/* Excluido depois do Upgrade do Google em 25 de Outubro de 2009 Fim da exclusao */

sábado, fevereiro 26, 2011

ARQUIVOS DE UM REPÓRTER ---Fim de Semana---

MUNDO DIGITAL:
Google registra foto curiosa:
"ÍNDIO GIGANTE OUVINDO IPOD" Formação rochosa em estrada, lembra perfil humano com fone de ouvido
No que pode se chamar de mais uma ´coincidência geográfica´, foi encontrado o que parece ser a imagem de um índio ouvindo música digital com mais de 400 metros de tamanho. Na verdade, trata-se de uma formação de morros e uma estrada no interior da província de Alberta, no Canadá. Curiosamente, a imagem realmente se assemelha ao perfil humano, e a estrada se assemelha ao fio de um fone de ouvido.
A formação rochosa pode ser encontrada nas coordenadas 50° 0´38.20"N 110° 6´48.32"W.
O Google Earth é palco de outras imagens curiosas como o ´carro flutuante´, o ´iPod gigante´ na Austrália (30º31´01.11"S 121º20´11.90"E), na verdade uma instalação de mineração que lembra vagamente o tocador digital da Apple; ou flagrantes que mostram aviões e outros veículos, como o dirigível da Goodyear sobrevoando a avenida Ipiranga, no centro de São Paulo, que mostraremos oportunamente...Estas curiosidades já foram mostradas nos Arquivos de Fim de Semana.
(Colaboração: Roberto Júnior - (EUA)

quinta-feira, fevereiro 24, 2011

CIDADES BRASILEIRAS

SANTOS MAIOR JARDIM DE ORLA DO MUNDO

Além de suas praias, centro histórico bem conservado e de sua fama de município de alta qualidade de vida, Santos tem outra característica de fazer inveja a muitas cidades litorâneas brasileiras: o maior jardim frontal de praia do mundo. Com 5.335 metros de extensão e 218.800 metros quadrados de área - equivalente a 155 Jardins Botânicos do Rio de Janeiro - o jardim de Santos ganhou uma citação no Guinnes Book, o livro dos recordes, em 2001, depois de nove anos tentando entrar para a posteridade das grandezas.
Idealizado pelo engenheiro Saturnino de Brito, em 1914, a obra só teve início em 1935, pelo trecho do Gonzaga, entre os canais 2 e 3. Quatro anos depois, o jardim Aristides Bastos Machado, nome do prefeito que começou a construção, foi entregue aos moradores - e até hoje é motivo de orgulho para a região. Do José Menino à Ponta da Praia, longos gramados em conjunto com alamedas de palmeiras, conferem um padrão único ao espaço que também conta com 1300 canteiros e mais de 100 espécies de plantas. E como desde a década de 20 o jardim tem uma função urbanística, tudo lá é pensado com o objetivo de garantir que a orla da praia esteja florida o ano todo. Por isso mesmo, o plantio das espécies e a poda dos canteiros recebem atenção especial. As plantas mais resistentes, a exemplo do lírio, ficam próximas à faixa de areia enquanto as mais delicadas estão a poucos metros da avenida. Este é apenas um dos desafios para manter a exuberância do cartão-postal oficial de Santos. Vale a pena ver um jardim que, além de maior do mundo, traz vida e beleza para a cidade.

quarta-feira, fevereiro 23, 2011

COMO DORMIR MELHOR?

RONCO: "DURMA-SE COM UM BARULHO DESSES"O problema pode ser sintoma da apnéia do sono, doença nas vias respitatórias que gera até complicações cardiovasculares. Nas grandes cidades, 70% das pessoas têm insônia. Dessas, 40% roncam ou tem apnéia.
O ronco, aquela sinfonia que não deixa dormir quem está por perto, pode incomodar bem mais do que parece. A barulheira é um sinal de alerta de que o ar está tendo dificuldades em passar pela faringe. Em alguns momentos pode haver uma obstrução que interrompe a respiração e provocar microdespertares. Essa é a forma mais comum de apnéia, um mal que atrapalha o sono e pode elevar a pressão arterial. "A longo prazo, a apnéia pode desencadear doenças cardiovasculares", previne a neurologista Dalva Poyares, do Instituto do Sono, da Unifesp, em São Paulo. A apnéia atinge mais homens, geralmente os de meia-idade, e obesos. A explicação é simples. Com o passar dos anos, a musculatura da garganta se torna mais flácida e assim mais propensa à vibração e à obstrução.
Além disso, quando engordam, os moços ganham volume no abdômen, no tórax e no pescoço. Ou seja, na parte superior do corpo. A gordura nessa região espreme o tórax e as vias aéreas, comprometendo a respiração. Já as mulheres engordam nas pernas, nos quadris, no abdômen, na cintura e nos glúteos regiões que não comprometem tanto o sistema respiratório.
Estar acima do peso é um dos fatores de risco da apnéia, embora os magrinhos não estejam livres desse mal.

É hora de ir ao médico? Se você ronca muito alto, tem dores de cabeça, falta de disposição e sonolência ao longo do dia, não importa quantas horas tenha descansado, está na hora de procurar um médico. O exame de polissonografia vai mapear o comportamento do sono durante à noite. A apnéia pode ser leve (5 a 15 paradas respiratórias por hora de sono), moderada (16 a 30) ou acentuada (31 para cima).

quarta-feira, fevereiro 16, 2011

CRESCE DESMATAMENTO NA AMAZÔNIA

Satélites do Inpe indicam aumento de 11% entre agosto e dezembro, revertendo tendência Nos cinco meses que se seguiram à menor taxa de desmatamento da Amazônia em 22 anos, o ritmo das motosserras na floresta voltou a crescer. Os satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) indicaram aumento de 11% no abate de árvores entre agosto e dezembro de 2010, comparado ao mesmo período do ano anterior.
Captado pelos satélites do sistema Deter, mais rápido e menos preciso, os números não permitem afirmar, por ora, que houve reversão na tendência de queda do desmatamento, registrada por dois anos consecutivos. Mas os dados já deixam a área ambiental do governo em alerta.
"Onde há fumaça, há fogo, mas vamos ter de esperar um pouco mais para ver se houve reversão da tendência de queda do desmatamento", avalia Mauro Pires, diretor de Políticas de Combate ao Desmatamento do Ministério do Meio Ambiente. A preocupação maior é com os meses de seca na Amazônia, quando o ritmo das motosserras costuma, tradicionalmente, crescer: "A partir de março, a situação fica mais complicada e o Deter já sinaliza a preocupação".
Entre agosto e dezembro do ano passado, os satélites registraram o abate de 1.267 km2 de floresta, o equivalente a 85% da área da cidade de São Paulo. No mesmo período de 2009, o mesmo sistema havia captado o desmatamento de 1.144 km2.
"Houve um aumento, mas a base de comparação ainda é prematura e a diferença é pequena", disse o diretor do Inpe, Gilberto Câmara, que concluiu com esta preocupação: "O desmate no Amazonas, Acre e Tocantins é o que mais deixa o governo em alerta". Por sua vez Mauro Pires, do Ministério do Meio Ambiente foi lacônico: "A devastação se aproxima do coração da floresta".

terça-feira, fevereiro 15, 2011

AVENTURA SUBMARINA

Qual a maior profundidade do oceano que o homem conseguiu descer?
Nas fotos, a montanha mais alta do planeta, e o maior buraco no fundo do mar: A fossa das Ilhas Marianas, na Micronésia - Oceano Pacífico, tem 11.500 metros de profundidade, Assim, para ir do ponto mais alto ao mais profundo do planeta seria preciso percorrer 20.348 metros. O Monte Everest, na Cordilheira do Himalaia, tem 8.848 metros de altura. Ele precisaria ser 2.652 metros mais alto para para ficar equivalente a fossa das Ilhas Marianas, uma espécie de vale submarino, cuja sua parte mais profunda, equivale a sete vezes o tamanho do Grand Canyon, nos EUA.
AQUI, TODOS DETALHES DA GRANDE AVENTURA
A depressão Challenger é o ambiente mais extremo da Terra. A pressão da água é de inimagináveis 11 mil toneladas por m² ou 1.100 vezes a pressão atmosférica. Para se ter uma idéia do que isso representa, submarinos militares normalmente só conseguem descer a no máximo 300 metros de profundidade e o gás de cozinha (GLP) de um botijão doméstico está sob uma pressão de “apenas” 150 toneladas por m² ou 15 vezes a pressão atmosférica. Alem disso, a região da fossa das marianas é suscetível a terremotos submarinos, e a temperatura da água é de poucos graus acima de zero. Fendas lançam lavas vulcânicas, fontes hidro-termais lançam jatos de água que alcançam a temperatura de centenas de graus, e a escuridão é total. Somente esta máquina consguiu levar um ser humano a depressão Challenger e trazê-lo com vida. Essa ousadia coube a Jacques Piccard, oceanográfico suiço, e Donald Walsh, tenente da Marinha americana, no dia 23 de janeiro de 1960, a bordo do submergível Trieste (foto).
Informações sobre as características do Trieste: Ele possui uma esfera de aço de 13 toneladas, com 1.9 metro de diâmetro interno, 2.027 metros de diâmetro externo e 12.7 cm (5 polegadas) de espessura, com capacidade para 2 tripulantes. Foi usada a liga de aço mais resistente do mundo, a HY-100. A janela, de formato cônico, é feita de um acrílico especial mais resistente que o quartzo fundido, com diâmetro interno de 6 cm, externo de 40 cm e espessura de 15.24 cm (6 polegadas). A força total exercida sobre a esfera de aço a 11 mil metros de profundidade é de indescritíveis 140 mil toneladas, 40% a mais do que o peso de um porta-aviões classe Nimitz

segunda-feira, fevereiro 14, 2011

AEROPORTOS OU PORTA-AVIÕES ?

TRAGÉDIAS PREVISÌVEIS
Não podemos nos esquecer que os nossos pilotos são verdadeiros heróis. Basta observar as (fotos abaixo): À esquerta o aeroporto Santos Dumont no Rio, um pouco mais do que uma pista de porta-aviões. Incontáveis ao longo da história desse "porta-aviões" o número de aeronaves que cairam no mar causando muitas mortes de seus ocupantes. O outro, o aeroporto de Congonhas em São Paulo, que contabiliza (entre outras), a maior tragédia da história da nossa aviação, que ceifou em julho de 2007, a vida de 199 pessoas, quando um Airbus A320 da TAM tentou desesperadamente usar como escape as pistas da avenida Ruben Berta, acabando por chocar violentamente contra um armazém da própria empresa causando enorme explosão. Se um pouso ou decolagem no Santos Dumont, "oferece" o mar como escape, a situação de Congonhas é ainda mais grave. Suas duas pistas estão rodeadas de prédios, em ambas cabeceiras e laterais. A irresponsabilidade dos poderes públicos é tamanha que os pilotos e moradores das adjacências vivem sob permanente tensão. Após o acidente de Congonhas, como de costume muitas promessas foram feitas por autoridades de todos os níveis, mas nada foi feito, a menos que até 2014 alguma medida possa ser tomada e assim mesmo em função da Copa. Horas depois da tragédia, o prefeito Gilberto Kassab (e tenho isso arquivado) prometeu "emocionado" que ele e as demais autoridades, a partir daquela tragédia dariam prioridade às obras de alongamento das duas pistas. Para avivar a mente do nosso alcaide e de muitos brasileiros que acham que somos o povo mais sabido do mundo, a ponto de se dirigirem aos outros povos com piadas, que mirassem com humildade para esta obra alternativa da engenharia portuguêsa, na verdade ela não tira que a qualificação de seu aeroporto de ser outro porta aviões, mas foi a forma possível de atenuar o perigo com o aumento da extensão da pista, situada como as de Congonhas em terreno elevado, sobrando como alternativa ao senhor Kassab uma alternativa para o nosso saturado aeroporto.








O Aeroporto Internacional da Madeira, conhecido como Aeroporto do Funchal é o principal aeroporto da Região Autónoma da Madeira, estando localizado no município de Santa Cruz, na Ilha da Madeira, O Aeroporto da Madeira foi inaugurado a 8 de Julho de 1964 com uma pista de 1600 metros de extensão. (foto ao lado). O arquipélago da Madeira ganhou assim novas ligações ao continente já que até então as viagens se faziam de barco. A primeira aterragem de um avião na Madeira ocorreu em 1957, numa pista experimental em S. Catarina.

Em 1972, dada a incapacidade da pequena pista em receber aviões capazes de dar vazão ao fluxo de turistas que procuravam a Ilha da Madeira, a sua ampliação para que fosse possível receber voos intercontinentais. Um projeto do engenheiro Edgar Cardoso foi apresentado e, no ano seguinte, foi inaugurado um novo terminal, capaz de receber 500 mil passageiros por ano. Entre 1982 e 1986 a pista foi aumentada para 1800 metros.
Entretanto, o engenheiro
António Segadães Tavares adaptou aos estudos de Edgar Cardoso uma nova ampliação da pista. No ano 2000, a pista teve a sua extensão para 2781 metros, e constuida parcialmente em laje sobre o mar (foto acima), sobre 180 pilares. Uma solução para o terreno elevado do aeroporto.
Hoje o aeroporto recebe aeronaves de todos os portes.

sexta-feira, fevereiro 11, 2011

EXPULSOS DO MAPA?

Onde ficavam os jardins suspensos da Babilônia? Como se chama a Pérsia?
Muitos daqueles reinos poderosos ou daquelas cidades exóticas que povoam os livros de História, perderam a importância, mudaram de nome e gerações viram desmoronar verdadeiras relíquias da humanidade consideradas as Sete Maravilhas do Mundo Antigo: o Colosso de Rodes, a Estátua de Zeus, o Farol de Alexandria, os Jardins Suspensos da Babilônia, o Mausoléu de Halicamasso, o Templo de Artemis e desafiando séculos as Grandes Pirâmides do Egito: "O tempo tem as Pirâmides, e as Pirâmides, o tempo!" (Na foto, pela ordem: As Pirâmides de Queéops, Quéfren e Miquerinos
>ABISSÍNIA - Forte parceiro comercial de reinos como Pérsia, Egito, Arábia na antiguidade, produtor de ouro, marfim e incenso, o reino da abissínia na àfrica hoje se chama: ETIÓPIA. >ALEXANDRIA - A cidade de Alexandre, o Grande, não era uma só. Ele fundou e reergueu seis cidades com esse nome ao longo de sua campanha contra o império Persa, no século IV a.C. A mais importante foi a estabelecida no Egito, às margens do rio Nilo, em 331 a.C. e que logo se tornou o mais importante porto da região. Alexandria perdeu sua importância internacional a partir do século XV, mas ainda é a segunda cidade do Egito. Manteve apenas o nome.>CONSTANTINOPLA - A antiga Bizâncio, fundada em 657 a.C., como colônia grega, foi batizada Constantinopla no ano de 330 pelo imperador romano Constantino I, que a transformou na capital do Império Romano do Oriente. Tomada pelos turcos otomanos em 1543, deixou de ser Constantinopla e passou a se chamar ISTAMBUL, capital da Turquia.
>LENINGRADO - Palco de uma das mais importantes ações da Segunda Guerra Mundial, quando foi cercada pelos alemães. Essa cidade retomou, em 1991, o seu antigo nome: SÃO PETERSBURGO.
>PÉRSIA - O antigo reino dos xás, terra de tapetes reais tão famosos quanto o tapete voador de Aladim, se chama atualmente IRÃ, país do Oriente Médio caracterizado pelo fundamentalismo muçulmano.
>BABILÔNIA - Descrita na Bíblia como a cidade cujo povo construiu uma torre em que a confusão de línguas tornou impossível a convivência. A torre era chamada de Babel (para os hebreus) e Babilônia para os gregos e latinos), foi a capital do reino babilônico a partir de 1894 a.C. às margens do rio Eufrates. Seu imperador a construiu (de 604 a 605 a.C.) os lendários jardins suspensos da Babilônia, uma das sete maravilhas do Mundo Antigo. Hoje a Babilônia e a Mesopotâmia têm o nome de
IRAQUE.
>MESOPOTÂMIA -
Considerado o berço da civilização ocidental (a nossa civilização), o vale entre os rios Tigre e Eufrates, também é território do IRAQUE. Seu nome em grego significa "terra entre rios" e na Antiguidade era associado ao Éden bíblico, ou jardins do paraíso, provavelmente por causa da fertilidade produzida pelas cheias dos rios. É possivelmente a região onde surgiram as primeiras cidades do Ocidente, por vota de 4.000 anos a.C.

quinta-feira, fevereiro 10, 2011

SOS MUNDO

Supervulcão do Parque Yellowstone nos EUA, pode estar nos Estágios Iniciais de Erupção1- O Vulcão Yellowstone tem se elevado num ritmo bem mais rápido nos últimos anos; 2-f oto do Discovery Channel mostra o possível cenário se uma erupção do super vulcão do Yellowstone Park ocorresse. Pelo menos 1/3 dos Estados Unidos seria apagado do mapa:
Erupção do super vulcão de Yellowstone pode fazer os EUA sumirem do mapa
Alguns sinais específicos mostram que o supervulcão do Yellowstone está quase pronto para explodir novamente, tendo o potencial de destruir tudo em um raio de centenas de quilômetros. Será a erupção desse supervulcão o evento que desencadeará o terremoto arrasador que está previsto para Los Angeles?
O Vulcão de Yellowstone se elevou 18 cm desde 2004. Nos Estados Unidos, o supervulcão está subindo. Sua "caldeira", uma grande baia de 60 km de comprimento e 40 km de largura situada no centro do parque nacional do mesmo nome, foi criada por uma enorme explosão vulcânica acontecida 642 mil anos atrás, se ergueu em 18 centímetros entre julho de 2004 e final de 2006, o que representa média anual de 7 cm.
Essa elevação da caldeira de Yellowstone foi constatada pelas 12 estações do sistema de posicionamento global (GPS) instaladas na região do vulcão e pelo radar especializado do sistema Envisat, da Agência Espacial Européia (ESA).
O ritmo de elevação vem sendo bem mais rápido, desde 1923. As elevações anuais médias são da ordem de 2 cm. Os cientistas norte-americanos, que relataram essas observações em artigo publicado pela revista Science, acreditam que o fenômeno se deva à recarga da câmara de magma gigante situada sob o vulcão, constituída de rochas fundidas e de matéria sólida. A isso se pode acrescentar a pressão mais elevada dos fluidos hidrotérmicos.
Os pesquisadores se sentem divididos quanto à forma que uma eventual erupção poderia tomar: Correntes de magma ou projeção à atmosfera? Por enquanto, as observações não constatam "sinal de erupção vulcânica ou de explosão hidrotérmica iminentes", avalia Robert Smith, sismologista e professor de geofísica na Universidade de Utah, que dirigiu o estudo publicado pela Science.
Mesmo assim, o risco é real, já que o supervulcão de Yellowstone conheceu no passado erupções gigantes, há 2 milhões de anos, respectivamente,1,3 milhão de anos e 642 mil anos. As detonações foram, respectivamente, 2,5 mil vezes, 280 vezes e mil vezes mais fortes que a devastadora erupção do Monte Saint Helens, em 1980, que causou muitas mortes e US$ 1 bilhão de prejuízo. Desde então, apenas erupções vulcânicas de menor envergadura vêm acontecendo.

terça-feira, fevereiro 08, 2011

RAPA NUI, O POVO MAIS ISOLADO DO MUNDO!São 394 destas estátuas de até 20 metros de altura esculpidas na rocha, algumas prntas, muitas inacabadas, a maioria enigmática. É como se fosse um imenso atelier a céu aberto.
Estamos na ILHA DE PÁSCOA, um dos teritórios mais isolados do Planeta, no meio do Oceano Pacífico (como mostra o ponto perdido neste globo terrestre), ao sul do Trópico de Capricórnio e a 3.700 quilômetros do Chile (ou seja seis horas de vôo). Aqui vivem 3 mil "Rapa Nui", cujos traços lembram os habitantes do arquipélago polinésio, ao qual geograficamente está integrada, do que os indígenas do Chile, país ao qual a ilha pertence desde 1888. As estátuas talhadas na rocha da cratera do Rano Raraku são apenas um dos mistérios de Páscoa, tema de um dos capítulos do livro "Eram os Deuses astronautas?", de Erik von Daniken, e de um filme de Kevin Kostner ("Rapa Nui, uma aventura no paraíso")

RAPA NUI , O POVO MAIS ISOLADO DO MUNDO
Na verdade esse povo habita no "Te Pito O Te Henua", ou seja nome pelo qual os nativos apelidaram a Ilha de Páscoa. Aliás os descendentes desses nativos tem muito orgulho de sua história. Eles e os "Rapa Nui", língua cujo alfabeto não tem mais de 14 letras e moram em Rapa Nui, nome que dão à ilha, que tem 24 quilômetros em seu comprimento máximo e 12 quilômetros em sua largura maior (Na foto aérea ao lado).
Os Rapa Nui não são descendentes de polinésios que teriam colonizado a ilha no Século III. Já foram 20 mil, segundo alguns historiadores. Chegaram a ser apenas 100 quando o teritório foi anexado ao Chile e hoje são cerca de 3 mil, todos meio aparentados. Quando quer se casar um Rapa Nui tem que procurar por algúem que não seja da sua família. Só recentemente a língua nativa foi decifrada e restaurada, passando a ser ensinada na única escola de Páscoa junto com o espnhol, que todos falam. Como salientamos os Rapa Nui são o povo mais isolado do mundo. Os vizinhos mais próximos estão a 1.900 quilômetros de distância, na ilha de Pitcairn, igualmente perdida no meio do Pacífico

sábado, fevereiro 05, 2011

PEIXEPOTOCAS

REVELAMOS HOJE O HABITAT DE CADA PEIXE...Este é considerado um dos peixes mais bonitos. Seu nome é Peixe Palhaço: Ele trabalha e mora no próprio circo.Tubarão Martelo: Cumpre sempre o seu dever, mas não se separa do seu martelo nem na hora de dormir. E mora numa serraria dentro do mar.Peixe Boêmio: "Eu era como esses ai de baixo: só gostava de banho de mar e paquerar mulher bonita. Hoje, velho e cansado cheguei ao fundo do poço".Peixe Boa Vida. Os peixes dessa espécie, gostam de roupas bonitas, banho de mar e paquerar a mulherada. Mas quando ficam velho acabam como esse bobão ai de cima.Peixe Precavido !?!?: É um peixe que serve de exemplo para as outras espécies. Trabalha desde moço, é econômico e gosta de morar no que é seu. Este por exemplo, já comprou até uma quitinete. No próximo fim de semana, novas curiosidades...

sexta-feira, fevereiro 04, 2011

TILÁPIA, UM BOM NEGÓCIO

CRIAÇÃO.de.TILÁPIA.em.TANQUE-REDE.em.REPRESA Em Paraibuna já são mais de 1.200 gaiolas produzindo 1.800 toneladas por safra.
A criação de tilápia em tanques-rede é a mais nova atividade econômica que está apontando para boas perspectivas a produtores rurais dos municípios de Natividade da Serra, Redenção da Serra e Paraibuna, que tiveram parte de seus respectivos territórios atingidos pelas águas do reservatório de Paraibuna, no Vale do Paraíba, a cerca de 120 quilômetros de São Paulo. As primeiras gaiolas foram instaladas no reservatório há cerca de três anos, mas hoje já somam mais de 1.200, com previsão para a safra 2010/2011 de 1.800 toneladas desse peixe considerado nobre, cujo aproveitamento é quase total, além da carne saborosa. "A Casa da Agricultura já tinha esta proposta há muito tempo, mas sabendo do alto custo do investimento , não encontrava produtores locais com recursos para instalar a atividade. Mesmo assim não desistimos. Há quatro anos fomos procurados por um empreendedor que pretendia iniciar a atividade. Foi quando resolvemos realizar uma reunião de sensibilização e tivemos 14 adesões", explica a engenheira agrônoma da Casa da Agricultura, Sandra Regina dos Santos Rezende. Atualmente são 34 produtores que formaram a Associação de Aquicultores de Natividade da Serra e região, que, em parceria com a prefeitura local, a Casa da Agricultura, o Sebrae e outros órgãos, tem garantido acompanhamento técnico para os associados. São 4 considerados grandes, com mais de 100 tanques-rede na água; 3 médios, com 30 a 40 tanques, e 19 com até 20 tanques. Os demais ainda não criam.
Subprodutos. Além de servir para alimentação, a tilápia fornece outros subprodutos, como as escamas, que são transformadas em biojoias e artesanato; o couro que pode ser processado para a confecção de bolsas e outros acessórios; as vísceras e carcaças que podem ser transformadas em compostagem e fornecidas aos agricultores familiares, visando a controlar resíduos e preservar o meio ambiente.

O empresário Afonso Celso de Brito, se instalou às margens da represa, em Natividade da Serra, com a finalidade específica de criar tilápias. Brito diz que procurou por seis anos um lugar onde pudesse realizar o desejo antigo de trabalhar com essa atividade e não se arrepende. Com 30 gaiolas na água, mas com previsão de colocar mais 20 até o fim do ano, ele considera que já chegou ao ponto de equilíbrio do negócio. "Consigo tirar o meu sustento daqui."Sua produção anual atinge cerca de 50 toneladas, divididas em duas safras, com produção média de mil quilos de peixe por gaiola. A espécie utilizada por ele é resultado de uma série de cruzamentos, que resultaram num produto geneticamente melhorado, adequado às condições da região.Segundo ele, o custo de instalação de um tanque é de R$ 3 mil e a ração consome 80% do custo para a criação até o ponto de abate, quando o peixe atinge cerca de 800 gramas. "Tem que tomar cuidado para não haver desperdício, pois isso diminui o lucro", destaca. A maior parte da produção é vendida para pesqueiros, mas ele aposta na futura indústria de processamento que está sendo montada pela associação para melhorar a venda. "Isso vai agregar valor", diz.

quinta-feira, fevereiro 03, 2011

MUNDO EMITE SOS

CHILE: Geleira San Rafael diminuiu 12 km em 136 anos(Nas fotos, a geleira San Rafael, na Patagônia chilena, a 1.600 km. de Santiago)
A geleira San Rafael, na Patagônia chilena, remanescente da última era glacial, perdeu 12 km nos últimos 136 anos, devido a diversos fatores ambientais - um retrocesso impulsionado pelo aquecimento global que atinge também outros ambientes com neve no Chile. Localizada a 1.600 km ao sul de Santiago e descoberta em 1575, a geleira nasce nos Campos de Gelo Norte - de 4.200 km2 - e termina em um paredão de gelo banhado pelas águas da Lagoa San Rafael. A lagoa depende do fluxo das marés do Oceano Pacífico, já que está ligada diretamente ao mar através de canais, o que também contribui para sua "espetacular" diminuição, como explica o cientista Andrés Rivera, do Centro de Estudos Científicos da cidade de Valdivia (sul). É possível observar o retrocesso por comparação com uma litografia de 1871, feita por uma expedição militar, que serve de referência para as atuais medições. Mostra que a frente da geleira perdeu 12 km lineares, segundo o especialista."A San Rafael é uma geleira em sintonia com a maioria das geleiras do Chile, que estão passando por um fenômeno de diminuição", disse Rivera. As geleiras "não estão em equilíbrio com as condições climáticas atuais", acrescentou Rivera, explicando que as mudanças climáticas, com o aumento da temperatura e a diminuição das precipitações em algumas áreas, dificultam a renovação do gelo."Esta e muitas geleiras na Patagônia não estão em equilíbrio com o clima", enfatizou o cientista, destacando também que não há certezas em relação às mudanças climáticas que estão por vir. No Chile, ao longo da Cordilheira dos Andes, estão concentradas 76% das geleiras da América do Sul, que cobrem uma superfície de 20.000 km2. Em tempos de seca, o gelo serve como reserva de água para o consumo humano e a agricultura. Um relatório elaborado este ano por especialistas convocados pela ONU atribui à atividade humana o atual aumento da temperatura terrestre, com 90% de certeza. O documento aponta que, até 2100, a temperatura média do planeta deve aumentar entre 1,1 e 6,4 graus Celsius. No retrocesso da San Rafael também influi outro antecedente: a profundidade da lagoa em frente à geleira que facilita o desprendimento das camadas de gelo. A profundidade das águas da lagoa oscila entre 50 e 70 metros, mas à medida que se aproxima da frente da geleira, pode chegar aos 270 metros.Ainda que os cientistas chilenos tenham estudado amplamente a geleira, a lagoa e também os Campos de Gelo Norte, não é possível determinar a velocidade com que a San Rafael continuará diminuindo. O motivo é que, até agora, não foi possível determinar onde o gelo aparece acima da água, sobre a rocha da Cordilheira dos Andes."Não é fácil pensar a longo prazo o que acontecerá com esta geleira", afirmou Rivera.Mas "se persistirem as atuais condições climáticas e a tendência às mudanças, é provável que esta e outras do Campos de Gelo Norte continuem retrocedendo", concluiu.

quarta-feira, fevereiro 02, 2011

ESPORTES DE RISCO

Riscos do mergulho em apnéia
Para a pernumbacana, Karol Meyer a melhor mergulhadora do mundo em apnéia, capaz de prender a respiração por mais de sete minutos, é preciso entender os avisos do corpo para não "apagar", como aconteceu no último fim de semana com um mergulhador em Pernambuco.
Karol Meyer vive quase no anonimato, menos conhecida do que qualquer incipiente participante do BBB, e até de outros esportistas que não brilham tanto quanto ela. Mas, nem por isso deixa de ser uma atleta que honra o Brasil nas inúmeras competições de que participa. Recordista em várias competições que participou pelo mundo afora, atualmente com cerca de 12 anos como mergulhadora profissional, ela é conhecida como a Mulher Peixe. Além de sua ligação com o fundo do mar, é capaz de feitos surpreendentes, como prender a respiração por sete minutos e 18 segundos, tornando-a recordista continental em apnéia estática.
Com mais de 40 anos de idade, esta pernambucana radicada em Santa Catarina possui quatro recordes mundiais, dois continentais e 22 sul-americanos. Em fins de 2007, foi agraciada com o Troféu "Icare" de melhor mergulhadora do mundo, o troféu mais importante desse esporte, oferecido pelo Centro Internacional de Educação e Reconhecimento de Apnéia, de Lausanne, na Suíça. Karol credita o prêmio a seu desempenho em uma competição em Porto Alegre, em junho de 2007. Lá, bateu três recordes: dois na modalidade dinâmica (maior percurso horizontal submerso) sem nadadeiras – com as marcas 87 m – e outro na dinâmica com nadadeiras – com a marca 131 m. “Meu desempenho teve repercussão internacional porque não é fácil bater três recordes em uma única competição”, diz ela.
Para isso, além de paixão, é preciso técnica. Por causa do mergulho e de suas práticas de aeróbica e ioga, Karol possui um volume pulmonar 30% maior do que o de uma pessoa com seu tamanho e idade. Ou seja, é capaz de armazenar mais ar, suportando assim mais tempo submersa. Paralelamente, ela faz uso da chamada técnica de carpa que consiste em, após a inspiração, colocar mais ar dentro do pulmão a partir de pequenas sucções. Dessa forma, Karol consegue ampliar em mais 25% sua capacidade pulmonar.
Nas profundezas, recomenda: "é preciso entender os sinais do corpo para não “apagar” durante a prática do esporte. Mergulhar é uma eterna negociação com a mente”, diz ela. Em uma competição em 2008, Karol ficou 6m17s debaixo d’água sem respirar, e começou a sentir contrações no diafragma a partir do terceiro minuto. “Eram contrações mais espaçadas e fui até o final. Aprendi a lidar com o stress e com a angústia de não ter ar e ver meu corpo pedindo. O problema é quando as contrações ficam mais próximas”, explica.
Conquistas: A mergulhadora possui quatro recordes mundiais, dois continentais e 22 sul-americanos

MERGULHADOR MORRE AO PRATICAR APINÉIA
A pratica de mergulho por apinéia, como vimos até aqui, é quando o mergulhador não usa cilindro de oxigênio. Essa prática terminou trágicamente no último fim de semana para o servidor do Ministério Público, Rodrigo Lobo Vieira (foto), de 41 anos, na praia de Barrra de Maxaranguape, em Pernambuco.
Rodrigo era praticante de mergulho por apnéia e estava em um passeio com um grupo de amigos mergulhadores. De acordo com a assessoria do MP, Rodrigo voltava de barco do passeio, quando decidiu fazer mais um mergulho.
Após a demora para retornar, os amigos sairam a sua procura, mas não o encontraram.Quase meia hora depois, o corpo apareceu em cima de uma pedra. Pelo laudo do (ITEP), a morte foi causada por "asfixia mecânica",por afogamento.
/* Atualizacao do Google Analytics em 25 de Outubro 2009 */