/* Excluido depois do Upgrade do Google em 25 de Outubro de 2009 Fim da exclusao */

sábado, dezembro 27, 2014

---FS---Revelações da Natureza"

Surpresas que uma cobra pode revelar

Cobras são animais assustadores para a maioria. Mas saiba que são os mais queridos animais na Índia, China e pelos pesquisadores de répteis? Elas são misteriosas e pouco se sabe sobre elas. Isto porque,  ainda não se conhecem todas as espécies do mundo. Ao menos duas novas espécies de cobras são descobertas por ano e seus hábitos ainda são desconhecidos. Algumas coisas estranhas que as cobras podem fazer: (1) - Comer seus filhotes – elas não são canibais por essência, mas podem ser. Se não há alimento, as cobras buscam fonte nutricional o mais perto possível, por isso podem comer seus filhotes logo após o parto. (2) - Também costumam comer outras cobras após uma batalha pela sobrevivência, mas na maior parte das vezes porque estão sem comida. Chegam a pular mais de dois metros de altura. As espécies que fazem isso, são chamadas de cobras voadoras, mas é apenas seu corpo se adaptando para grandes saltos pela necessidade de ataque. Elas fazem isso, para ferir espécies maiores, mas sempre pela sua sobrevivência. Elas pulam de galho em galho através das copas das árvores sem precisar descer até o piso e trocar de casa. Cobras que fazem isso, possuem mais chances de sobrevivência porque são melhores caçadoras. (3) - Incrível: Podem gerar filhotes sem macho - esta descoberta foi recente. Uma cobra em cativeiro nos EUA gerou filhotes sem qualquer presença de macho da sua espécie.  (4) - Alguns animais já podem fazer isso, como os anfíbios, mas com as cobras é algo novo. Isso é uma prova de que a espécie poderia sobreviver e continuar na terra na pior das catástrofes. (5) - Camuflar-se em pedras - Algumas cobras têm nas suas escamas cores de terra e de plantas, e isso as torna quase invisíveis para humanos e outros animais. Sua pele se adaptou ao ambiente e por isso conseguem se esconder muito bem, aumentando suas chances de sobrevivência no mundo selvagem.     

sexta-feira, dezembro 26, 2014

"Mundo decadente"

A EXTINÇÃO DE ANIMAIS
Em todo o mundo, 41% dos animais anfíbios, 26% dos mamíferos e 13% dos pássaros estão ameaçados de extinção. Os números publicados na revista Nature, revelam que as taxas de extinção das espécies podem chegar a 0,7% ao ano, uma porcentagem 100 vezes maior que a registrada antes da era moderna. "Esse processo tem consequências para nós. Ele pode estar por trás de epidemias, por exemplo. Mas não estamos falando de extinções-relâmpago, ou seja, podemos agir para mudar essa história", diz o pesquisador português  Henrique Miguel Pereira , autoridade mundial no tema. Segundo a publicação, cientistas explicam como as taxas se tornaram tão críticas e as maneiras de reverter o cenário.     
Matéria enviada pelo nosso colaborador Bruno Antonio, de (Houston-TX)

quarta-feira, dezembro 24, 2014

"O ÙLTIMO NATAL"


Nossa HOMENAGEM a estes TRÊS IRMÃOS  
Estas três crianças brincavam perto de uma cerca eletrificada, quando morreram por culpa de alguém que deixou um fio desencapado
No dia 5 de novembro, há 55 dias deste Natal. Estes três irmãos: Igor Medeiros, de 4, Schaiani, 14, e Vinícius, de 6 anos; estavam brincando animadamente quando por um detalhe, acabaram perdendo suas vidas da forma cruel, fria e irresponsável de algum adulto: Os três morreram eletrocutados numa cerca divisória existente no terreno da casa em que moravam em Petrolândia, na região do Vale do Itajaí (SC). Para eles, únicos filhos de um casal, toda a esperança de um novo Natal, acabou se desvanecendo. Com a morte dos três, toda a alegria, esperança e os trajes natalinos,  ficaram reduzidas nesta foto, Todo esse sonho acabou em poucos minutos. Para os que os amavam, só restou a alegria do último Natal de 2013.
Eles estavam nas proximidades da casa da família, quando encostaram em uma cerca eletrificada por um fio desencapado, segundo informações do 3º Pelotão de Bombeiro Militar de Ituporanga, A principal hipótese é de que o irmão mais novo, Igor, de 4, tenha ido buscar uma bola perto da cerca e acabou se encostando nela; Vinícius, de 6, teria tentado socorrê-lo, mas também foi eletrocutado. O mesmo teria ocorrido com a irmã mais velha, Schaiani, 14 anos. Um final muito triste: Os três morreram no local, a cerca de 20 metros de onde o fio desencapado estava.
NOSSO COMENTÁRIO: Nunca fui rico mas nunca me senti infeliz por isso. Mesmo tendo uma vida simples, sempre tive uma modesta ceia preparada pela minha mãe. Mesmo assim, nunca considerei o Natal uma festa alegre e descontraída. Mesmo recebendo alguns presentinhos em minha casa na periferia de São Paulo, nunca deixei de esquecer, na hora da troca de abraços, das crianças  menos afortunadas. Observo desde menino que o lucro fácil,  foi buscar um Papai Noel na distante Lapônia, para tomar o espaço da figura que deveria ser a principal da festa: o MENINO JESUS, (quase sempre esquecido). A maioria das crianças de hoje, ao invés, de serem ensinadas a pensar em Deus, são educadas para esperarem  ansiosas a chegada da meia noite, não para orarem, para quem deveria ser homenageado. Com (exceções), a maioria espera a meia-noite, para saber o que o Papai Noel lhes trouxe de presente. Nos lares mais abastados, o que se vê é um puro mercado de trocas de presentes. O Natal é uma festa na qual as crianças já são induzidas pela mmaioria dos pais a conhecerem primeira  a mentira. Mas Jesus, acaba ficando esquecido, certamente só vai encontrar espaço ao lado dos desvalidos que dormem com a barriga roncando e sem uma roupa nova para vestir. O Natal, infelizmente, se transformou numa festa burguesa e preconceituosa, na qual, a maioria das pessoas, só pensa em roupas bonitas, beber e comer muito do bom e do melhor, só preocupadas com suas silhuetas. Por outro lado, os pobres já não tem esse problema: ou comem o trivial, muitos nem isso, ou tomam um copo de água e vão dormir. Pelo menos, não precisam se preocupar nem com a silhueta e nem com a ressaca do dia seguinte. Desde criança o Natal para mim, sempre foi uma festa triste e de pura ostentação. Mesmo sendo pobre, sem inveja, sem frustração  e feliz, (apesar do Natal me deprimir!). Quem tem um modesto blog, como eu, ou quem tem um espaço mais abrangente para se comunicar, geralmente coloca o Natal como um dia de muita felicidade, anexando um prospero e venturoso Ano Novo. Com muita tristeza no coração, este blog, oferece  seu modesto espaço, para homenagear estes três irmãos: IGOR, SCHAIANI e VINICIUS, na foto, com as roupas do último Natal de 2013. infelizmente, o último Natal de suas vidas: HOJE, CERTAMENTE, ESTAS TRÊS ESTRELINHAS CINTILANTES, ESTARÃO ORNAMENTANDO O CÉU DO NOSSO NATAL!  
                                                                                                                                    

terça-feira, dezembro 23, 2014

Meteorologia, preocupação constante"

OS EFEITOS DO EL NIÑO NO MUNDO
Fonte: Curso Objetivo
El Niño é o maior fenômeno climático global: de tempos em tempos, uma enorme quantidade de água do Oceano Pacífico Equatorial se aquece, mudando o regime dos ventos alísios.

Esta onda de calor no mar chama-se El Niño — O Menino — porque aparece normalmente na época do Natal. O El Niño de 1982 foi um dos piores e coincidiu com vastas mudanças na circulação global da atmosfera. Formaram-se tempestades torrenciais em zonas do Equador, do Brasil e do Peru. Nos EUA, houve enormes tempestades e chuvas ao longo da costa da Califórnia, causando enormes prejuízos.

Por outro lado, El Niño também trouxe secas e fome na Indonésia, Índia, Austrália e outros.

El Niño aparece a intervalos irregulares, às vezes de dois em dois anos, às vezes de dez em dez anos. Vários cientistas acreditam que a interferência humana na atmosfera tem culpa nessa alteração. Outra teoria, recentemente anunciada, afirma que o aquecimento das águas do Pacífico é causado pelo calor do magma vulcânico liberado no fundo desse oceano.

O Peru, tradicional país pesqueiro, sofre com a ação de El Niño. Junto ao Peru, a água do mar é normalmente fria e cheia de fitoplâncton, o que favorece a concentração de cardumes. Mas a presença de El Niño afasta os cardumes, provocando grandes problemas para a indústria pesqueira. A temperatura da água eleva-se, tendo alcançado 8°C acima do normal na década de 80. El Niño vem ocorrendo todos os anos desde 1990, o que é inédito, pelo menos neste século.

As principais consequências de El Niño hoje são: a alteração da vida marinha na costa oeste dos EUA e do Canadá e no litoral do Peru; o aumento de chuvas no sul da América do Sul e sudeste dos EUA; secas no Nordeste brasileiro, centro da África, Sudeste Asiático e América Central e tempestades tropicais no centro do Pacífico.

segunda-feira, dezembro 22, 2014

"Cobras gigantes..."

As maiores do mundo...                                                                  Está enganado quem pensa que a maior cobra do mundo é a “nossa” Sucuri, sim, ela está entre as maiores, mas existem outras ainda maiores que ela.  Falando de tamanho nenhuma se compara a Python, encontrada nas florestas úmidas da          Indonésia, espécimes como esta não são tão comuns.                                                                       Extraído do excelente  blog: "Cobras"

Está enganado quem pensa que a maior cobra do mundo é a “nossa” Sucuri.  Sim, ela está entre as maiores, mas existem outras que são ainda maiores que ela.  Falando de tamanho, nenhuma se compara a Python (foto), encontrada nas florestas úmidas da Indonésia, espécimes como esta não são tão comuns. Este exemplar da cobra (python), por exemplo, encontra-se em um parque de diversões da Indonésia. O réptil se alimenta de pequenos mamíferos, incluindo pequenos cachorros. Isso mesmo, cachorros que os criadores lhe ofertam. Este exemplar tem 87 cm de diâmetro, e pesa  447 quilos, e quase 15 metros de comprimento, ela é registrada no Guinness Book, “o livro dos recordes” superando sua compatriota.

Estas serpentes gigantescas exercem fascínio sobre vários pesquisadores e caçadores, todos querem encontrar alguma cobra que tenha 40 metros, uma verdadeira Anaconda. A Amazônia é um grande atrativo para estas pessoas, grupos de pesquisadores vêm ao Brasil atrás da Sucuri a maior cobra das Américas, uma excelente nadadora, ela pode engolir animais de médio porte, como jacarés, mas em sua alimentação também tem galinhas, porcos, tartarugas e capivaras. Ela é extremamente agressiva, e em uma gestação gera, de 14 a 87 filhotes, que nascem com 60 centímetros. Também muito conhecida no Brasil, a Jiboia,não chega a ter o mesmo tamanho de uma Sucuri ou uma Python, mas é considerada também uma das maiores dos mundo. Ela é encontrada desde a América Central, vindo da Costa Rica, ate onde ficava a Mata Atlântica. Não nada tão bem quanto a sucuri, mas é uma excelente caçadora, gosta de animais de pequeno e médio porte e costuma se alimentar poucas vezes durante um grande período de tempo.
/* Atualizacao do Google Analytics em 25 de Outubro 2009 */