/* Excluido depois do Upgrade do Google em 25 de Outubro de 2009 Fim da exclusao */

segunda-feira, fevereiro 29, 2016

AR-DIÁRIO: 'O PARAÍSO A 200 Km DE S.PAULO'

ILHABELA: A CAPITAL DA VELA
Localizada a apenas 210 quilômetros da capital paulista e a 350 quilômetros da cidade do Rio de Janeiro, Ilhabela é considerada a Capital da Vela, um dos esportes mais premiados pelo Brasil. Todos os anos, em julho, a cidade sedia a Semana da Vela, a maior competição da América Latina. Em Ilhabela, o vento sopra a favor o ano inteiro e é tão importante quanto o sol. A natureza de Ilhabela é exuberante. O lugar é composto por 39 praias - dentre elas a de Castelhanos, reconhecida pelos visitantes como uma das dez mais bonitas do País -, além de 365 cachoeiras com águas límpidas e cristalinas. Neste contexto também se destaca o Parque Estadual da Serra do Mar. Dos quase 300 quilômetros quadrados de área protegida por lei que faz de Ilhabela o maior arquipélago oceânico brasileiro, ao menos 85% é do Parque, considerado pela Unesco (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura), Reserva Mundial da Biosfera.
Vista aérea de Ilhabela
O ambiente não poderia ser mais propício ao ecoturismo, com a prática de trilhas, cavalgada, bike e rappel e também aos esportes náuticos, a exemplo da pesca esportiva e amadora, surf, mergulhos em naufrágios e vela. Este último, inclusive, faz com que a cidade seja conhecida internacionalmente como a "capital da vela" devido aos campeonatos promovidos na região.

sábado, fevereiro 27, 2016

AR---FS---:"UM CRIME CONTRA A NATUREZA"

O POR QUE DA CAÇA DAS BALEIAS?
Por que os japoneses pescam baleias se não comem essa carne? Se só 4% dos japoneses dizem comer carne de baleia de vez em quando. Em média, cada um ingere 23,7% gramas por ano. É o equivalente a uma fatia de presunto. Cerca de 75% do que é tirado por ano dos oceanos não encontra compradores e vai para o freezer. Motivo:           É QUE LÁ, COMO CÁ, a insistência do governo japonês em promover a pesca da baleias se deve principalmente ao lobby da indústria baleeira no CONGRESSO. Os parlamentares têm garantido a aprovação dos subsídios estatais de que o setor precisa para sobreviver. Em troca, recebem empregos bem remunerados em agências  e empresas quando se aposentam. A prática é conhecida como amakudari, ou "caído do céu", porque os ex-deputados ganham cargos nas empresas com se tivessem caído de paraquedas.    
    Isso parece  dirimir as DUVIDAS diante de tamanha crueldade

sexta-feira, fevereiro 26, 2016

AR-DIÁRIO- "O FUTURO INCERTO DO MUNDO!"

O AQUECIMENTO SOLAR

SE O AQUECIMENTO GLOBAL NÃO CESSAR, CONTINENTES PODERÃO DESAPARECER.
Mudanças dramáticas como as das fotos (à esq.) que comparam a geleira Grindewald em 1910 e atual,(feitas pela Sociedade de pesquisa ecológica)se medida drástica não for tomada até o final deste século, as geleiras irão desaparecer dos Alpes e de outras regiões do mundo. As consequências podem ser graves não apenas para a Suíça, mas também para o todo o planeta.
Dados preocupantes tem sido  revelados pelo Instituto de Ciências Espaciais da Nasa - nos EUA, através de estudo acurado, mostram que o clima esquentou 0,7 graus Celsius nos últimos 50 anos. Nesse rítmo, estima-se os termômetros mundiais irão sofrer um acréscimo médio de um grau em 2050. Há três milhões de anos, no período conhecido como Plioceno, o clima chegou a esquentar dois graus, fazendo as geleiras derreterem e elevando o nível do mar em 25 metros. Boa parte dos continentes submergiu. Os especialistas acreditam que esse fenômeno está prestes a se repetir devido ao aquecimento global. "A emissão de poluentes tóxicos na atmosfera é a grande responsável", diz James Hansen, climatologista responsável pelo estudo. Esses poluentes agridem a camada de ozônio que protege a Terra dos raios nocivos do Sol. Fotos de satélites comprovam o estrago. Sobre a Antártica, por exemplo, o buraco na camada de ozônio se espalha por 27,9 milhões de quilômetros quadrados. Ali, o Sol incide com toda força e já provocou o derretimento de uma área equivalente a duas vezes a extensão territorial da Austrália. No Polo Ártico, 8% das geleiras viraram água.O degelo libera no ar bilhões de toneladas de gás metano, aprisionado nos blocos de gelo, que, soltos na atmosfera, destroem ainda mais a camada de ozônio. É por isso que o clima não para de esquentar
.

quinta-feira, fevereiro 25, 2016

AR-DIÁRIO: "FENÔMENOS DA NATUREZA"

Na ÍNDIA, duas ilhas desaparecem e outra aparece na GROENLÂNDIA
      Fonte: "Ciência Hoje"
Cientistas da Universidade Jadavpur, localizada em Calcutá, na Índia, anunciaram o desaparecimento de duas ilhas situadas em seu país. Uma delas, Lohachara (foto), foi lar de mais de 10.000 pessoas no passado. Hoje, está submersa, assim como Suparibhanga, uma ilha próxima, que era desabitada. A descoberta, feita por meio de imagens de satélite, ganhou as páginas dos principais jornais brasileiros. Embora a maior parte da imprensa tenha atribuído o sumiço dessas porções de terra à elevação do nível dos oceanos, é mais provável que o seu desaparecimento esteja relacionado a alterações no clima do planeta, que têm ocorrido nas últimas décadas e contribuem, por exemplo, para um aquecimento anormal dos oceanos. Isso afeta a atmosfera, permitindo a formação de ciclones e ventos fortes que, por sua vez, propiciam a formação de grandes ondas de tempestades, que são capazes de provocar a erosão de praias e até de ilhas – processo que pode causar o seu desaparecimento em longo prazo. Porém, se as mudanças climáticas globais contribuíram para o desaparecimento das duas ilhas indianas.
O mundo ganhou uma nova ilha, que atende pelo nome de Uunartoq Qeqertaq (fotos). O nome significa “Ilha do Aquecimento” em inuíte, a língua dos esquimós, e pela primeira vez foi mapeada e catalogada em um atlas, o The Times Comprehensive Atlas of the World, que teve nova edição lançada nesta quinta-feira (15). que elas também estão ligadas ao surgimento de uma nova ilha no planeta. Em abril de 2007, um centro de pesquisas dos (EUA) confirmou, por meio de imagens de satélites, essa descoberta, feita por um explorador americano. Localizada na costa leste da Groenlândia, a nova ilha era considerada a ponta de uma península.  
Uma grande geleira que a ligava ao continente derreteu deixando essa porção de terra (fotos), cercada apenas pelas águas do oceano Ártico, sem conexão com o continente. Por isso, a ilha acabou sendo batizada como Ilha do Aquecimento. Embora seja sempre um fato curioso, é comum ilhas surgirem e  desaparecerem.
                         

quarta-feira, fevereiro 24, 2016

AR-DIÁRIO; "SOLUÇÃO PARA O NOSSO TRÃNSITO?"

Este minúsculo automóvel que foi produzido em meados dos anos 60, foi considerado o menor modelo do mundo (e certamente é um dos mais feios), e custava na época apenas 199 libras, que corresponde atualmente a cerca de R$ 530,00. Com medidas de apenas 134 x 99 x 120 cm, este micro-carro foi desenvolvido para ser dirigido apenas na cidade, e comporta uma pessoa adulta (desde que seja magra e de estatura média) e um saco de compras!peel-p50-o-menor-carro-do-mundo-1 Para se ter uma ideia, o peso do Peel P50 é  de apenas 59 kg, sendo possível até de carregá-lo no braço, se quiser!O Peel P50 é um veículo de 3 rodas, e seu motor é de um DKW 499 cc de 4,2 cavalos, que consegue locomover o veículo em uma velocidade máxima de 61 km/h, com opção de 3 marchas de velocidades (e sem a ré). Já foi lançado também o modelo Peel Trident, (última foto) que tem um tamanho um pouco maior,  com um teto de vidro em forma de bolha, e transporta até 2 pessoas. Pouco espaço a bordo, mas quanto espaço nas ruas !

terça-feira, fevereiro 23, 2016

AR-DIÁRIO: "O MAIOR NAVIO DO MUNDO"

UM RARO FLAGRANTE NO CREPÚSCULO CARIBENHOEm recente viagem ao Caribe, nosso colaborador Lincoln Kirsten, de Dallas, Texas Lincoln, além de fotografar vários crepúsculos (um dos seus hobbys), surpreendeu-se quando do tombadilho do navio em que viajava, viu surgir uma grande sombra produzida pelo Queen Mary II, o maior navio de passageiros do mundo! 
O RMS Queen Mary-2 teve sua construção concluída em 2003, para ser o mais longo, mais largo e mais alto navio de passageiros já construido, pesando 148,528 toneladas. Atualmente é o maior navio do mundo em tonelagem em capacidade de passageiros. Superior em altura, largura e comprimento e também a largura da linha d'água não são superadas por qualquer outro navio de passageiros do Mundo.                                                 No desenho abaixo, o Queen, é comparado ao Titanic, Airbus 380, e outros veículos.
                                                                              Características do Queen: O navio tem 345 metros de comprimento. Colocado de pé, seria maior que a Torre Eiffel, com seus 324m; Pesa 150 mil toneladas, ou seja 3 vezes  o peso do Titanic: 46 mil; Conta com 17 convés, totalizando 61 metros de altura, o equivalente a um prédio de vinte andares; Existem 10 restaurantes a bordo, que servem 1,5 milhão de bebidas por ano e 28 toneladas de lagosta; O transatlântico tem casino, teatro para 1.100 lugares e até um planetário, (o único do gênero em alto mar); São 1310 cabines. e 2 mil WCs; A capacidade total é de 2.620 passageiros, número de tripulantes:1450.
O navio conta com 30 mil pontos de luz e consome energia suficiente para alimentar metade da cidade de Southampton, onde se localizam seus estaleiros; Foram usados 2.500 km de cabos elétricos em seu interior; E ainda 500 km de tubos e canalizações; Possui: 8.000 telefones; 5.000 degraus de escada; 1.100 portas contra incêndio; 8.350 extintores automáticos; 33 elevadores; 5 piscinas e 14 bares.

segunda-feira, fevereiro 22, 2016

AR-DIÁRIO: "AVANÇO TECNOLÓGICO"

STEALTH, O AVIÃO INVISÍVEL
Aeronaves Stealth (nas duas fotos), são aquelas que possuem um RCCR (Radar Cross Section) baixíssimo. Tal aerovave é capaz de fazer essa proeza refletindo Ondas eletromagnéticas ou as absorvendo. O Stealth não quer dizer necessariamente que a aeronave não será mais detectada pelo radar. As aeronaves continuam sendo detectadas, mas agora com o RCS muito baixo. Dependendo do poder do radar as aeronaves stealth seriam detectadas, mas seriam confundidas com pequenos animais voadores que apresentam um RCS de uma águia, por exemplo. Em conjunto de táticas de voo, com a capacidade furtiva das aeronaves, um piloto de um avião Stealth é virtualmente invisível.
     BaixasFrequênciasde Radar. - Recentemente um artigo da revista Aviation Week & Space Technology revelou que na Operação  Tempestade no deserto, os americanos haviam montado um centro de pesquisa e desenvolvimento para detecção de aeronaves. Esse grupo estaria utilizando baixas frequências de radar, e que afirmaram ter detectados com dificuldades aeronaves Stealth, mesmo que de forma bastante limitada. "Nada é invisível ao radar de frequência abaixo de 2GHz", afirma o diretor executivo da revista. Apesar da possível detecção, o tamanho das ondas detectadas se comparam com a de um pardal, sendo impossível afirmar que realmente o objeto detectado seria um avião militar.

sábado, fevereiro 20, 2016

---FS---"TURBULÊNCIA NO AR"

 A-380 O GIGANTE DOS ARESHá nove anos este  gigante ganhava os céus
Em 2007 a Airbus, entregou em Touluse-França, este primeiro exemplar do A380, o maior avião de passageiros da história. Um privilégio que coube  a Singapure Airlines, que naquele mesmo ano, no dia 25 de outubro passou a operar a rota Singapura/Sidney, com 455 passageiros.Características principais da Aeronave: Primeiro vôo experimental: 27 de abril de 2005; capacidade : De 555 a 845 passageiros; Comprimento: 72 metros; Envergadura: 80 metros; altura: 24 metros; velocidade 953 km/h; altura máxima de vôo: 15.000 mil metros; Custo unitário: 250 milhões de euros.
TECNOLOGIA FOI VENCIDA PELOS "UIS" E "AIS" 
Após os seus primeiros vôos a Singapura Airlines, foi obrigada a baixar uma determinação inusitada, muito comum em edifícios, ou seja, proibir os usuários de suas 12 suítes de luxo de manter relações sexuais durante os vôos, para não perturbar a tripulação e o resto dos passageiros, inclusive crianças. Em comunicado publicado pela imprensa de Cingapura ainda em 2007, foi explicado que a medida estava afeta especialmente as 12 suítes, equipadas com uma cama de casal, monitores de televisão de tela plana, uma mesa de escritório e poltrona reclinável. Pela minimização do ruído na cabine dos passageiros, essas 12 cabines especiais não são totalmente isoladas, dai que a atividade sexual poderia perturbar ou incomodar tripulantes e passageiros e causar problemas durante as turbulências aéreas. Do avião ou do casal?

sexta-feira, fevereiro 19, 2016

AR"-DIÁRIO: "NASA X AQUECIMENTO"

Novo estudo da Nasa propõe combate as emissões de gás metano e fuligem no ambiente
Um novo estudo produzido pela Nasa, revela que a adoção de medidas para combater a emissão do gás metano e a poluição por fuligem pode reduzir de forma mais eficiente a temperatura global. Segundo os cálculos da agência espacial norte-americana, tais ações poderiam reduzir o aquecimento global de 2,2ºC para 1,7ºC em 2050.
O pesquisador Hilton Silveira Pinto, professor do Centro de Pesquisas Meteorológicas e Climáticas Aplicadas à Agricultura (Cepagri), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), explica que são três os principais gases do efeito estufa: dióxido de carbono, óxido nitroso e o metano. “O CO2 (gás carbônico) é o menos agressivo, mas é o que mais existe. O metano polui 30 vezes mais que o CO2 e o óxido nitroso polui 300 vezes mais que o dióxido de carbono”, acrescenta.
Silveira Pinto conta que o dióxido de carbono é o gás que mais aumenta em função das queimadas e da queima de combustível fóssil. “O metano também é gerado de uma maneira bastante comum, nas pastagens. O estômago do gado gera metano, a cultura de arroz irrigável também”, diz. Segundo eles, os gases emitidos pelo gado contribuem para agravar o problema. No caso das culturas inundadas, a fermentação produz o metano.
Os cientistas sugeriram a adoção de 14 medidas que não só combateriam a mudança climática como evitariam a ocorrência de doenças respiratórias e aumentariam a produtividade agrícola.
Um dos autores do estudo, Drew Shindell, do Instituto Goddard da Nasa, disse que a maior parte dos países que tendem a se beneficiar com as medidas são também grandes emissores de fuligem e metano. Segundo ele, a política não requer um acordo internacional e o combate se daria por meio de ações locais. “No caso do combate a essas outras substâncias, temos mais chance de progresso se ele for implementado por ações locais”, afirmou o cientista.

quinta-feira, fevereiro 18, 2016

AR-DIÁRIO- "ACIDENTES AÉREOS"

MAIOR MISTÉRIO DA AVIAÇÃO JÁ DURA 37 ANOS
(Uma das últimas fotos do PP-VLU, no aeroporto de Viracopos-Campinas, em 1978)
Em 1979,  o Boeing 707-323C prefixo PP-VLU, operado pela ex-companhia aérea brasileira Varig, acabou se transformado no único acidente aéreo da história da aviação, que até hoje não deixou o menor vestígio.O avião cargueiro levantou voo do Aeroporto Internacional de Narita, em Tóquio (Japão), às 20h23 do dia 30 de janeiro de 1979. O destino final era o Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro (Galeão, com escala nos EUA.
Vinte e dois minutos depois de decolagem, o comandante Gilberto Araújo da Silva, (foto) fez o primeiro contato com a torre de controle. Não havia qualquer problema a bordo. O segundo contato, previsto para as 21h23, não chegou a ser feito.
O avião desapareceu sobre o Oceano Pacífico, cerca de trinta minutos após a decolagem em Tóquio. Nenhum sinal da queda (destroços ou corpos) até hoje foi encontrado. O voo de carga transportava, entre outros itens, 153 quadros do pintor Manabu Mabe, que voltavam de uma exposição no Japão. As pinturas foram avaliadas na época em mais de US$ 1,24 milhão. Esse "acidente" é sempre relembrado, por ser considerado, o maior mistério da história da aviação mundial até o presente momento, até hoje decorridos 37 anos. No relatório final sobre o acidente, consta o seguinte: "Não foi possível encontrar nenhum indício que lançasse qualquer luz sobre as causas do desaparecimento da aeronave".
   

Teorias da Conspiração:
1a.- Teria ocorrido um sequestro promovido por colecionadores de arte, já que no porão estavam as obras do pintor Manabu Mabe. No entanto, essas pinturas jamais foram achadas em lugar nenhum; 2a.- O Boeing teria sido abatido por soviéticos, interessados em esconder segredos de um caça Mikoyan-Gurevich MiG-25 que supostamente estaria desmontado e sendo levado aos Estados Unidos. O ex-procurador-geral e ex-piloto da Força Aérea Brasileira (FAB) Oswaldo Profeta chegou a escrever um romance chamado "O mistério do 707" para dizer o que houve não foi um acidente. Ele acredita que o Boeing pode ter, por algum motivo, penetrado no espaço aéreo soviético, em uma área super vigiada. Segundo Profeta, é possível que o avião tenha sido abatido; 3a. - Outra teoria conta que o Boeing 707 teria sido forçado a um pouso na costa da Rússia, onde os tripulantes teriam sido mortos; 4a.- Outra teoria afirma que um OVNI teria derrubado o avião, 5a.- A hipótese mais aceita, fala em problemas técnicos, como uma despressurização inesperada e um mergulho no mar. Ironia: Após sobreviver a um acidente ocorrido em 11 de julho de  1973, quando pilotava um outro Boeing-707 da Varig que se incendiou ao se aproximar do pouso no aeroporto de Orly (França) matando 130 passageiros. O comandante era Gilberto Araújo da Silva que sobreviveu àquele acidente, seis anos depois, quando comandava o cargueiro, um Boeing-707, da Varig, o PP-VLU, Gilberto, seria protagonista do mais enigmático acidente da história da aviação mundial. Como explicar esse mistério?    

 

  

quarta-feira, fevereiro 17, 2016

AR-DIÁRIO- "VENENOS DEVASTADORES"

A MAIS VENENOSA DO MUNDO E A DO BRASIL
11 mai 2011 Qual é a cobra mais venenosa do mundo? E do Brasil? A campeã mundial é a taipan do interior (Oxyuranus microlepidotus), uma serpente que praticamente só pode ser encontrada na Austrália. Ela é tão perigosa que uma só picada contém veneno suficiente para matar mais de 100 pessoas ou 250 mil camundongos! Em nosso país, o ranking das peçonhentas é liderado pela coral-verdadeira (Micrurus sp.), uma parente distante da taipan. "Ambas pertencem à família Elapidae, que conta com 240 espécies altamente venenosas em todo o planeta, exceto na Europa", diz o biólogo Otávio Marques, do Instituto Butantan, em São Paulo. Estima-se que, todos os anos, ocorram de um a como fazer um blog dois milhões de acidentes envolvendo seres humanos e cobras (venenosas e não-venenosas), dos quais cerca de 50 mil resultam em morte. As cobras venenosas são divididas em três categorias, conforme a ação do seu veneno. "O primeiro grupo é o das cobras cujo veneno age no sistema nervoso periférico, causando parada respiratória - é o caso da taipan e da coral. Já as víboras inoculam substâncias tóxicas que provocam distúrbios na coagulação do sangue, hemorragias e necrose local. As serpentes marinhas, por fim, liberam um tipo de veneno chamado miotóxico, que causa destruição das fibras musculares e insuficiência renal aguda", afirma Fátima Viveiros, também bióloga do Instituto Butantan.Qual é a cobra mai venenosa do mundo? e do Brasil?                                                                              A campeã mundial é a taipan, nome científico (Oxyuranus microlepidotus), é uma serpente que praticamente só é encontrada na Austrália.
A campeã mundial é a Taipan, nome científico: (Oxyuranus microlepidotus), uma serpente que praticamente só pode ser encontrada na Austrália. Ela é tão perigosa que uma só picada contém veneno suficiente para matar mais de 100 pessoas ou 250 mil camundongos! 
11 mai 2011 Qual é a cobra mais venenosa do mundo? E do Brasil? A campeã mundial é a taipan do interior (Oxyuranus microlepidotus), uma serpente que praticamente só pode ser encontrada na Austrália. Ela é tão perigosa que uma só picada contém veneno suficiente para matar mais de 100 pessoas ou 250 mil camundongos! Em nosso país, o ranking das peçonhentas é liderado pela coral-verdadeira (Micrurus sp.), uma parente distante da taipan. "Ambas pertencem à família Elapidae, que conta com 240 espécies altamente venenosas em todo o planeta, exceto na Europa", diz o biólogo Otávio Marques, do Instituto Butantan, em São Paulo. Estima-se que, todos os anos, ocorram de um a como fazer um blog dois milhões de acidentes envolvendo seres humanos e cobras (venenosas e não-venenosas), dos quais cerca de 50 mil resultam em morte. As cobras venenosas são divididas em três categorias, conforme a ação do seu veneno. "O primeiro grupo é o das cobras cujo veneno age no sistema nervoso periférico, causando parada respiratória - é o caso da taipan e da coral. Já as víboras inoculam substâncias tóxicas que provocam distúrbios na coagulação do sangue, hemorragias e necrose local. As serpentes marinhas, por fim, liberam um tipo de veneno chamado miotóxico, que causa destruição das fibras musculares e insuficiência renal aguda", afirma Fátima Viveiros, também bióloga do Instituto Butantan.
11 mai 2011 Qual é a cobra mais venenosa do mundo? E do Brasil? A campeã mundial é a taipan do interior (Oxyuranus microlepidotus), uma serpente que praticamente só pode ser encontrada na Austrália. Ela é tão perigosa que uma só picada contém veneno suficiente para matar mais de 100 pessoas ou 250 mil camundongos! Em nosso país, o ranking das peçonhentas é liderado pela coral-verdadeira (Micrurus sp.), uma parente distante da taipan. "Ambas pertencem à família Elapidae, que conta com 240 espécies altamente venenosas em todo o planeta, exceto na Europa", diz o biólogo Otávio Marques, do Instituto Butantan, em São Paulo. Estima-se que, todos os anos, ocorram de um a como fazer um blog dois milhões de acidentes envolvendo seres humanos e cobras (venenosas e não-venenosas), dos quais cerca de 50 mil resultam em morte. As cobras venenosas são divididas em três categorias, conforme a ação do seu veneno. "O primeiro grupo é o das cobras cujo veneno age no sistema nervoso periférico, causando parada respiratória - é o caso da taipan e da coral. Já as víboras inoculam substâncias tóxicas que provocam distúrbios na coagulação do sangue, hemorragias e necrose local. As serpentes marinhas, por fim, liberam um tipo de veneno chamado miotóxico, que causa destruição das fibras musculares e insuficiência renal aguda", afirma Fátima Viveiros, também bióloga do Instituto Butantan.
11 mai 2011 Qual é a cobra mais venenosa do mundo? E do Brasil? A campeã mundial é a taipan do interior (Oxyuranus microlepidotus), uma serpente que praticamente só pode ser encontrada na Austrália. Ela é tão perigosa que uma só picada contém veneno suficiente para matar mais de 100 pessoas ou 250 mil camundongos! Em nosso país, o ranking das peçonhentas é liderado pela coral-verdadeira (Micrurus sp.), uma parente distante da taipan. "Ambas pertencem à família Elapidae, que conta com 240 espécies altamente venenosas em todo o planeta, exceto na Europa", diz o biólogo Otávio Marques, do Instituto Butantan, em São Paulo. Estima-se que, todos os anos, ocorram de um a como fazer um blog dois milhões de acidentes envolvendo seres humanos e cobras (venenosas e não-venenosas), dos quais cerca de 50 mil resultam em morte. As cobras venenosas são divididas em três categorias, conforme a ação do seu veneno. "O primeiro grupo é o das cobras cujo veneno age no sistema nervoso periférico, causando parada respiratória - é o caso da taipan e da coral. Já as víboras inoculam substâncias tóxicas que provocam distúrbios na coagulação do sangue, hemorragias e necrose local. As serpentes marinhas, por fim, liberam um tipo de veneno chamado miotóxico, que causa destruição das fibras musculares e insuficiência renal aguda", afirma Fátima Viveiros, também bióloga do Instituto Butantan.
Qual é a cobra mais venenosa do mundo? E do Brasil? A campeã mundial é a taipan do interior (Oxyuranus microlepidotus), uma serpente que praticamente só pode ser encontrada na Austrália. Ela é tão perigosa que uma só picada contém veneno suficiente para matar mais de 100 pessoas ou 250 mil camundongos! Em nosso país, o ranking das peçonhentas é liderado pela coral-verdadeira (Micrurus sp.), uma parente distante da taipan. "Ambas pertencem à família Elapidae, que conta com 240 espécies altamente venenosas em todo o planeta, exceto na Europa", diz o biólogo Otávio Marques, do Instituto Butantan, em São Paulo. Estima-se que, todos os anos, ocorram de um a dois milhões de acidentes envolvendo seres humanos e cobras (venenosas e não-venenosas), dos quais cerca de 50 mil resultam em morte. As cobras venenosas são divididas em três categorias, conforme a ação do seu veneno. "O primeiro grupo é o das cobras cujo veneno age no sistema nervoso periférico, causando parada respiratória - é o caso da taipan e da coral. Já as víboras inoculam substâncias tóxicas que provocam distúrbios na coagulação do sangue, hemorragias e necrose local. As serpentes marinhas, por fim, liberam um tipo de veneno chamado miotóxico, que causa destruição das fibras musculares e insuficiência renal aguda", afirma Fátima Viveiros, também bióloga do Instituto Butantan.Google Adsense
Em nosso país, o ranking das peçonhentas é liderado pela Coral-verdadeira (Micrurus sp.), uma parente distante da Taipan. "Ambas pertencem à família Elapidae, que conta com 240 espécies altamente venenosas em todo o planeta, exceto na Europa", diz o biólogo Otávio Marques, do Instituto Butantã, em São Paulo. Estima-se que, todos os anos, ocorram de um a dois milhões de acidentes envolvendo seres humanos e cobras (venenosas e não-venenosas), dos quais cerca de 50 mil resultam em morte. As cobras venenosas são divididas em três categorias, conforme a ação do seu veneno.
"O primeiro grupo é o das cobras cujo veneno age no sistema nervoso periférico, causando parada respiratória - é o caso da Taipan e da coral. Já as víboras inoculam substâncias tóxicas que provocam distúrbios na coagulação do sangue, hemorragias e necrose local. As serpentes marinhas, por fim, liberam um tipo de veneno chamado mio-tóxico, que causa destruição das fibras musculares e insuficiência renal aguda", afirma Fátima Viveiros, também bióloga do Instituto Butantã.clique aqui
/* Atualizacao do Google Analytics em 25 de Outubro 2009 */