/* Excluido depois do Upgrade do Google em 25 de Outubro de 2009 Fim da exclusao */

quinta-feira, novembro 30, 2006

BLOGTUR - Estado doTexas, EUA

Quando você conhecer o Texas, vai mudar suas opções nos EUA.Este é o bonito centro da cidade de Dallas, uma cidade moderna que tem a 3ª população do estado (1,3 milhão de habitantes) e a 9ª dos Estados Unidos. Mesmo levando-se em consideração que os Estados Unidos são o mais importante país do mundo, por suas potencialidades, sabemos também, que o Estado do Texas (no mapa em vermelho), é um oásis dentro dessa grande nação. Se ele, ao invés de ser um dos 50 estados, fosse um país independente, a sua pujança economica o colocaria entre os nove países mais ricos do mundo!
Baseado em informações reais, vamos simular uma viagem ao Texas:
1º dia - Brasil/Dallas -Apresentação no aeroporto para o embarque com destino a Dallas.
2º dia - Dallas - Chegada e retirada de um veículo. Os apartamentos estarão disponíveis a partir das 16h. Você terá o restante do dia livre. Aproveite para visitar as ainúmeras atrações da cidade, inclusive o "Museu Johnn Kennedy", instalado num velho armazém de livros escolares, que foi totalmente reformado, e do qual, Lee Oswald disparou três tiros, dois dos quais, mataram o presidente.
3º dia - Dallas -Dia livre para passeios opcionais, visitando a cidade que oferece um incrível contaste entre o moderno e o antigo. Uma opotunidade para conhecer a cultura dos cowboys e montar no touro mecânico no Galley`s; Uma boa pedida é visitar os inúmeros parques e museus que a cidade oferece; o rancho Southfork, e divirtir-se nos distritos de entretenimento da cidade: o West Village; além é claro de esplorar a cidade e visitar o museu vertical "Dallas World Aquarium", com quase toda a fauna marinha do mundo.
4º dia - Dallas/Forth Worth -Saída pela manhã para explorar Forth Worth, cidade conhecida também como cowntown, onde os cowboys coexistem harmoniosamente com uma rica cena cultural. Aproveite para mergulhar nessa cultura e dançar ao som do velho oeste ou se aventurar no distrito histórico de Stockyards, que é uma fatia bem preservada do Oeste americano. Divirta-se também à noite nas boates country.
5º dia - Forth Worth/Austin -Saída pela manhã em direção a Austin, conhecida como a capital da música ao vivo. A cidade conta com mais de 150 locais que apresentam espetáculos de música ao vivo e vida noturna muito badalada. A cidade mistura jovialidade e a sofisticação universitária, muita música ao vivo, restaurantes de ótima qualidade e lojas excêntricas.
6º dia - Austin / San Antonio -Saída em direção a San Antonio, uma cidade que está repleta de herança da cultura espanhola, onde a cultura latina se mantém vibrante. A história da cidade está retratada principalmente no roteiro das missões estabelecidas por frades franciscanos. Sugerimos visita ao Álamo, El mercado, a Catedral de San Fernando, Palácio do Governo Espanhol, o Museu do Forte San Houston e ao Centro de Artes Culturais de Guadalupe. Os dois pontos turísticos na bela cidade de San Antonio: O "Sea World", com muitos entretenimentos, shows de golfinhos, baleias Orca, um monumental aquário ehaja perna para você acompanhar todo o programa, e para refrescar o cansaço nada mais convidativo para aproveitar a noite, do que para fazer um passeio nos alegres barcos (que oferecem jantar à luz de vela) pelo "Riverwalk" que serpenteia todo o centro da cidade, passando entre edifícios e sofisticados hotéis.
7º dia - San Antonio/Houston -Saída em direção a Houston, também conhecida como “Cidade Espacial dos Estados Unidos”. Houston é um importante centro cultural e esportivo com inúmeras opções de diversão. Sugerimos visita ao imperdível "Space Center Houston" onde é possível colocar um capacete e “participar” do programa espacial da NASA, visitando a réplica perfeita da cabine dos ônibus espaciais.
8º dia - Houston/Brasil - Aproveite a manhã para explorar um pouco mais esta dinâmica e atraente cidade. Os apartamentos ficam disponíveis até as 12h. Em horário apropriado, devolução do veículo e apresentação no aeroporto para embarque de retorno ao Brasil.
9º dia - Brasil - Chegada.
Para fazermos este roteiro, nos baseamos no pacote de uma Agência de Turismo de S.Paulo, trocando de muitas compras por lugares que por exigirem muito tempo, nunca são sugeridos. Quanto a esse pacote, que na verdade inclui seis pernoites em hotéis com café da manhã e dois em aviões. Os preços variam de acordo Além.dos.pernoites,.incluem.traslados.éreos.em.classe.econômica: S.Paulo/Dallas/Dallas/Houston/Houston/ S.Paulo, pela United. A tarifa mais baixa em apartamento duplo: Baixa estação: U$S 1.251,00. Final de ano: U$S 1.424,00. Adicionais - Locação de carro U$S 10,00 a diária.
Na verdade, o bom mesmo é fazer a viagem a nosso gosto. É mais trabalhoso e pode ficar mais caro, mas em compensação podemos conhecer os lugares mais importantes que as agências não incluem. Se você um dia desejar conhecer o Texas por sua conta e risco, informamos que todas as noites há um vôo direto da American para Dallas, com duração de 1o horas aproximadamente.

quarta-feira, novembro 29, 2006

SÈTIMA ARTE

Produzir filmes em Águas de Lindóia. Experiência ou loucura?

Quando cheguei a Àguas de Lindóia, em 1973, convidado pelo pefeito Adolfo Mantovani para dirigir o Departamento de Turismo, iniciei uma gestão bem sucedida que até hoje é lembrada pelas pessoas que conheceram o meu trabalho. Por conta da minha presença constante acabei virando uma espécie de referência na cidade. Como a cidade ainda era muito pequena, fiquei conhecendo Daniel Cobra. Sabedor que acabara de atuar em grandes emissoras da capital, convidou-me para narrar os seus filmetes de todos os eventos que aconteciam na cidade. Tudo era contratado por tempo de duração do filme. Igual a história daquele vendedor que só vendia fumo por minuto. Ou seja, quanto mais o greguês corria mais fumo levava. Ele trabalhava com uma câmera super 8, tocada à corda, e pra dar o tempo combinado, quando a prefeitura o contratava para filmar aqueles almoços oferecidos à autoridades, incluindo aqueles momentos sonolentos no decorrer de intermináveis almoços incluindo os discursos. A câmera sem censura, ia registrando grandes aberturas de boca e cochilos daqueles de balançar a cabeça. Eu queria cortar esses trechos, mas ele respondia negativamente até com certa agressividade. Se eu cortar, dizia não vair dar os 10 minutos e os caras não vão me pagar. Cansei de lhe dizer que essas cenas eram negativas para um figurão. Até que a minha implicância e o seu desejo de crescer na profissão foram acertando as coisas. Eu usava um microfone de mão e ia narrando de improviso a cada filme, enquanto o Daniel ia fazendo o fundo direto da sonata para o meu microfone. Mesmo sendo um leigo, sempre pautei minha vida pela lógica e aos poucos fui conseguindo deixar o Daniel mais flexível, e com isso ele foi se aprimorando, até encarar um convite da equipe médica do Hospital Vera Cruz de Campinas, comandada pelos doutores: Aristodemos Pinotti e Carlos Frazatto. A partir dai Daniel foi equipando seu estúdio e teve um grande progresso na carreira que amava. Esses médicos começaram a produzir filmes de caráter médico-científico, até que juntos, com o respaldo dessa grande equipe, fomos campeãoes mundiais com o filme "Broncoplastia" no "6º Encontro Internacional do Filme Científico" promovido pelo pela Secretaria de Ciência e Tecnologia da Guanabara.

Maravilhas do Brasil
Depois dessa conquista mundial, realizamos mais um importante trabalho com o objetivo de divulgar a riqueza do nosso turismo para as maiores autoridades mundiais ligadas ao assunto. Elaborei um roteiro que fazia justiça aos lugares mais bonitos do Brasil. Narrei o filme em português e a outra cópia foi narrada em inglês, em São Paulo. O filme recebeu o nome de “Maravilhas do Brasil”, e foi apresentado aos agentes de viagens, que participaram do Congresso Internacional de Turismo, promovido pela ASTA em 1975, na cidade do Rio de Janeiro. Foi a única vez que o nosso país promoveu tal evento. Entre as inúmeras imagens do Brasil, incluímos as nossas cidades históricas, o Sul , Salvador, Rio de Janeiro, São Paulo, Amazonas, Brasília, Rio Grande do Norte e Ceará, entre outras. Desse documentário, há dois lugares dos quais não consigo esquecer: a "Gruta de Maquiné", na terra natal do escritor Guimarães Rosa, em Cordisburgo (MG) e as "Cataratas do Iguaçu", na fronteira Brasil e Argentina. A foto da (dir.) foi feita por outro helicóptero, e mostra póximo a Gargante do Diabo, o helicóptero em que estavamos realizando o ponto culminante dessa filmagem.

domingo, novembro 26, 2006

SAÚDE - Acupuntura


Estudo diz que 461 doenças podem ser tratadas pela acupuntura


Pequim, A acupuntura chinesa pode tratar 461 doenças, a maioria delas relacionada ao sistema nervoso, segundo uma pesquisa realizada por especialistas do país oriental e publicada hoje pelo jornal oficial "China Daily". O doutor du Yuanhao, do Centro de Pesquisa de Acupuntura Chinesa de Tianjin, afirmou que a maioria das doenças nas quais esta prática é eficaz está relacionada com o sistema nervoso, o digestivo, o genitourinário, os músculos, os ossos e a pele. Concretamente, doenças como a apoplexia, a diarréia, a enterites, a demência e as brotoejas cutâneas podem ser tratadas pela acupuntura. Os pontos fundamentais desta prática se encontram na pele e por isso o tratamento pode ser eficaz em doenças musculares e dermatológicas, explica Yuanhao, de 43 anos." Além disso, por estes pontos transcorrem numerosas terminações nervosas, o que pode levar à cura de doenças do sistema nervoso e outras cujas funções são controladas pelos nervos", acrescentou. No entanto, a acupuntura não é eficaz contra todas as doenças, embora seja mais fácil de lidar em comparação com outros tratamentos, segundo o especialista. O responsável pelo estudo trabalha agora na classificação destas 461 doenças. "Vou criar três categorias: as que podem ser curadas apenas mediante a acupuntura, aquelas para as quais a acupuntura é o tratamento principal e as doenças nas quais a acupuntura pode ajudar". e consiste na inserção de agulhas metálicas na pele para aliviar a dor e tratar doenças. A acupuntura faz parte da medicina tradicional chinesa, uma prática que conta com dois mil anos de vida.

sábado, novembro 25, 2006

GRANDES NOMES DA MPB

E AGORA COM VOCÊS... UM TAL DE ROBERTO CARLOS...
Parece brincadeira, mas um caso semelhante aconteceu em 1964 quando Roberto Carlos era um simples cantor desconhecido. Saiba porque...
Como um simples desconhecido em 1964, pode alcançar rapidamente a fama e passar a freqüentar as capas das principais revistas da época como esta de inTerValo, onde também trabalhei de 66 a 1970.
Em 1964, estava fazendo locução de cabine quando se dirigiu à suíte da televisão Record, J.Nascimento, produtor do programa Ianny Jr., com a seguinte ordem: “Quando você acabar de ler esse bloco de comerciais, desça correndo para apresentar um cantor que está no Estúdio A”. Perguntei-lhe o nome do cantor e ele respondeu: “É um tal de Roberto Carlos. Você o conhece?”. Disse-lhe que já o conhecia de nome. Depois dos comerciais, desci para o estúdio e entrei em contato com o até então desconhecido Roberto Carlos, que estava acompanhado de sua secretária, Edir Silva, para acertamos detalhes da entrevista. Pouco tempo depois, o diretor de TV, Salvador Tredicce, fazia chegar este aviso no estúdio A: “Atenção Ianelli...no ar”. Comecei a apresentar o Roberto, que intercalou sua entrevista cantando duas músicas, uma delas: “Splish, Splash”.
À minha frente, via apenas mais um cantor como tantos outros! Roberto se apresentou com seu inseparável violão, cabelos mais curtos, bota, calça bege e camisa branca. Quem diria? Nem mesmo os futurólogos que se apresentam nos finais de cada ano, seriam capazes de prever. Pois eles só conseguem prever o óbvio. Era impossível acreditar, que em breve, aquele moço que estava diante de mim, acabaria se transformando no maior e mais popular cantor brasileiro de todos os tempos! Depois desse dia, em menos de um ano, Roberto estaria empolgando platéias com o seu primeiro sucesso “Calhambeque”, que passou a ser cantado em todo o Brasil, e em países de línguas latinas, transformando-o no Rei Roberto Carlos.
É dessa época também o sucesso avassalador de “Quero que vá tudo pro inferno”, que acabou irritando religiosos radicais. Para amenizar, em seguida, Roberto compôs “Eu te darei o céu”.
Em setembro de 1965, na mesma TV Record, Roberto Carlos já iniciava o seu vitorioso programa – “Jovem Guarda” - e já era notícia nos principais jornais e revistas do país:
FOLHA DE SÃO PAULO:
Na TV Record estréia o musical "Jovem Guarda”
”Seu nome passa a ser associado a um movimento que pretende contrapor-se à velha-guarda, cantores anteriores à chegada do rock no Brasil. Sua música é uma variação suavizada do rock e recebe o nome de iê-iê-iê”. As letras, românticas e descontraídas, agradam ao público adolescente. Os principais membros da Jovem Guarda, são: Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa.
Destaquei no meu livro "Arquivos de um Repórter", vários acontecimentos que marcaram entre outros, a minha feliz e inesquecível passagem pelas Emissoras Unidas de São Paulo, mas não poderia deixar de incluir este acontecimento que significou muito na minha modesta carreira.
Hoje eu diria com toda a reverência: "E AGORA COM VOCÊS O REI ROBERTO CARLOS".

sexta-feira, novembro 24, 2006

BLOGSPORTE (Ayrton Senna)

"Correr, competir, eu levo isso no sangue, é parte da minha vida"












Ayrton Senna da Silva, nasceu no dia 21 de março de 1960, na Maternidade Pró-Marte, em São Paulo. Senna pisou pela primeira vez num Kart quando tinha 4 anos. O carrinho foi montado´pelo pai, Milton da Silva, dono de uma indústria de autopeças à época. No Kart, entre os principais títulos, foi campeão paulista (1976 e 1979) e brasileiro (1978 e 1980).
Nos anos 80, antes de ingressar na F-1, Senna foi campeão inglês de Fórmula Ford 1600 (1981), campeão inglês e europeu da Fórmula Ford 2000 (1982) e campeão inglês de Fórmula 3 (1983). Em 1984, Senna ingressou na Toleman, equipe pela qual estreou na F-1, no mesmo ano. Sua estréia foi no GP
do Brasil - ele largou na 16a volta, mas abandonou logo na oitava volta. O primeiro ponto na categoria veio em sua corrida na F-1, no GP da Àfrica do Sul, ainda com a pequena Toleman. Senna conquistaria seu resultado mais expressivo para a equipe em sua quinta prova, no tradicional GP de Mônaco, quando terminou em segundo.
O desempenho excelente na Toleman, fez com que o brasileiro fosse para a Lotus na temporada 1985. Em sua segunda prova pela a nova equipe, em Portugal, Senna alcançou a sua primeira vitória e também a sua primeira pole. Na temporada 1985, ele ganhou ainda outra corrida , no GP da Bélgica.
Senna guia o carro da Lotus em 1987, em sua úlima temporada pela equipe. Em três anos, o brasileiro venceu seis coridas pela Lotus - GPs de Portugal e da Bélgica (1985), da Espanha e dos EUA (1986) e de Mônaco e dos EUA (1987)
Em 1988, o brasileiro foi para a McLaren, onde travaria um duelo histórico com o francês Alain Prost. Logo em sua primeira temporada pela equipe de de Ron Dennis, Senna ganhou oito das 16 corridas e acabou campeão.
Depois de perder o título para Alain Post em 1989, Senna voltou a ganhar o campeonato em 1990. Ele ganhou seis provas e terminou com 78 pontos, sete de vantagem para para o adversário francês.
Senna comemora sua primeira vitória no GP do Brasil, em Interlagos, em 1991. Nesse ano, ele se sagrou tricampeão mundial. No total, em 1991, o brasileiro ganhou sete provas. No ano anterior, quando foi bicampeão, foram seis triunfos.
Em 1992, fim do domínio da McLaren e a ascensão da Williams, Senna ganhou apenas três provas e terminou apenas em quarto lugar no Mundial, com 50 pontos, menos da metade dos pontos do campeão Nigel Mansell (108).
Senna comemora vitória no GP do Brasil em 1993. Nesse ano, em sua temporada na McLaren, ele somou cinco vitórias, mas perdeu o duelo para Prost, da Williams. O francês, que tinha vencido sete corridas em 1993, terminou com 99 pontos, contra 77 de Senna.
A despedida do Brasil - o GP do Brasil em 1994, que marcou a sua estréia na equipe Williams de Frank Williams abandonou na 55ª volta. Ele também não completou a prova seguinte do GP do Pacífico.

A perda do nosso eterno campeão - O brasileiro morreu ao bater neste muro de proteção da curva do Tamburello, no Circuíto de Ímola, no dia 1° de maio de 1994, durante o GP de San Marino, na terceira etapa do mundial daquele ano.

quinta-feira, novembro 23, 2006

AVIAÇÃO - Esquadrilha da Fumaça

Fui ao Rio, voei e me apaixonei pela Esquadrilha !
Depois de assistir a primeira demonstração da Esquadrilha da Fumaça em Águas de Lindóia em 1975, começou a minha paixão. Como diretor de turismo da cidade, coube-me acolher os seus integrantes à epoca, sob o comando do Ten Cel Arhur Antonio Braga, o maior az da Fumaça ao longo dos seus 54 anos de existência. Dentro de um clima de camaradagem, nasceu uma grande amizade, que resultou num convite/intimaçao para eu participar do seu 23º aniversário no Rio de Janeiro, sua antiga sede.
Eu já me imaginava na festa, mas nunca que em tão pouco tempo estaria voando num avião da Fumaça. O comandante Braga perguntou se eu gostaria de voar...Momentos depois, o antigo "North American" o T-6, já estava decolando sob o comando do hoje Cel Ribeiro Júnior e comigo pegando carona. Depois do Pão de açucar, já estavamos passando a poucos metros dos braços de Cristo no Corcovado (foto). Em minutos já estavamos na Barra da Tijuca sobrevoando o Hotel Nacional. Ai fizemos um looping completo, e eu que já conhecia o Rio de todos os ângulos, acabei de conhecê-lo mas cabeça prá baixo. Depois disso retornamos ao aeroporto Santos Dumont e aterrissamos. No ano seguinte, voltei ao Rio para participar de mais um aniversário, mas os T-6 não decolaram porque já estavam sendo desativados. Durante 13 anos a Esquadrilha ficou inativa porque a FAB não tinha um substituto a altura dos velhos T-6.
Quando li que a Fumaça estava sendo reativada pelo amigo Ribeiro Júnior, em Pirassununga e contando com um novo astro o Tucano T-27, não só eu mas todos aficionados por acrobacias aérea voltaram a vibrar. No aniversário da Rádio Cultura convidei a Fumaça para voar . Pela primeira vez ele vou em homenagem a uma emissora de rádio, no ano seguinte retornou desta feita no aniversário de Amparo. Em retribuição, eu eos alguns companheiros da Cultura, elaboramos uma trilha sonora para acompanhar a narração nas suas demonstrações. Só em Mogi Guaçu fui conhecer o efeito da trilha. Quem narrava nesse dia era o Maj Lobato. Esperei acabar a demonstração, mesmo ainda não o conhecendo, fui brincando: "Com essa trilha ficou tudo mais bonito ainda". Nesse clima além de nos conhecermos pessoalmente nos tornamos grandes amigos, amizade que se estendeu para todo o time daquela época. Resultado que esse reencontro produziu: mais dois vôos no Tucano, em aniversários do EDA - Esquadrão de Demonstração Aérea. O primeiro, em maio de 96 sob o camando do então Tenente Camelier (eu já apareço a bordo na foto). E o terceiro, no ano seguinte, comandado pelo Cel Grescow, promovido pouco tempo depois comandante do EDA.

Além da trilha sonora, ajudei a organizar e narrar o vôo nº 2000. divulguei muitos eventos e produzi um Hino para a Esquadrilha da Fumaça. Todos gostaram, mas como carreguei nos adjetivos ficou incompatível para uso militar.

terça-feira, novembro 21, 2006

BLOGTUR

INSPIRADO NO SONHO DE DON BOSCO, JUSCELINO CONSTRUIU BRASÍLIA








"Memorial JK" e a" Catedral".
Brasília fica no Distrito Federal, na região central do Brasil - verdadeiro coração do País -, dentro do Estado de Goiás. E não foi formada ao acaso. Destaca-se, em todo o mundo, pela aplicação dos princípios da Carta de Atenas, de 1943 - integrada a uma estratégia de desenvolvimento e auto-afirmação nacional.A capital do Brasil é a única cidade do mundo - construída no século XX –considerada, desde 1987, Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade pela Unesco, órgão das Nações Unidas. Motivos para esse reconhecimento não faltam: a jovem cidade, inaugurada em 1960, surpreende até os mais experientes viajantes. Brasília é resultado de um moderno projeto urbanístico criado por Lúcio Costa. Visto de cima, o plano-piloto da cidade lembra o formato de um avião – muitos preferem dizer que é um pássaro de asas abertas –, embora a concepção de seu urbanista tenha previsto o formato de uma cruz, que sinaliza posse.O projeto da cidade até hoje é referência quando o assunto é planejamento urbano. Sua idéia de envolver prédios residenciais em grandes áreas urbanas, traçar a cidade a partir de enormes avenidas e dividi-la em setores, tem provocado intensa reflexão e debates sobre a vida nas grandes cidades no século XX.Destacam-se também obras de artistas como Bruno Giorgi, Alfredo Ceschiatti, Athos Bulcão, Marienne Peretti, Volpi, Di Cavalcante, Victor Brecheret e Burle Marx que se integram à arquitetura, conferindo à cidade uma paisagem única.Palco de manifestações políticas, shows de rock e festivais de cinema, Brasília é uma cidade cosmopolita, com cerca de 90 embaixadas, numerosos restaurantes e uma enorme estrutura pronta para abrigar eventos de todos os tipos. Diante disso, um dos destaques da cidade é o turismo de negócios, que cresce a cada dia, lotando as dezenas de hotéis espalhados pela capital federal. Brasília é um pouquinho de cada parte do Brasil. A construção de uma capital federal no coração do País demandou grande mão-de-obra e atraiu gente de todos os cantos do território nacional. O resultado é a rica cultura brasiliense que existe hoje, uma mistura genuína do povo mais alegre e hospitaleiro do mundo. Conheça Brasília você também. Quem vai, vira fã.
Informações úteis: Estado: Distrito Federal - Região: Centro-Oeste; População: 2.189.784 habitantes. DDD (61) Distâncias - Belém, 2130 km; Belo Horizonte: 740 km; Curitiba, 1400 km; Florianópolis: 1700 km; Rio, 1160 km; São Paulo: 1020 km. Como chegar - Via aérea: Aeroporto Internacional de Brasília (a 12 km do centro), recebe vôos internacionais e de todas as capitais do Brasil diáriamente, inclusive Campinas. Via Rodoviária. Há ônibus interestaduais que ligam o DF aos demais estados brasileiros. Principais rodovias de acesso. A partir de São Paulo: BR-050 e SP-300; Rio: BR-040; Belo Horizonte- BR-040 Restaurantes: Visite o site: www.querocomer.com.br Hospedagem: Visite o site http://geocities.com/
- Serviços: "Setur" www.infobrasilia/com.br; www.dicasbrasilia.com/br; e http://www.aboutbrasilia.com - fone: +55(61)3429-7635

segunda-feira, novembro 20, 2006

AS DIVERSAS MANEIRAS DE VOAR

A era dos Zeppelins mararavilhosos
As invenções de Ferdinand Graf von Zeppelin foram consideradas como coisa de maluco; mas elas dominaram os céus e ecantaram o mundo, até o acidente do Hindenburg, que causou 36 mortes, e representou o fim de um sonho ! O Hindenburg no hangar brasileiro em 1936, um ano antes grave do acidente em Nova Jersey, EUA.
Nascido em Constância, em 8 de julho de 1838, Ferdinand Graf von Zeppelin era um rapaz de seu tempo, sonhador e romântico, mas apaixonado pelo progresso. Como todo adolescente de sua linhagem, integrou-se, naturalmente, aos quadros da escola militar. Aos 19 anos, esse lugar-tenente de cavalaria, recém-saído de sua promoção, não era um cientista de formação, mas devorava todas as obras do gênero que lhe caíam nas mãos.
Sua intenção era se instruir sempre, em lugar de se enfastiar nos círculos culturais, certamente brilhantes, mas um pouco aborrecidos, das cortes da Baviera ou da Áustria. Quando da Guerra da Secessão, foi aos Estados Unidos como observador militar e pôde estudar in loco a utilização - e, evidentemente, a utilidade - dos balões esféricos destinados a colher informações militares. Seu batismo do ar foi em 1863. Ali nascia uma vocação; o vírus da conquista dos céus não o deixaria até sua morte.
Com 53 anos, graças a seu conhecimento dos homens, ainda jovem e cheio de energia e de idéias, transformou-se em engenheiro e também num irrequieto homem de negócios, sempre elegantemente vestido. Já em 1887, publicou Mémoire sur les aéronefs (Relatório sobre as aeronaves), verdadeira profissão de fé. Sua idéia principal sobre os dirigíveis: deviam ser estruturas rígidas. Essa sempre foi sua preferência, apoiada pela teoria de Konstantin Tsioklsky, o genial russo que registrou o brevê do dirigível rígido, o qual, entretanto, nunca sairia do papel por falta de meios financeiros. Por outro lado, o alumínio era um metal caro antes da Primeira Guerra Mundial e, apesar de possuir uma sólida fortuna pessoal, Zeppelin freqüentemente se serviu da ajuda amável do rei de Wurtemburg, de quem fora ajudante-de-ordens.
Cercado por uma equipe de elite, a qual sempre liderou até sua morte em 1917, o velho conde finalmente conseguiria produzir seus imensos navios voadores, orgulho das multidões, apesar de alguns fracassos acidentais. Mas a nação alemã, o governo imperial e o próprio kaiser enfim reconheceriam nele o gênio que, com suas "kolossales" máquinas voadoras, encarnaria bem as aspirações alemãs do início do século XX. Todos aderiram às subscrições nacionais para ajudar Zeppelin, que havia empregado inteiramente sua fortuna pessoal em seus investimentos. Sociedades satélites foram criadas, assim como a sociedade de navegação de cidade em cidade, a Delag.
Para esboçar rapidamente a descrição de um dirigível do tipo zepelim, convém precisar as seguintes particularidades: uma armadura rígida em pequenas vigas de alumínio é o esqueleto que dá a forma à nave, a qual é envolta por cobertura. No interior, uma série de pequenos balões autônomos cheios de hidrogênio geram a força ascensional. Os motores são suspensos em barquinhas e alimentam a propulsão a hélices, situadas a um terço da altura da nave.
O balão aerostático funciona conforme o velho princípio de Arquimedes (aplicado igualmente aos gases), segundo o qual a força que permite a ele se elevar é igual à diferença de peso entre o ar atmosférico deslocado e o volume de gás mais leve que o ar contido no interior; ou seja, cerca de 1 kg por metro cúbico de gás. Compreendemos melhor, então, o enorme volume desses engenhos e a desproporção extrema entre sua parte flutuante e a carga útil transportada.
Isso não impede que - uma vez que o balão esteja estável em uma altitude conveniente - uma força propulsora relativamente modesta em relação a seu volume seja suficiente para fazê-lo avançar a uma velocidade apreciável com grande autonomia - sempre superior, no início e ainda hoje, à dos mais modernos aviões comerciais. Testemunhas disso foram as grandes viagens efetuadas durante a Primeira Guerra Mundial, especialmente na África e, em 1929, a famosíssima "Viagem ao redor do mundo". A partir de 1916, pouquíssimas modificações foram incorporadas à concepção geral do dirigível. Uma passagem na quilha permitia ir de uma extremidade à outra da aeronave e servia de corredor permanente de comunicação interna, acesso aos sacos de lastro líquido, aos reservatórios de combustível, às barquinhas dos motores e do comandante e ao local de repouso da tripulação. Esta poderia ter de 25 a 50 pessoas, segundo a importância do dirigível ou do objetivo atribuído ao vôo em questão. A cobertura exterior era constituída por tecidos de algodão entrelaçado envernizados para proteção contra as intempéries. Depois do corredor da quilha, uma chaminé vertical de acesso ao exterior da abóbada do dirigível permitia executar reparos necessários nos flancos da nave em caso de avarias. Em todos os dirigíveis militares, foi instalada uma plataforma superior para observações meteorológicas, na qual se encontravam metralhadoras solidamente fixadas.
Em 1908, o LZ 4 chegou a voar 12 horas seguidas - "Viagem na Suíça" .
Depois, arriscou-se a voar ainda mais longe: cerca de 800 km, ida e volta. Até o final de julho de 1914, cerca de 1.600 vôos realizaram o transporte de 34.038 passageiros, a 75 km por hora, em linhas relativamente regulares, coisa jamais vista em nenhum lugar do mundo até então.
Poucos problemas mecânicos foram detectados; acidentes com pessoas, praticamente nenhum. Ficou demonstrado que os técnicos dos zepelins dominavam seus engenhos. E, se a gestação fora longa, o fruto de seus esforços estava maduro para a ação de guerra que os aeróstatos iriam empreender durante os quatro anos de conflito da Primeira Guerra Mundial.
Um zepelim foi abatido durante a guerra, chocando-se com o telhado de um convento de religiosas; um dos aeróstatas atravessou as telhas, milagrosamente, sem ferimentos e acabou sentado na cama de uma freira, a mulher que o deixara algum tempo antes!
O ensaio geral estava encerrado e o domínio da direção em vôo assim como os testes de motores e das estruturas eram satisfatórios; os zepelins entraram na guerra um ano depois.
O exército e a marinha imperiais não mais torciam o nariz para o conde Ferdinand; ao contrário: com o aval do kaiser, suas fábricas funcionaram em regime pleno para ativar a produção de guerra. Com mais de 20 mil operários trabalhando, 92 dirigíveis foram montados de janeiro de 1914 a julho de 1918. Esse número expressivo de dirigíveis nos mostra bem o emprego massivo que foi feito deles durante a guerra. De fato, de 130 aparelhos construídos desde 1900, Foi a mais conhecida e a mais célebre de todas as máquinas aéreas entre 1928 e 1937. Era o mais regular, o mais seguro - apesar de ser alimentado por hidrogênio. O hélio, gás raro, só podia ser comprado nos Estados Unidos, que não queriam estabelecer relações privilegiadas com o governo revanchista, depois nazista, da Alemanha. A nave era, igualmente, a mais bela de todas.
Com seu aspecto aerodinâmico, fusiforme, de cor prateada, refletindo a luz, o Graf Zeppelin permanece a mais apaixonante embarcação aérea que jamais se viu. Sua passagem pelo céu fazia supor uma reserva de poder inexplorada que lhe dava um ar sereno e pacífico. Ele voava entre 200 e 300 metros de altitude, permitindo que se admirasse, em boa distância, a paisagem terrestre sobrevoada ou as vagas de alto-mar.
O fim de um sonho
Com 245 metros de comprimento e sustentado no ar por 200 mil metros cúbicos de hidrogênio, o dirigível Hindenburg, conhecido como Zepelin, foi a maior aeronave dessa categoria e personagem de uma tragédia que acabou para sempre com esse tipo de transporte. Na noite de 6 de maio de 1937, ele preparava-se para descer na base de Lakenhurst, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, com 97 passageiros a bordo, vindos da Alemanha. Durante o pouso, um incêndio tomou conta da aeronave e o saldo foi 36 mortos. Por um bom tempo discutiu-se a causa do acidente: falava-se que a culpa era do combustível hidrogênio, mas também se pensou em sabotagem. Por fim, descobriu-se que a culpa fora da tinta altamente inflamável que cobria o tecido do Hindenburg. O corpo do dirigível acumulou carga eletrostática na viagem e, quando essa foi descarregada, sobreveio o desastre. O assunto foi tema do filme O dirigível Hindenburg (The Hindenburg), lançado em 1975 e dirigido por Robert Wise.

domingo, novembro 19, 2006

BLOGSERVIÇO

Saiba como viajar barato...
ESTUDANTE
Carteiras de desconto e assistência para o jovem e o estudante- A Carteira Mundial do Estudante Isic (na sigla em inglês para International Student Identity Card) é aceita em mais de 110 países como a identidade oficial dos estudantes. Possibilita aos associados obter descontos em atrações e estabelecimentos no Brasil e no exterior, que variam de 10% a 50%, dependendo do serviço e do país. No Brasil, o representante oficial da Isic é o STB - Student Travel Bureau.
Carteira Mundial do Estudante (Isic) - Para estudantes do ensino fundamental, médio, graduação, pós-graduação, mestrado, doutorado e cursos no exterior com duração acima de três meses. Alunos de cursos com carga horária mínima de 18h/semana, cursos pré-vestibulares e cursos tecnológicos - neste caso, o benefício de 1/2 entrada é exclusivo para moradores do município de São Paulo (Lei Municipal nº 13.715).
•Benefícios Os descontos variam de 10% a 50%. No exterior: museus, passagens aéreas, parques aquáticos, seguros de viagem, exposições, cinemas, aluguéis de carro, passagens de ônibus e trens, redes de lanchonete e de entretenimento. No Brasil: redes de lanchonetes, restaurantes, livrarias, parques aquáticos, locadoras de vídeo e de carro, hotéis e pousadas, seguros de viagem, academias de ginástica, drogarias, centros esportivos, revelações de fotos, óticas, cursos de informática e de idiomas. Meia-entrada em cinemas, teatros, shows e eventos esportivos. Acesso ao IsiConect (central de recados, e-mail, voice-mail e descontos em ligações) e ao Isic Help Line (informações sobre procedimentos legais, conselhos médicos, dicas de viagem e cópias de segurança do passaporte), que funcionam 24 horas.
•Documentos.Necessários· Formulário de solicitação preenchido· Comprovante de pagamento da taxa de inscrição - R$ 35, foto 3x4, cópia do comprovante de escolaridade: carta da instituição de ensino, comprovante de pagamento da mensalidade ou carteira da instituição com data e foto.
•Como.Solicitar Pelo site da Carteira Mundial do Estudante ou em qualquer uma das 46 lojas STB . Validade - da data da emissão até 31 de março do ano seguinte.
Jovem Card Ideal para jovens até 26 anos, estudante ou não. É aceita no Brasil e em mais de 110 países; e ainda conta com 100 mil benefícios na continente europeu.
•Benefícios
Estabelecimentos parceiros concedem até 50% de descontos. No exterior: museus, passagens aéreas, parques aquáticos, seguros de viagem, exposições, cinemas, aluguéis de carro, passagens de ônibus e trens, redes de lanchonetes e de entretenimento. No Brasil, redes de lanchonetes, restaurantes, livrarias, parques aquáticos, locadoras de vídeo e de carro, hotéis e pousadas, seguros de viagem, academias de ginástica, drogarias, centros esportivos, revelações de fotos, óticas, cursos de informática e de idiomas. Acesso à help line gratuita, 24 horas por dia, que disponibiliza informações turísticas e tira-dúvidas em todo o mundo, no idioma do usuário.
•Documentos.Necessários·
formulário de solicitação preenchido· comprovante de pagamentos da taxa de inscrição - R$ 40· Uma foto 3x4· documento pessoal, com foto, que comprove a idade
• Como SolicitarPelo site do Jovem Card ou em qualquer uma das 46 lojas credenciadas do STB - Student Travel Bureau, emissora oficial do documento no País. Validade - da data da emissão até 31 de março do ano seguinte.
JOVEM CARD
Jovem Card Ideal para jovens até 26 anos, estudante ou não. É aceita no Brasil e em mais de 110 países; e ainda conta com 100 mil benefícios na continente europeu.
•Benefícios Estabelecimentos parceiros concedem até 50% de descontos. No exterior: museus, passagens aéreas, parques aquáticos, seguros de viagem, exposições, cinemas, aluguéis de carro, passagens de ônibus e trens, redes de lanchonetes e de entretenimento. No Brasil, redes de lanchonetes, restaurantes, livrarias, parques aquáticos, locadoras de vídeo e de carro, hotéis e pousadas, seguros de viagem, academias de ginástica, drogarias, centros esportivos, revelações de fotos, óticas, cursos de informática e de idiomas. Acesso à help line gratuita, 24 horas por dia, que disponibiliza informações turísticas e tira-dúvidas em todo o mundo, no idioma do usuário.
•Documentos Necessários: formulário de solicitação preenchido· comprovante de pagamentos da taxa de inscrição - R$ 40, uma foto 3x4, documento pessoal, com foto, que comprove a idade
•Como Solicitar: Pelo site do Jovem Card ou em qualquer uma das 46 lojas credenciadas do STB - Student Travel Bureau, emissora oficial do documento no País. Validade - da data da emissão até 31 de março do ano seguinte.

sábado, novembro 18, 2006

RESENHA DA SEMANA

RESENHA
DA
SEMANA


O presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, e o venezuelano Hugo Chaves acenam durante a inauguração de uma ponte sobre o rio Orinoco, na cidade de Guayana, Venezuela. Durante o seu discurso Lula deu seu apoio a Chavez que disputa a presidencia da Venezuela no próximo mês.
Gushiken, deixa o governo Lula. Oposição dix que demissão poupa o presidente que precisa de cargos para poder costurar acordos partidos da oposição.
Aldo Rebelo disse que sem o apoio da maioria do PMDB, Lula não terá maioria para governar.
O vice presidente José Alencar passou por uma cirurgia na última 3a.feira em Nova York, para a retirada de um tumor malígno.
Lula pede a PT que não crie problemas em 2º mandato. Enquanto isso,
tenta ampliar "coalizão" com PDT e PV. Alckmin: Assembléia paulista instala duas CPIs para investigar o seu governo
Desvio de recursos: PF prende três prefeitos e um deputado em operação em Pernambuco
A atriz Nair Belo permanece em coma induzido depois de sofrer três paradas cardíacas no início da semana. Seu estado se agravou nas últimas horas.
Laudos mostram que passageiros não morreram antes da queda. As 154 vítimas, morreram ao cair do avião e chocarem-se com o solo a uma velocidade vertiginosa, é o que dizem os laudos finais do IML de Brasília.

Delegado da Polícia Federal quer mais 90 dias para concluir investigações do acidente.
tentaram contato,aponta relatório.

Queda do avião da GOL durou um minuto após o choque.
PF recusa devolver passaportes a pilotos do Legacy.
Para Anac, passageiro deve procurar a justiça contra os atrasos de vôos
FAB deve confirmar que Legacy não seguia plano de vôo.
Violência: Brasil é o terceiro país do mundo com mais assassinatos de jovens no mundo
No meio da semana a seleçãode Dunga realizou mais um amistoso, desta fita na Basiléia contra a Suiça. Resultado: Brasil 2 x Suiça 1
São Paulo com a m
ão no Caneco. Se vencer seu compromisso amanhã às 16h, no Morumbi contra o Atlético (PR) o São se sagrará campeão a duas rodadas do final do Brasileirão.
da 36a. rodada serão realizados amanhã às 16h: Flamengo x Figueirense; Corinthians x Fluminense; Fortaleza x P.Preta; Paraná x Internacional; Grêmio x Santa Cruz; Botafogo x Goiás; São Caetano x Vasco; Juventude x Palmeiras e Cruzeiro x Santos.
Kia deixa MSI e acerta sua ida para o Flamengo.

sexta-feira, novembro 17, 2006

MUNDO DIGITAL

MUNDO DIGITAL
No dia 6 de agosto último, o "Google Earth" flagra através de satélite um dirigível entre os cartões postais de São Paulo:

Na foto do satélite, o dirigível aparece sobre a avenida Ipiranga, entre os edifícios Copan e o antigo Hotel Hilton.
Navegar pela ferramenta Google Earth, que permite visualizar localidades de todo o mundo através de fotos de satélite, pode resultar em algumas surpresas. Uma delas é a da imagem acima, que mostra um dirigível entre dois dos mais famosos edifícios do centro de São Paulo: o Copan e o antigo Hilton Hotel, ambos na avenida Ipiranga.
Na foto do satélite, a forma ogival do dirigível - que sobrevoa a cidade fazendo propaganda da marca de pneus Goodyear e gera algumas imagens para transmissões de TVs - aparece exatamente sobre a avenida, compondo um quadro de formas geométricas com o sinuoso edifício projetado por Oscar Niemeyer e a torre cilíndrica que já foi sede de um dos mais importantes hotéis da cidade atualmente vazio.
Nesta imagem, é possível ver por outro ângulo o mesmo dirigível se aproximando dos edifícios da grande metróle paulistana.

Colaboração: Roberto Júnior (EUA)

Amanhã acompanhe em resumo, a Resenha da Semana.

quarta-feira, novembro 15, 2006

ASTRONOMIA

ESTADOS UNIDOS GANHAM A CORRIDA E CHEGAM À LUA
A Lua vista do espaço (distante), quando a Apollo 11 já se afastava do nosso planeta
A disputa entre Estados Unidos e União Soviética (URSS) pela conquista do espaço foi o grande impulso para exploração espacial e resultou em grandes avanços científicos e tecnológicos, além de descobertas importantes. Em 1957, a URSS saiu na frente, lançando o Sputnik 1, o primeiro satélite artificial a entrar em órbita. Uma semana depois, foi lançado o Sputnik 2, com a cadela Laika, o primeiro ser vivo a ir para o espaço.
Em 1958, os EUA reagiram com a criação da
Nasa (National Aeronautics & Space Administration), reponsável pelo programa espacial do país. Nesse mesmo ano foi lançado o primeiro satélite artificial americano, o Explorer 1.
A partir de 1960, o principal objetivo das viagens espaciais passou a ser o envio do homem ao espaço. Novamente a União Soviética sai na frente, em 1961, com a viagem tripulada por Iuri Gagarin na cápsula espacial Vostok 1. A viagem durou uma hora e 48 minutos e percorreu cerca de 40 mil quilômetros em volta da Terra numa única órbita. Em 62, os americanos enviaram John Glenn para o espaço.
O projeto soviético para enviar o homem à Lua começou com a nave Soyuz 1, mas foram os americanos os primeiros a chegarem na superfície lunar em 20 de julho de 1969, quando o módulo lunar Eagle, da nave Apollo 11, pousou no solo lunar...

E o primeiro homem a pisar na Lua, foi Neil Armstrong (foto) que deu fim à corrida espacial. A famosa fala do astronauta tornou-se célebre na História do século XX: "Um pequeno passo para o homem, mas um grande passo para a Humanidade".
As viagens à Lua começaram bem antes das viagens à Marte e foram símbolo do domínio mundial americano, já que o contexto era o da Guerra Fria, na qual EUA e União Soviética disputavam o poder político e econômico.
A principal missão do Projeto Apollo era levar homens à Lua e trazê-los de volta à salvo, mas a possibilidade de não dar certo era tão grande que o presidente dos EUA, Richard Nixon, já tinha um discurso pronto para cada uma das situações: o sucesso ou o fracasso da operação. Os astronautas também já estavam preparados para o pior e levavam consigo cápsulas de cianureto para serem ingeridas caso ficassem presos no espaço. Ao total, foram 17 naves do Projeto Apollo. As naves números 11, 12, 14, 15, 16 e 17 tiveram sucesso e cumpriram a missão de pousar em solo lunar. A Apollo 13 teve problemas no abastecimento de oxigênio do módulo de comando ao entrar na órbita lunar e não conseguiu fazer a aterrissagem. As missões das outras naves também chegaram à órbita da Lua, mas não realizaram o pouso, já que faziam parte de testes. Mais de 400 kg de materiais foram coletados nas seis viagens em que as naves pousaram na superfície do satélite. ...... Amanhã no BLOGTUR conheça a fascinante "Serra do Cipó"

segunda-feira, novembro 13, 2006

AVIAÇÃO

Pelé e seus companheiros desembarcam. Depois avião decola e cai!
Uma forte explosão, labaredas subindo para o céu, gritos apavorados dos moradores das casas do bairro da Cidade Universitária, atingidas por este aparelho Viscount da Vasp, prefixo PP-SER, numa noite de domingo, 15 de setembro de 1968, às 21h05. Fez um vôo do Rio para São Paulo trazendo a delegação do Santos. Logo após, decolou para fazer um vôo de treinamento, cair, matar e produzir histórias incríveis, como nos filmes de ficção.
Nem os melhores escitores de ficção, escreveriam uma história que se aproximasse dos fatos reais que envolveram este acidente: 1- Depois de chegar do Rio de Janeiro, o comandante Neutel de Santa Fé Filho, era um homem aposentado.
Nem desceu do avião para receber os cumprimentos dos colegas. Movido pela paixão pela aviação, preferiu permanecer na cabine, sem nenhuma obigação, para após três minutos, decolar para acompanhar o vôo de treinamento do comandante Freire. O Viscount decolou, e o vôo extra do aposentado Neutel, acabou na verdade se transformando em mais uma aposentadoria, a do plano terreno. Morreu ao lado do seu companheiro Freire. 2- Mais uma revelação desse acidente. Depois de me dirigir na manhã de 2a. feira ao local da tragédia os corpos dos pilotos já haviam sido retirados. Fiquei sabendo por um sargento da FAB que o Santos havia chegado naquele avião, embarcando depois do jogo com o Vasco. Nesse momento não mais um avião, mas montão de ferros retorcios e chamuscados. Ao me dirigir a um restaurante da rua Alvarenga o acaso me pôs em contato com dona Maria Aparecida de Lacerda Monteiro, cuja a edícula de seu sobrado à rua Gaspar Moreira, 511 havia sido a mais atingida. Momentos depois, ela me fez esta emocionada narrativa:
“Minha família estava reunida na edícula onde morava nossa empregada Etelvina, uma pessoa que, por estar conosco havia muitos anos já fazia parte da família. A certa altura, resolvemos ir para casa, um sobrado na parte da frente. O meu filho caçula assistia a um programa na televisão. Pedi para ele ir conosco, mas ele insistiu em ficar, porque estava gostando de um programa e queria ver o seu desfecho. Eu e meu marido fomos para casa, cedendo à insistência dele. Já em casa, sentia alguma coisa que me dizia: Tira o seu filho de lá!’. Essa sensação foi aumentando, e me empurrou a ir buscá-lo. Determinada, consegui arrastá-lo para casa. Minutos depois, o avião caiu, provocando terror e violentos estrondos. Através das janelas, podíamos ver nosso sobrado cercado por labaredas e fortes explosões. Num segundo, tudo se transformou num verdadeiro inferno! Tenho a lamentar a perda de nossa empregada; porém, não posso esconder a felicidade de ter salvado meu filho.” 3- Quanto valem aparentes e insignificantes 3 minutos? Foi o tempo em que o avião ficou no solo para desembarcar vidas preciosas, e iniciar um otro vôo de aproximadamente 3 minutos, quando ele caiu e explodiu, levando à morte 3 vidas preciosas.
3 minutos se passaram desde que dona Maria teve a intuição de tirar o filho da edícula, e levá-lo quase arratado para o sobrado. Fatos como estes são sempre enigmáticos e polêmicos, e são rotulados de destino, sorte, azar, coincidência, circunstâncias.. . (?)

domingo, novembro 12, 2006

SAÚDE

Os efeitos da nicotina no cérebro humano

De acordo com estudos da Organização Mundial de Saúde, a cada dia, morrem mais de 10 mil pessoas por causa do tabagismo: o nome que se dá à dependência física e psicológica de tabaco. A soma ultrapassa 4 milhões de mortos por ano. E esses números tendem a aumentar, já que a quantidade de fumantes continua crescendo com o passar do tempo. Estima-se que ele estará dobrado por volta do ano 2020, ou seja, serão cerca de 8 milhões de mortes anuais causadas pelo fumo. Isso sem falar que o cigarro já provoca mais mortes do que a cocaína, a heroína, os incêndios, e a aids, juntos. O tabagismo, encarado como doença há alguns anos, transformou-se num dos maiores problemas de saúde pública. No Brasil, as enfermidades provocadas pelo fumo matam anualmente mais de 200 mil pessoas de idades entre 35 e 60 anos. Diversos tipos de câncer (de pulmão, boca, laringe), derrames cerebrais, doenças do coração (angina, infarto), bronquite e enfisema são algumas das doenças ligado ao uso do cigarro.
As causas do vício. Nosso sistema nervoso possui células especiais chamadas transportadoras, que levam substâncias como os hormônios e os neurotransmissores para locais específicos no cérebro. Esses elementos têm o poder de nos excitar ou relaxar e constituem as respostas naturais que damos aos estímulos do meio ambiente. Numa situação de perigo, por exemplo, as células transportadoras carregam noradrenalina (a popular adrenalina) para o cérebro. Isso causa irritação e estado de alerta. Nesse momento, todas as células do corpo "despertam" e o o organismo fica preparado para lutar ou fugir, conforme a necessidade da situação. Mas onde entra o cigarro nessa história? Bem, o tabaco é rico em uma substância chamada nicotina, que estimula a produção de dopamina, um dos maiores mediadores químicos das células, que atua nos centros de prazer do cérebro. Sem a nicotina, o cérebro do dependente recebe menos dopamina. Para compensar, o organismo produz mais noradrenalina. Por isso, quando alguém pára de fumar, fica nervoso ou irritado. Parar é dificílimo "A irritabilidade pode durar semanas e o fumante acaba não agüentando", diz o psiquiatra Ronaldo Laranjeira, coordenador da clínica antitabagista da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo). Já se sabe que é a nicotina que causa a dependência. Ela faz a pessoa sentir necessidade de fumar, numa intensidade que varia de acordo com fatores psicológicos e o grau de dependência bioquímica. Por isso, a dificuldade para largar o cigarro é enorme. Além do estímulo à produção de dopamina, a nicotina também provoca vasoconstrição (os vasos sanguíneos "apertam-se" diminuindo seu diâmetro) e aumento da pressão arterial. Ela faz mais ainda: causa mutações no DNA das células, que passam a se reproduzir de forma deficiente - isso constitui precisamente o câncer. Desse modo, enquanto a nicotina dá uma falsa sensação de bem-estar, mascarados por ela milhares de ingredientes venenosos entram no organismo de quem fuma, como bandidos.

sábado, novembro 11, 2006

RESENHA

Resenha
da
Semana (De 5 a 11)

Noticiário Nacional
A foto da Semana:
Lula- aproveitou o fim da luta pela releição, para curtir um merecido descanso numa praia deserta da Bahia. Logo que chegou, foi dar uma passseio com dna. Marisa, que como o seu maiô demonstra é petista até debaixo d´gua! Depois de merecido descanso, Lula só anda falando em coalizão, e já está costurando algumas alianças com o PTB (já confirmada), e com o PMDB que deve ganhar espaço de petistas no Ministério. Enquanto Lula curte a sua Sereia, mas não deixa de namorar os Partidos de oposição, o seu vice José de Alencar está vendo outras estrelas nos EUA por conta de uma cirurgia para extirpar um tumor. Desejamos a ele uma bem sucedida cirurgia. Sanguessugas: CPI investiga ligações entre Berzoini e empresa de Freud.
Acusado de incendiar ônibus no Rio é condenado a 444 anos.
Acidente da Gol - (1) Justiça dos EUA recebe primeiras ações indenizatórias sobre o vôo 1907.
Acidente da Gol - (2) Polícia Federal vai pedir a Justiça degravação de caixa preta do Boeing da Gol. PF foi a Campo Grande ouvir piloto do Legacy.
Acidente da Gol - (3) Pilotos do Legacy estão sendo apontados como negligentes. Preços em alta: Em outubro os preços em São Paulo subiram 0,33%.
Governo, prepara medidas fiscais para alcançar crescimento de 5%. "Só se chover na horta", diz CNI.
Médicos - aprovam suspensão de tratamento a doente terminal. Cartão oficial da presidência pagou lanches em comício de Lula em Jacareí.
Depois da vitória da última 5a.feira contra o Botafogo, o São Paulo poderá se sagrar campeão neste fim de semana , embora tenha um jogo difícil contra o Goiás, em Goiania. Demais jogos: Hoje - 18h10: Inter x Fortaleza; Santos x Paraná e Vasco x Juventude. Amanhã - 16h: Figueirense x Corinthians; P.Preta x Flamengo. 18h10: Fluminense x Cruzeiro; Atlético (PR) x Grêmio; S.Cruz x S.Caetano e Palmeiras x Botafogo.
Noticiário Internacional
Bagdá- Segue o toque de recolher depois de anunciada a sentença de Saddan Hussein condenando-o à forca. Na Índia, manifestantes protestam contra o presidente dos EUA, George Bush e a sentença de morte imposta ao ex-ditador iraquiano Saddan Hussein.
The New York Times : Medo de germes e bactérias assusta norte-americanos.
Sandinista Ortega, é eleito presidente na Nicarágua. Mais uma para Bush!
Herald Tribune: A polêmica Rede Al Jazira completa 10 anos no ar. Aquela que a qualquer
momento afirma que tá tudo bem, mesmo debaixo de bombas.
Voto limpo: Eleitor americano vota em uma lavanderia em Chicago
Após derrota, George Bush, pede sugestões sobre o Iraque. O presidente se disse disposto a ouvir sugestões da oposição democrata, vitoriosa na eleição legislativa de terça-feira, para uma mudança na política em relação ao Iraque. A vitória total dos democratas foi confirmada após o senador republicano George Allen admitir a derrota na Virgínia, dando o controle do Senado à oposição.

sexta-feira, novembro 10, 2006

ESPORTE

Fui o 1º locutor a narrar na TV, o mundial vencido pelo Santos!
Um grande momento de muita saudade na minha feliz passagem pela TV Record, foi o de ter sido o primeiro locutor a narrar pela TV, um filme de cerca de 20 minutos mostrando toda a magia, daquela que foi a mais perfeita atuação do Santos de Pelé & Cia. em todos os tempos! Naquela época, não havia transmissão, por satélite, nem videoteipe. Tudo era filmado e depois levado ao ar. O jogo do Santos foi realizado em 10 de outubro de 1962, no Estádio da Luz, em Lisboa, numa noite de quarta-feira. Não só os torcedores do Benfica queriam assistir à grande decisão, mas todos os esportistas portugueses que conheciam aquela máquina de jogar futebol, que era base da própria seleção brasileira. Ianny Júnior, diretor do programa que eu apresentava, era santista e grande amigo do pessoal. Por isso, acompanhava sempre a delegação do Santos em suas viagens pelo mundo. Foi ele mesmo quem realizou o filme, que só chegou dois dias depois da sua realização, trazido por avião.
Tão logo chegou a TV Record, foi colocado no ar, em primeira mão para o Brasil, no dia 15. (Com a inauguração do vídeo-fone, na recente Guerra no Iraque, avalie o que era primeira mão naquele tempo): O tele-cine rodava o filme e pelo monitor do estúdio (foto) eu acompanhava os lances e os narrava na raça, tudo que o filme tinha de importante, principalmente os belos gols. Nos prrimeiros instantes, o Benfica até que pressionou, mas o Peixe estava numa jornada impecável. O primeiro gol do Santos saiu aos 17` do primeiro tempo assinalado por Pelé, numa co-produção com Coutinho.
Pelé, tabela com Coutinho, da dois dribles em velocidade em Raul e Humberto, e faz este golaço (no gráfico), classificado por ele, como um dos dez gols mais bonitos de sua carreira, pelo Santos e Seleção brasileira, e incluído em 2004, no filme “Pelé Eterno Eterno”. Dez minutos depois, ele já estava dando outro soco no ar, e o primeiro tempo terminou 2 a 0. Os torcedores do Benfica já haviam se conformado e até batiam palmas para as jogadas do Santos. Nos últimos 45 minutos, o time jogou ainda melhor: Zito lançou Pelé, que driblou e passou para Coutinho que, sem vacilar, mandou a bola para dentro do gol. Depois, Pelé fez o quarto, e Pepe, o quinto. O Santos, com 5 a 0 no placar, acalmou-se, e o Benfica fez dois gols nos últimos cinco minutos. Placar: Santos 5 x Benfica 2. E o Santos era o primeiro clube brasileiro a se tornar campeão mundial! Ainda hoje, quando assisto ao filme fico muito emocionado.
Esta foto foi cedida pela edição especial: “Santos um time dos céus“ (abril-98).
Ao alcançar o primeiro titulo mundial, em 16/12/62, o Santos foi classificado pela crônica mundial, o melhor time de todos os tempos, graças a esta autênctica seleção formada por: Gilmar; Mauro e Dalmo; Calvet, Lima e Zito; Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé, e Pepe. Para se avaliar a potencialidade desse time, basta lembrar que sete desses jogadores (com os nomes em azul), já tinham conquistado naquele mesmo ano o bicampenato da seleção no Chile.

quinta-feira, novembro 09, 2006

BLOGTUR

MACHU PICHU PODE DESAPARECER DOS ANDES
Hoje o BLOGTUR lança um S.O.S.: As ruínas incas de Machu Pichu no Peru, poderão ser destruídas a qualquer momento por deslizamentos de terra. O alerta foi feito recentemente pela revista científica "New Scientist". De acordo com geólogos japoneses que tem monitorado o local, o declive na parte posterior do sítio arqueológico está recuando cerca de 1 cm por mês." É bastante rápido. Trata-se de um estágio que antecede a um deslizamento ou a um desabamento", afirmou Kyoji Sassa, do Instituto de Pesquisas sobre a Prevenção de Desastres da Universidade de Kyoto. "Não é possível dizer quando ocorreria o deslizamento, mas esse será o próximo foco de nossa pesquisa". Os japoneses dizem acreditar que o deslocamento de terra e rochas poderia destruir Machu Pichu totalmente. Os pesquisadores calculam que poderá haver uma movimentação de terra de até 100 m de profundidade, e estão procurando um meio de preservar as ruínas, que atraem cerca de mil turistas por dia. Algumas edificações já foram danificadas por desabamentos. Sassa verificou que pequenos deslizamentos e distorções no solo já causaram danos às antigas estruturas incas. "Ele explicou ainda que os deslizamentos são comuns no local." Vilarejo de áreas montanhosas são construídos usualmente em áreas de deslizamentos. Somente essas áreas podem oferecer água e solo adequado para cultivo e criações.", disse Sassa.O sítio arqueológico de Machu Pichu situado a 2.500 metros acima do nível do mar, nos Andes peruanos, foi abandonado no século XVI, na época da conquista espanhola, por razões e em circunstâncias ainda ignoradas.
Em 1911, o arqueólogo norte-americano Hiran Binghan "descobriu" o local, tombado em 1983 pela Unesco (Organização das Nações Unidas para Educação Ciência e Cultura). Não há consenso sobre a finalidade das edificações da área, mas alguns historiadores afirmam que ali existiu um importante centro religioso do império inca. ALGUMAS INFORMAÇÕES SOBRE MACHU PICHU: 1- Machu Pichu fica 2.500 metros acima do nível do mar, localizando-se no interior Sudeste do Peru. 2- Acredita-se que suas construções - existem no sítio cerca de 300 habitações
incas e mais de 50 outros tipos de edificações - tenham sido erigidas e habitadas entre os séculos XV e XVI. A área não foi vista pelos colonizadores espanhóis e só foi "descoberta" em 1911, por um arqueólogo da Universidade de Yale (EUA) 3- Ainda se ignora se Machu Pichu foi uma cidade, uma fortaleza ou um palácio. O que levou sua população a deixar o local também é uma incógnita. Escassez de água é uma das hipóteses. 4- As ruínas recebem cerca de mil turistas por dia. O texto acima foi extraído das agências internacionais.
Há um provérbio que diz: "Miséria pouca é bobagem". Se a força da natureza pode acabar com o que restou dessa misteriosa civiliação Inca, temos de respeitá-la, porém, o que nos causa espécie é acabarmos de receber esse tipo de noticia que nos chocou: Machu Picchu corre o risco de perder o status de Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade, outorgado em 1981, pela Unesco, devido à construção ilegal de uma ponte sobre a via que conduz à cidadela inca, alertou no último dia 7, a ministra de Comércio Exterior e Turismo do Peru, Mercedes Aráoz. A ministra criticou a prefeita da cidade, Fedia Castro, a quem acusou de "não respeitar as ordens judiciais". O Poder Judiciário ordenou em julho que o projeto fosse interrompido, pois violava as leis de áreas protegidas e de patrimônio cultural. A perda do status de Patrimônio da Humanidade causaria um dano enorme a nosso principal ponto turístico", assinalou Aráoz, afirmando que funcionários da Unesco visitarão o Peru em fevereiro próximo para observar o estado de conservação do lugar. Este ano, Machu Picchu já recebeu 500 mil turistas, 75% deles estrangeiros. "Se não cuidarmos de nosso patrimônio, corremos o risco de perder divisas importantíssimas e o Peru será visto aos olhos do mundo, como um país incapaz de conservar seu patrimônio".

quarta-feira, novembro 08, 2006

ASTRONOMIA

No século XX desvendou-se o mistério dos BURACOS NEGROS
O Buraco Negro distorce o espaço ao redor, agindo como uma lente gravitacional.
As estrelas não duram para sempre. Embora não sejam seres vivos, cada uma tem um ciclo que vai do seu nascimento, envolta numa nuvem de gás como um recém-nascido ainda molhado pela placenta da mãe; passa pela maturidade, que na Astronomia recebe o nome de “seqüência principal”, e por fim chega à morte, a extinção de seu brilho. Cada estrela tem um ciclo parecido, mas a duração e o modo como morrem pode variar bastante (assim como os seres vivos!). Diz-se que uma entre cada cem estrelas que chegam ao seu último momento de existência faz de seu “canto de cisne” um evento formidável. Elas explodem violentamente difundindo de uma só vez energia equivalente a um bilhão de sóis e se fazem notar entre as estrelas de toda a galáxia. São as supernovas. Após a explosão das supernovas de grande massa, pensa-se que o núcleo da estrela original seria capaz de se contrair, sob ação da força de gravidade, até se transformar num buraco negro. No interior de um buraco negro a concentração de matéria é tão grande que nada pode escapar. Nem mesmo a luz (daí porque é chamado “negro”) que é um tipo de radiação, formada por partículas chamadas fótons. Os buracos negros são uma das mais importantes descobertas científicas de todo o século XX. Em seu interior as leis que regem o universo parecem desmoronar-se, junto com nossos conceitos sobre tempo e espaço. O inexplicável, o desconhecido reside nas entranhas desse monstro, capaz de alimentar-se de outras estrelas e, para alguns, acabar por engolir todo o universo.Como nascem as estrelas?
QUANDO O SOL EXTINGUIR SUA LUZ, daqui a cerca de cinco bilhões de anos, o destino da Terra e de todo o sistema solar interior será bastante cruel. Nossa estrela mãe não tem massa suficiente para terminar seus dias explodindo como uma supernova, mas seu desequilíbrio final vai transformá-la numa estrela gigantesca, que engolirá os planetas mais próximos, calcinando-os. Mas pelo menos eles não serão derretidos por uma supernova. Não haverá um buraco negro no lugar do Sol. Buracos negros são o último estágio na evolução de uma estrela com muita massa, em média 10 vezes mais que o Sol. As estrelas surgem de imensas nuvens compostas de pequenas partículas de matéria – comumente chamadas simplesmente de poeira – e de gás hidrogênio, que existe em abundância no universo. Muitas vezes essas nebulosas permanecem em equilíbrio, tranqüilas como as nuvens em nosso céu. Mas é preciso pouco para lhes tirar deste estado, fazendo com que a própria atração gravitacional produza uma contração incessante em certos pontos, ou nódulos da nuvem de gás e poeira. A nebulosa também começa a girar e à medida que aumentam a temperatura e a pressão em seu interior forma-se um ou mais corpos, tão quentes e massivos, que em dado momento passam a acontecer reações termonucleres em seu interior, produzindo muita luz e energia. Assim nasce uma estrela.
Surge um buraco negro, DEPOIS DE PERMANECER UM LONGO TEMPO BRILHANDO FORTE e convertendo o seu hidrogênio em hélio, as estrelas entram em colapso. É aí que seus destinos dependem de quão grandes elas são. As muito massivas, como já vimos, explodem. No lugar das supernovas o núcleo original da estrela, que serviu de “apoio” para a explosão, se contraí. Às vezes surge em seu lugar uma pequena estrela que gira como um farol: é o pulsar.
Outras vezes o núcleo não pára mais de se contrair e nasce um buraco negro. Mesmo sendo invisível, sua presença é palpável. A matéria adicionada em um disco ao redor de um buraco negro emite raios X – e foi assim que sua existência foi confirmada. Uma fonte denominada Cygnus X-1, na constelação de Cisne, foi provavelmente o primeiro buraco negro descoberto pelos astrônomos, em 1971. Hoje, há fortes suspeitas que o centro da Via Láctea, a galáxia onde vivemos, abrigue mais de um deles.

terça-feira, novembro 07, 2006

MUNDO ANIMAL

Animais em extinção
Da América à Ásia, de Norte a Sul, o tráfico ilegal de animais vivos, floresce. O mercado consumidor são os colecionadores privados, laboratórios de pesquisa, lojas de animais, zoológicos, circos e até curandeiros da Ásia. É o terceiro maior negócio em contrabando depois de drogas e armas. Os traficantes combinam ingenuidade com desumanidade nos métodos de disfarce da bagagem/animal. A maioria dos especialistas em desvendar o tráfico animal concorda que a melhor estratégia é conscientizar os compradores e não os vendedores (pois este tráfico é extremamente lucrativo para eles).
Conheça alguns animais em risco de extinção: Tigre (foto), Chimpanzé, Pássaro Preto, Cavalo da Mongólia, Pássaros em geral, Elefante Africano, Répteis, Gorila, Rinoceronte, Insetos, Tartaruga Marinha, Leão Africano, Papagaio, Tucano, Panda, etc,


Existem hoje, no mundo, em torno de 7500 tigres; 60% deles estão em território indiano, divididos em 21 reservas. A India tem sido o pais que mais se dedica à preservação, mas seus esforços têm sido fortemente ameaçado por traficantes ligados ao rico mercado do tigre: vendem seus ossos (famosos na medicina chinesa), sua pele, sua carne e até mesmo seus olhos. Os curandeiros chineses acreditam que o pó de seus ossos cura reumatismo e garante longevidade, pílulas feitas dos olhos acabam com as convulsões, e trazem virilidade ao pênis (um prato de sopa desta parte do corpo do tigre pode custar $320 US na Tailândia). Sua pele pode chegar à $15000 US no mercado Árabe. Além do tráfico, o aumento da população que disputa a caça com os tigres, destrói seu "habitat" natural e finalmente investe contra eles próprios, são sua maior ameaça. Os tigres sempre exerceram fascínio sobre os homens: os registros remontam até 6000 anos atrás, onde desenhos de tigres foram encontrados próximo ao rio Amur na Rússia. Segundo os arqueólogos, os habitantes da região os reverenciavam como seus ancestrais e como Deuses. Na mitologia seu crescimento populacional é tremendo e ameaçador. Homens e tigres coexistiram por milhares de anos. Neste século o desafio está lançado. Hindu o tigre, é o veículo da Deusa Durga; na China do Patriarca Chang Tao-ling. Na região do Mar Cáspio, eles se extingüiram em 1970. Na Ilha de Java em 1980, e em Bali em 1940. A India é hoje o lugar onde a batalha pela sobrevivência dos tigres vai ser ganha ou perdida. O país tem uma cultura na qual as pessoas genuinamente respeitam a natureza, mas a grande preocupação fica por conta da explosão demográfica da India.

/* Atualizacao do Google Analytics em 25 de Outubro 2009 */