reunião anual em Phnom Penh, no Camboja.
O Etna é um dos mais importantes vulcões da Europa, com uma atividade conhecida há cerca de 2,7 mil anos, e tem "uma das histórias documentadas do vulcanismo mais longas do mundo".
"As crateras do cume, os cones de cinzas, a lava, as grutas de lava e a depressão do Vale de Bove fazem do Etna um destino privilegiado para a pesquisa e para a instrução", escreveu a Unesco, ressaltando como "este continua a influenciar a vulcanologia, a geofísica e outras disciplinas da terra".
"A sua notoriedade, a sua importância científica e os seus valores culturais e pedagógicos são de relevância mundial", conclui o informe.
A região classificada pela Unesco como patrimônio mundial faz parte do Parque Etna, na Sicília, criado em 1987.

segunda-feira, julho 01, 2013

Drones: Um desfio a ética

QUAL O PODER DESSES "AERO-MODELOS"?
A ideia pode ter se originado dos aero-modelos, mas os drones - como os americanos os chamam são aeronaves  também pilotadas,  por controle remoto - mas sem  tem nenhum espírito esportivo. Na verdade são uma poderosa arma letal, com um inconveniente: Um desafio à ética. 

Há mais de um século os militares procuram um avião que, controlado remotamente, possa espionar as áreas inimigas e, de preferência atacá-las. A busca começou na I Guerra Mundial, chegou os campos de batalha na Guerra Mundial, tomou impulso durante a Guerra Fria e atingiu um certo apogeu quando Israel inventou uma versão moderna de aviões não tripulados  durante os conflitos com o Líbano na década de 80. Até então os aviões eram usados em missões de reconhecimento. Os americanos, com seu olho de águia para a tecnologia , inspiraram-se no sucesso israelense e criaram seu próprio avião de controle remoto--o Predador, que entrou em operação em 1995. Com nova tecnologia a história dos drones começou a mudar em 12 de setembro de 2001 dia seguinte aos devastadores atentados a Nova York e Washington, os EUA despacharam três aviões controlados remotamente para o Afeganistão. A partir dai deixaram de ser apenas espiãs e com tecnologia modernas passaram  carregar armas: explosivos, bombas, mísseis. O drone (zangão em inglês) começou a mudar o curso dos conflitos. Em 2009, ao falar da eficácia dos drones, Leon Panetta, então diretor da CIA afirmou: "Falando francamente, não tem nada igual. è mortal mesmo!".
s drones americanos, em geral são pilotados por dois militares, que ficam numa base em território americano. Um pilota o avião. O outro comanda sensores e câmeras. Características dos drones: Voam autonomamente, seguindo o plano preestabelecido; Filmam tudo;  Não oferece risco à vida do piloto; Podem voar 20 mil metros de altura; Carregam toneladas de explosivos, Fazem voos transoceânicos; Permanecer no ar por horas, dias e semanas. O presidente Obama, já utilizou os drones em missões na Somália, Iêmen e Paquistão. Neste último, matou 1.100 pessoas: 900 civis e 200 crianças. E a ética?   
/* Atualizacao do Google Analytics em 25 de Outubro 2009 */